Arquivo do autor:Mulheres contra o feminismo

Fátima Bernardes e as pessoas que escolhem salvar traficantes: valores invertidos e notícias falsas pregadas pela mídia brasileira

Padrão

fatima-bernardes-policiais-traficante

Muitas pessoas dizem que o melhor do Brasil é o brasileiro. Embora possa ser verdade, o oposto também é um fato: o pior do Brasil pode ser o brasileiro.O Brasil passa longe de ser somente corrupção como dizem uns (link aqui) e talvez a nossa crise seja mais moral do que qualquer outra.

Senso comum, leitoras e leitores. O Brasil tem coisa boa mas também possui muito lixo em todos os sentidos. Muito lixo humano inclusive como demonstrou o Encontro Com Fátima Bernardes

No programa Encontro Com Fátima Bernardes, a apresentadora global apresentou uma versão “carioca pseudo intelectual relativista moral” e perguntou a um grupo de pessoas:  quem deveria ter prioridade em um hospital, um “traficante em estado grave” ou um “policial levemente ferido”?

A maioria das pessoas decidiu salvar o traficante. Sim, os cariocas que sofrem com traficantes armados com granadas e fuzis ao responderem uma pergunta decidiram salvar os bandidos.

O Brasil e em especial o RJ hoje vivem uma guerra não declarada por políticos mas que é real e atinge o povo. Uma guerra que passa longe de ser convencional pois é uma guerra irregular (leiam este excelente livro sobre o tema e entendam o caso do RJ).

Sabemos dos violentos crimes cometidos no RJ, a linda cidade brasileira que era modelo na época do Império brasileiro mas hoje é uma favela ao céu aberto e cuja propaganda baseia-se somente em belezas naturais ou lindas obras realizadas pela monarquia brasileira.  Hoje o RJ sofre com a violência quase sempre ligada a traficantes. Tim Lopes, colega de trabalho de Fátima Bernardes foi queimado ao vivo ao tentar demonstrar como traficantes atuavam, muitas vezes usando menores de idade  Mas mesmo assim o povo carioca escolheu salvar bandidos neste caso.

Uns comentam sobre ética médica, triagem hospitalar e pagam de hippies como se a vida de um traficante que ajuda a destruir vida de pessoas e familiares valesse o mesmo que a vida de um policial. O fato é que tais pessoas fazem o maior malabarismo para tentar defender o indefensável. Tem inclusive feminista estuprada que defende o próprio estuprador.

Este malabarismo é sempre ligado a esquerda que sofre em ser objetiva e prefere teorias de um universo paralelo. Estes jornalistas que lavam cérebros são tão criminosos quanto os traficantes.

Ora, na Globo e na maioria do jornalismo nacional (outro câncer do Brasil) defender o indefensável sempre foi regra. Defendem Fidel, defendem o socialismo- comunismo, defendem o feminismo e tudo que é lixo. O programa Esquenta que afirma ser popular colocou mulher policial militar se esfregando em traficante como se isso fosse algo legal e moderno. Este programa romantiza a favela, o malandro, o traficante e o bandido.

Seu Jorge, cantor e ex-favelado cita a verdade sobre a favela neste artigo que questiona a favelização da cultura brasileira ou como o Brasil vende a favela como sinônimo de Brasil.

– Quem gosta de pobreza é intelectual.
Seu Jorge

-Favela não é lugar para ninguém. Favela não é legal. Não tem segurança, não tem saneamento, não tem hospital, não tem porra nenhuma. Favela só sofre preconceito. Eu quis sair mesmo. Eu não quis ficar enterrado na favela. Nasci lá, mas não quis ficar enterrado lá. Favela não é meu mundo, meu tudo, porra nenhuma. A favela é o abandono que o governo deixou pra gente. E hoje eu não quero tocar na favela para não me envolver com tudo que está errado lá dentro.
Seu Jorge

-O patrulheiro que fica me enchendo o saco, dizendo “Pô, o Jorge agora mora nos Estados Unidos”, tem que se lembrar do seguinte: eu era morador de rua, um fodido e meu dinheiro eu fiz centavo por centavo sem sacanear ninguém, sem roubar ninguém. O Brasil em que eu acredito é esse que está na Avenida Paulista ralando; é o Brasil do motoboy, das mães solteiras fazendo faxina como diaristas, dos garçons, dos seguranças. Esse é o meu Brasil, eu vim daí. Agora, vem essa galerinha de Facebook e de Twitter [falar de mim]. Pô, morre e nasce de novo para poder chegar perto de mim, morou?
Seu Jorge 

Este programa da Fátima Bernardes é mais um caso claro de apologia ao crime e de vergonha nacional e em especial vergonha do povo carioca. O que esperar de um país que a maioria escolhe salvar um traficante? E toda essa violência que vemos por aí? Tais programas idiotas somente são superados pelos idiotas que parecem ser maioria atualmente: as pessoas que escolheram salvar os traficantes. Deveriam fazer um passeio nos morros cariocas ou visitar a favela que somente é idolatrada pela esquerda que visualiza estes lugares como uma comunidade socialista.

E como esta mídia progressista publica noticias? Sempre defendendo bandidos.

A mídia progressista paz e amor deve acordar. OLHEMOS OS FATOS E A SOCIEDADE AO NOSSO REDOR. Ninguém combate o crime com pombinhas brancas e abraços ou  passeatas perto da Lagoa. O crime deve ser combatido de 3 modos: sem relativismo moral de certo ou errado, educando as pessoas e crianças e quando tudo piorar, com pessoas de bem e policiais armados e treinados lutando contra bandidos.

Ou seja, a esquerda caviar e relativistas morais podem chorar mas o policial é fundamental para a sociedade e deve ter o apoio do povo.

Fica o alerta as pessoas para controlarem o que os filhos e familiares assistem na TV. DESCONFIEM DESTA MÍDIA MANIPULADORA QUE DEFENDE SEMPRE O LADO ERRADO.

Para os relativistas morais e imbecis que apoiam este lixo de programa da Fátima Bernardes….Imaginem este caso agora:

1-Fátima Bernardes e os filhos trigêmeos são sequestrados no carro da família, na fuga o sequestrador bate o carro e fica gravemente ferido. Fátima e os trigêmeos ficam levemente feridos! Os policiais chegam no local quem eles devem socorrer primeiro? Fátima e seus filhos levemente feridos ou o bandido gravemente ferido?

2-Marginal rouba o carro da mãe de Fátima Bernardes e leva ela de refém e bate o veículo em um poste.
A PM chega. O marginal está muito machucado, mas a mãe da Fátima está levemente ferida. Quem devemos socorrer primeiro ?”

Outro artigo interessante sobre este vergonhoso acontecimento.

Fátima Bernardes e o dilema do salvamento do traficante

Trump e outra coisas mais: precisamos falar da mídia esquerdista, alunos zumbis doutrinados e a mentira da esquerda paz e amor.

Padrão

sorria

Trump venceu as eleições nos Estados Unidos. Podemos ler aqui no blog Povo Deslumbrado os motivos que levaram uma brasileira, mulher, negra e imigrante a votar em Donald Trump.

Temer aqui assumiu o comando (era vice de Dilma) depois do povo democraticamente ter tirado Dilma do poder. Neste meio tempo alunos que dizem protestar por um melhor estudo (uma minoria), atacam e impede outros alunos (maioria) de querer estudar.

E a mídia o que diz? Ela fica achando tudo “golpe, racismo e machismo”. Hoje em dia fatos deixaram de ser levados em conta. O truque para um mundo melhor, segundo a esquerda, é se fechar em uma bolha, fazer vitimismo e usar de chantagem emocional ao invés de usar fatos.

A nossa popular mídia o que fez sobre os acontecimentos acima? Fontes como a Globo e outros canais continuam mentindo sobre praticamente tudo.

E estranhamente, alunos zumbis, artistas mal intencionados cujo passatempo é fumar maconha e pedir dinheiro da lei Rouanet falam mal da Globo mas querem trabalhar/ trabalham na Globo e também falam mal de jornalistas que convidem a mesma ideologia política.

Cada lugar tem a sua Globo. Na Inglaterra é a BBC, nos Estados Unidos é a CNN. Podemos ir além: a mídia mundial é em torno de 80% canhota e apoia qualquer movimento ligado a esquerda.

Interessante este povo falar de “paz, amor, liberdade e respeito”. Eles devem viver em uma bolha ou mundo paralelo.

As maiores ditaduras do planeta hoje existentes tem como ideologia base a esquerda.

A esquerda construiu os maiores muros do planeta.

A esquerda perseguiu gays e hoje apoia regimes islâmicos aonde mulheres e gays são vistos como de segunda classe.

A esquerda é que nega fatos como o caso de estupros na Alemanha, aonde refugiados estupram mulheres e uma mulher esquerdista defende os estupradores e culpa as vitimas.

Que tipo de justiça e paz e amor é essa? Respondam, esquerdistas?

Precisamos falar da mídia esquerdista, alunos zumbis doutrinados e a mentira da esquerda paz e amor.

Precisamos começar a questionar este mito e qualquer pessoa desonesta/ inocente que ainda age acreditando nesta lorota.

Antes de opinar estude e avalie fatos. Intelectualidade sem fatos e vida real é desonestidade intelectual. Saia da sua bolha do mundo da fantasia e olhe o mundo real.

A feminista Madonna oferece sexo oral para quem votar para Hillary Clinton

Padrão

91gr7uvqutl

Madonna é uma feminista. Assim como é Hillary Clinton, a candidata a presidente dos Estados Unidos. Hillary é uma espécie de Dilma mais inteligente e maldosa, candidata pelo partido democrata, algo como PT e todos partidos de esquerda americanos. Milo Yiannopoulos, o gay conservador que apoia Trump sempre denunciou a feminista Hillary e seus artistas esquerda caviar. Nos Estados Unidos, as mulheres antifeministas hoje apoiam Trump ao invés de apoiar a feminista Hillary, que diz lutar pelos oprimidos, mas defendeu um estuprador uma menina de 12 anos e ainda culpou a menina pois “ela havia pedido”. Um absurdo para qualquer pessoa, mas na mente doentia de uma feminista que defende a agenda de um movimento coletivo algo normal.

Assim, nadam mais esperado que um suporte absurdo de Madonna, a feminista pop. Feminista ajudando feminista para ter mais poder.

Porém, mais uma vez as feministas passam dos limites e apelaram para a vulgaridade e mal gosto.

Madonna sempre usou sua sexualidade para vender assim como fazem as feministas que se taxam de vadias. Na verdade, as feministas usam o sexo para promover a sua agenda. Sexo se tornou uma arma para atacar as mulheres contra o feminismo, homens em geral e para doutrinar as crianças. Por isso, não deve ser uma surpresa que Madonna fez recentemente uma ousada oferta para qualquer homem que votar para a sua candidata presidencial favorita, Hillary Clinton.

Madonna subiu ao palco antes do show de Amy Schumer no Madison Square Garden na terça-feira. “Só mais uma coisa antes de eu introduzir este gênio da comédia,” ela disse, “Se você votar em Hillary Clinton, vou dar-lhe um boquete, OK?” Leia isso aqui

“Juro por Deus,” ela continuou, “E eu sou boa nisso. Eu chupo e olho nos olhos. E eu engulo. ” Disse a feminista Madonna

Madonna é o exemplo perfeito de “mulher moderna”: velha, triste, usando o sexo para vender, renegada pelos filhos que decidiram ficar com o pai. Mas a mídia acha que Madonna está habilitada a ser um modelo de mulher para os nossos filhos. Acham ela “poderosa”.

Que poder é esse?

Que tipo de mulher é essa que luta pelo empoderamento das mulheres mas se comporta como uma prostituta barata para apoiar a sua companheira? Uma mulher idosa que é detestada pelos filhos e ainda assim se comporta como uma piriguete funkeira?

Este é o futuro das feminsitas. Poderosas da boca para fora mas tristes e mal amadas. Maddona é apenas uma feminista que deve ser exposta  como tantas outras que existem pelo mundo.

Cultura e arte no Brasil? O fiasco de Anita e Paula Fernandes no show com Andrea Bocelli

Padrão

paula-fernandes-andrea-bocelli-vergonha-fiasco

Vamos falar de cultura e arte no Brasil e como o show de Andrea Bocelli com Anita e Paula Fernandes mostram o nível brasileiro em arte e cultura? Feministas e guerreiros da justiça social usam e usam de manobra para relativizar a arte e cultura por sinal.

Vamos esclarecer o que é cultura e o que é arte.

Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade da qual é membro. Inclui desde a dieta, modo de relacionar, se vestir e outras coisa mais, incluindo a arte.

Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) pode ser entendida como a atividade humana ligada às manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada por meio de uma grande variedade de linguagens, tais como: arquitetura, desenho, escultura, pintura, escrita, música, dança e cinema, em suas variadas combinações. O processo criativo se dá a partir da percepção com o intuito de expressar emoções e ideias, objetivando um significado único e diferente para cada obra.

Recomendamos assistir estes vídeos do professor de canto maluquinho Marcio Guerra que analisa muito bem e tecnicamente o fiasco da Anita e Paula Fernandes.  E também adicionamos um vídeo do Nando Moura que também é musico. Ambos sabem e entendem de arte (técnica e/ou habilidade) no campo musical.

A cultura pode ser julgada como melhor ou pior embora exista alguma polêmica com relativistas culturais que acham toda cultura igual. Mas a arte definitivamente pode ser julgada. Nem toda arte é boa pois a arte tem a ver com habilidade, talento.

Mas o que isso tem a ver com o show de Andrea Bocelli com Anita e Paula Fernandes? Não queremos comentar aqui como fãs de uma ou outra/ outro que cegos por fanatismo deixam de ver os fatos sobre o cenário cultural do nosso Brasil. Bom lembrar que talentos temos de sobra. A mídia valoriza o fútil, por isso escolheram duas figuras que envergonharam o país ao lado de Andrea Bocelli.

Entretanto, vale lembrar que a mídia segue o mercado (amoral) que é dirigido pelo que as pessoas valorizam. As pessoas fazem escolhas baseadas em valores e estes valores refletem muito a cultura de um povo. Causa e efeito.

A cultura do brasileiro em geral é aquela do improviso, falta de planejamento e estudo. Falamos a grosso modo é claro pois sabemos que existem pessoas que planejam, estudam e focalizam nos seus objetivos. Mas isso passa longe da nossa cultura. Quem planeja e estuda aqui é visto como pessoa chata, certinha e amante da monotonia.

No Brasil queremos o atalho e a mentalidade vergonhosa que impera é: Para que estudar musica e ser um músico ( ou qualquer outro profissional de verdade) dominando a arte se posse ser um famoso? Esquecemos que a arte na sua base significa habilidade. E habilidade sempre necessitou de estudo, mesmo entre pessoas com talento. Wolfgang Amadeus Mozart, um talento nato, ESTUDAVA MUITAS HORAS POR DIA desde criança.

Falta de estudo e fama sem bagagem técnica: este foi o retrato do show que envergonhou o Brasil. Nossas “cantoras” neste show com Bocelli mostraram que são nada mais que pessoas desinibidas com muita vontade de aparecer que tentaram pegar carona nas costas de um músico famoso de real talento. Uma pessoa que realmente estudou a arte musical.

Esta mentalidade do improviso sem estudo, querendo criar atalhos ou  arrogantemente revolucionar um mundo complexo sem conhecimento e uma base de verdade arte é o que fazem que todo mundo hoje seja “cantor” e que funk vire arte. Nem o tal conhecido funk na verdade funk é. A falta de estudo fez com que arruinassem o que é realmente funk.

Enfim, fica este alerta, cara leitoras e caros leitores. Isto vale para qualquer campo profissional. Neste mundo online aonde todo mundo arrogantemente se acha “cantor, artista e intelectual”, o grande truque é ESTUDAR, ESCUTAR QUEM SABE MAIS E APRENDER sem se render a modas que usam de atalhos.

A arte agradece.

Reclamações de feministas e justiceiros sociais durante as Olimpíadas Rio 2016.

Padrão

esporte-rio-2016-volei-de-praia-egito-alemanha-20160808-01

Nunca apoiamos as Olimpíadas no Rio de Janeiro que logo chegam ao fim. Achamos que o Brasil necessita de outras coisas antes de arrotar ser primeiro mundo perante ao planeta. Foi por isso que Lula (o maldito corrupto bandido de 9 dedos ) trouxe as Olimpíadas para o Rio. Falamos arrotar porque hoje quase todo mundo vira nacionalista ufanista com suporte do socialismo mas na próxima semana tudo isso vai acabar e a realidade vai voltar com tudo.

Ontem (20 de agosto de 2016) o Brasil estava na 15ª posição com 16 medalhas, sendo cinco ouros, seis pratas e seis bronzes. Os Estados Unidos estavam na primeira com 111 medalhas, sendo 40 ouros, 36 pratas e 35 bronzes. E Cuba e Coréia do Norte estavam em colocações piores. ( A esquerda pira rsrsrs).

Foi a melhor colocação do Brasil (parabéns aos atletas) mas ainda estamos bem longe de sermos os top 5.

Ao mesmo tempo que torcíamos por nossos atletas percebíamos que as Olimpíadas no Rio de Janeiro foram usadas descaradamente como pão e circo (e mais de uma) vez feministas e guerreiros da justiça social ao invés de aproveitar os jogos ou fazer alguma critica com lógica (algo impossível para quem NUNCA usou o cérebro) ficaram de mimimi culpando fantasmas como “patriarcado, machismo, capitalismo”.

Vejam abaixo alguns exemplos de choro das feminazi:

1-Mulheres objetificadas com o traje do vôlei de praia. Homens usam roupas normais. Isto é machismo mimimi.

Mais um mimimi feminista de mulher com inveja de ter um pinto. A confederação internacional de vôlei de praia vem usando este traje para mulheres faz anos. Muitas mulheres fazem parte da confederação de vôlei de praia e as jogadoras poderiam se unir para tentar usar um bermudão. Mas o fato é que ninguém se importa ou talvez isso faz parte do esporte.

Somente as feministas, militantes gays e justiceiros sociais ficam incomodados com isso. Se ficam incomodados com o vôlei de praia basta olharem o rugby feminino (aonde mulheres masculinizadas imperam). Nunca vi as jogadoras tendo chilique por usarem roupas justas (homens usam roupas justas também em muitos esportes e nunca ficam de mimimi).

2-Não vejo negros vencendo na natação. Isto é racismo mimimimi.

Esta afirmação é de uma imbecilidade absurda e responderemos com uma pergunta: Se negros não vencem na natação é racismo o que dizer então do atletismo nos 100, 200 metros e corridas de longa distancia ou boxe aonde negros vencem na quase maioria dos casos e nenhum branco quase nunca vence. O que seria isso?

13925122_271220249928586_5553210387910819663_n

3-Marta ganha menos que o Neymar. Isto é machismo mimimi.

Olhem o nosso artigo passado sobre este assunto. Neymar merece ganhar mais que Marta por um simples motivo: o livre mercado e a lei de oferta e procura. Leiam nosso post aqui.

esporte-rio-2016-volei-de-praia-egito-alemanha-20160808-01

4-Mulheres de todas as raças e cores são oprimidas pelo machismo mimimi.

A foto da egípcia Doaa Elghobashy e a alemã Kira Walkenhorst, durante uma partida do vôlei de praia fez as feminazi terem um orgasmo por terem visto “opressaummmmm”. Na verdade a foto mostra um contraste cultural entre os valores Ocidentais  e cristãos que permite que uma mulher hoje vista o que quiser e uma cultura antiga e selvagem que dita o que as mulheres devem usar para cobrir o seu corpo. Estranhamente as feministas atacam os valores ocidentais e acham normal ou paz e amor culturas que ditam que mulheres se cubram. Ou se comportam de maneira desonesta e enxergam machismo em tudo.

5-Homens gringos querem fazer turismo sexual com a mulher brasileira. Isto é machismo mimimi.

Embora isso seja um fato durante a Copa tinha mulher afetada pelo feminismo liberando a perereca para os gringos e contando vantagem que tinha pegado homem estrangeiro. Estranhamente, as mesmas que falavam mal do homem europeu branco estavam procurando liberar a perereca para homens europeus e brancos e esnobavam homens negros de lugares como a África.

Durante as Olimpíadas sabemos que levaram atletas gringos para ver mulatas e em bailes funks. Estes lugares aumentam ainda mais a fantasia e estereotipo de Brasil terra de prostitutas e sexo.

Ao mostrar bundas e baixaria para um gringo obviamente que o Brasil nunca vai ser conhecido por sua tecnologia ou gastronomia. Tudo o que o gringo vai lembrar do Brasil é: BAIXARIA.

6- Militantes gays e feministas lutam por igualdade mimimi

Somente inocentes ou imbecis acreditam nesta mentira.

Durante a Rio 2016, militantes gays e feministas condenaram um homem quando este pediu a colega em casamento (um casamento hetero).

Os mesmos militantes gays e feministas ficaram ensandecidos de alegria quando uma mulher pediu outra mulher em casamento. (um casamento gay).

7-Fora Temer golpista patrocinado pela CIA que sabotou a Dilma mimimi.

Outra mentira.

Aproveitando que o Brasil estava na moda, estes militantes pagos com mortadela e muito antiamericanismo tentaram criar a fantasia que o mundo estava contra a Dilma e por isso ela caiu. Na verdade: estes militantes ao votarem em Dilma também votaram em Temer que era vice.

8- Jornal norte-americano critica um biscoito de polvilho do Brasil?A imprensa nacional esquerdista diz que ” Isto é coisa da CIA mimimi”  e justiceiros sociais criam teorias muito loucas para defender um biscoito e mostrarem “serem cariocas de verdade”.

O biscoito de polvilho Globo, algo popular nas praias cariocas foi criticado por jornalistas norte-americanos que acharam o biscoito sem graça durante as Olimpíadas. Nada mais. Imaginem a briga que deu quando cariocas ufanistas que tem orgulho de serem cariocas (mas adoram comprar e viajar para Miami ou morar nos EUA ilegalmente) decidiram reagir para mostrar um nacionalismo ufanista.

No dia que este povo se unir para abrir o mercado, criar empresas, trabalhar ao invés de ficar na praia, gerar tecnologia e cobrar que o governo seja eficiente do mesmo modo que ficou defendendo um biscoito que nem todo mundo gosta, o Brasil vai ser primeiro mundo. Enquanto isso, seremos piada aonde divertimos todos mas sem termos o respeito de ninguém.

Mais alguma outra mentira que devemos postar aqui? Nos envie via Facebook.

Brazilian women against feminism answer to feminist journalist Tom Spender and feminist Sunny Singh

Padrão

Rio 2016 Olympic Games had two similar events:

1st event) Just moments after receiving her silver medal in Sunday’s 3-meter springboard event, China’s He Zi (woman) was asked to take a very different kind of plunge.

The 25-year-old was met by boyfriend Qin Kai, a fellow Olympic diver (man), who bent low on one knee by the podium before offering up a box containing an engagement ring. HE asked HER to marry HIM.
 
2nd event) As the crowds dispersed after Australia won the first women’s rugby sevens gold in Games history, Marjorie Enya (woman)  entered the pitch and asked Brazil player Isadora Cerullo (woman) to marry her. SHE asked HER to marry HER
“Love is in the air” you can think. “We hope they will be happy” is the general thought.
But this happiness has not been shared by feminists and BBC journalists. Well, at least not the heterosexual marriage proposal.
Feminists and social justice warriors (SJW) celebrated the second event because it was a same sex proposal. “It is normal and its pure love” in their minds. It is part of the feminist agenda, so, we have not seen any polemics here. Actually, if you disagree with, you be judged as a “homophobe” by feminists, SJW and GLBT militants.
Well, this is a lie and a kind of censorship mixed with political correctness. Being against gay marriage doesn’t make you a homophobe. There are gays and lesbians against gay marriage.

However, it was not the gay proposal that was target of attacks. The straight proposal was. Let’s focus on it.
The feminist slut (feminists call themselves sluts during the slut walk, so we are calling feminists sluts) London-based author Sunny Singh tweeted that the male proposal revealed a “sense of male entitlement”. She described it to the BBC as “a dick move, and definitely not romantic”. “It’s a control mechanism,” she said.

 Ms Singh has not talked about the lesbian proposal.  Earlier Marjorie Enya entered the pitch after the first Women’s Rugby Sevens Final between Australia and New Zealand and asked Brazilian player Isadora Cerullo to marry her.

Ms Singh said,”it that was different, it did not involve hijacking a medal ceremony”. Very convenient and using double standards. We like to call it by the proper name : feminist being a feminist.

Feminist Sunny Singh.

 It is clear FEMINISM IS NOT ABOUT EQUALITY AND IT HAS NEVER BEEN.

The slut Sunny Singh is a typical feminist and, as such, thinks the feminist agenda is great:

Women marrying men is oppression. Women marrying women /men marrying men is freedom.

Straight couples having kids is oppression. Gay and lesbian couples “having” kids is normal.

We could write few articles about this whole feminist nonsense……………..

Interestingly enough, these feminists are bitching about the world and playing the victim card. Normally, they are wealthy people and in the same time write/talk against wealth. Logic?

This problem is more severe in Europe. Years of feminist brainwashing have damaged commonsense. Men don’t want to get married, European women are aborting like going to the toilet.

Europeans don’t have kids and straight marriage has been demonized. The Canadian Eric Kaufmann has got some interesting studies which explain the correlation between low birth rate and the decline of Western Civilization.

Yes, there is a strong correlation between feminism propaganda that you can see during Rio 2016 Olympic Games and these facts.

bbc-logo

tVhDsKeO

We have read some articles on the BBC FB page (here, written by the BBC journalist ), Telegraph and some blogs and the pattern is the same: Journalists are normally prostitutes paid to sell lies and feminist propaganda. Facts are not important anymore.

You can find some crazy facts in Europe that once was home of Sir Isaac Newton and Albert Einstein. Women are raped but the police does not nothing because can be accused of racism and so on.

We have to ask: What is happening with Europe, the base of  Western Civilization? Why these sad and unhappy women, unable to find a good partner are thinking? Why are they writing articles and being promoted by BBC journalists?

You can ask about He Zi. Will she marry him?

She said: “He (Qin) said a lot of things there at the podium. He made a lot of promises, but the thing that has touched me the most is that I think this is the guy I can trust for the rest of my life.”

At least, the love has won this time. The feminist slut Sunny Singh has lost this battle and must return into her dark cave full of angriness, sadness and antidepressants.

Marta e Neymar: diferença salarial justa ou Olimpíadas sendo usadas por feministas e vitimistas?

Padrão

13925122_271220249928586_5553210387910819663_n

Feministas e justiceiros sociais usam e abusam de truques para tentar atrair seguidoras. Vitimismo e muito esquerdismo andam junto nesta hora. O ponto mentiroso das feminisas durante os jogos agora é comparar Marta e Neymar e dizer que a diferença salarial é por que Marta tem uma vagina e Neymar um pinto. Bem, a lei de oferta e procura e o livre mercado mostram outra coisa e fatos sem doutrinação esquerdista.

Estranhamente, homens ainda fazem os serviços mais perigosos e pesados, se aposentam mais tarde mas nesta hora as feministas fogem da palavra igualdade. Para feminista, a palavra igualdade é um mantra que serve como menu de um restaurante: tudo o que é bom ela quer. O que é ruim, ela deixa para os outros.

Vejam esta caso propagado pela mídia esquedista do Brasil e que a caneta desesquerdizadora desmascarou com dados.

Essa imagem dos justiceiros sociais da Agência Lupa, amplamente divulgada por UOL Notícias, Congresso em Foco, Época NEGÓCIOS e similares precisava ser totalmente desesquerdizada. Então a Caneta Desesquerdizadora gastou tempo (e tinta) na imagem acima para procurar a realidade para vocês. E ela é MUITO diferente do que a comparação quer demonstrar:
1. Quem fez a comparação entende tanto de futebol quanto nós entendemos de física quântica. Desde quando o salário pago *pelo clube* tem a ver com os gols feitos pela seleção?
2. Todo profissional, independente da área, recebe de acordo com o valor que gera para outras pessoas (e para quantas gera). Neymar Jr. recebe muito mais do que a Marta pelo simples fato que gera mais receita para o seu clube (ingressos, camisetas, patrocínios, etc), e gera mais receita para o seu clube porque o futebol masculino gera infinitamente mais interesse que o feminino. O que sustenta um atleta são os jogos pelo seu clube toda semana, não Olimpíadas e Copa do Mundo.
3. Isso é tão verdade que quem fez a imagem “esqueceu” de mencionar que o salário da Marta Vieira da Silva não é pago pelo seu clube atual, o FC Rosengård (da Suécia), mas sim por Coca-Cola e PUMA, que são seus patrocinadores e utilizam sua imagem para atrair o público feminino. Que capitalismo opressor, não?
4. Se Marta vivesse de futebol, estaria frita. Na Suécia, os clubes não atraem mais do que 1000 espectadores por jogo. O principal campeonato de futebol feminino no mundo, o americano, chegou a ser cancelado em 2012 por falta de interesse. E o último clube em que ela atuou antes do atual, o Tyresö FF (também da Suécia), fechou as portas por falta de dinheiro. No Brasil, “o país do futebol”, a final do campeonato brasileiro feminino de 2016 entre Rio Claro e Flamengo, sem cobrança de entrada, mal teve 500 pessoas no estádio. Parece que, em todo o mundo, as pessoas não se interessam muito por assistir futebol feminino de clubes.
5. Em relação ao Neymar, o salário dele no Barcelona sequer é sua principal fonte de renda. Sua miríade de patrocinadores garante a ele uma renda extra de 22 milhões de dólares por ano, superiores aos 14,5 milhões de dólares anuais que recebe de salário.
6. Fora isso, o Barcelona tem a maior média de público da Espanha e da Europa (e provavelmente do mundo), com uma média de 78.881 pessoas pagantes por jogo. Isso é mais do que o estádio de qualquer clube brasileiro pode comportar.
7. O resultado de ter Neymar, Messi, Suarez e similares para o Barcelona é gigantesco. No ano fiscal 2015-2016, o clube teve o maior resultado de sua história, com receita de 750 milhões de dólares.
Assim fica fácil entender porque Neymar merece ganhar muito mais do que Marta, não?

A turma que quer que as jogadoras femininas ganhem muito dinheiro, mas ninguém faz questão de fazer presença durante os jogos do campeonato brasileiro feminino ou sequer assistir em casa. REGRA SIMPLES: Se não tem publico, não circula dinheiro.

Outra coisa para deixar as feministas loucas: Martha ganhar menos que Neymar é machismo… Gisele B. Ganhar mais que qualquer outro modelo homem do mundo é “empoderamento” . Vai entender esse povo que fugiu da aula de lógica.

Mulheres contra o feminismo resume: Neymar ganha mais porque atrai mais pessoas para os seus jogos e patrocinadores (dando mais retorno financeiro) durante a sua carreira, mesmo tendo jogado pior que Marta nas Olimpíadas.

O mesmo motivo explica o porque de Gisele B. ganhar mais que qualquer outro modelo homem do mundo.

Isto vale para qualquer profissão.

Esta é a grande diferença entre o livre mercado ( em geral apoiado por conservadores e liberais) e feministas (defensoras de um estado enorme e babá, que interfere na vida de todos).