Arquivo mensal: janeiro 2019

Loucura: Nova Iorque aprova o aborto até 9 meses de idade

Padrão

Sempre avisamos aqui a olhar com cautela muitos modelos de conduta vindo do exterior.

Pois bem, o Senado do Estado de Nova York (Estados Unidos) aprovou por 38 votos contra 24 uma nova lei do aborto que permitirá esta prática durante toda a gravidez. Ou seja, o ser humano no ventre da mulher pode ter sido completamente formado e a mulher tem o direito de abortar um dia antes desta pessoinha nascer.

A Lei de Saúde Reprodutiva foi aprovada na terça-feira, 22 de janeiro, depois de uma disputa legal que começou em 2007.

Esta norma permitirá aos profissionais de saúde, como praticantes de enfermaria e médicos assistentes, que realizam abortos. Além disso, endossa o aborto tardio em qualquer momento.

Isto sempre foi defendido pela esquerdista americana Hillary Clinton e o seu grupo de feminazi.

O estado americano assim se torna o ícone da barbárie mundial com direito a comemoração com luzes rosas em prédios da cidade.

Voltamos a era dos Maias e nazistas, que matavam os deficientes ou indesejados assim que nasciam. Uma amostra clara de eugenia pura.

As “luzes” deveriam ser da cor vermelha, de sangue.

Enquanto isso na Europa os seguidores do Islam possuem muitos filhos que seguem a lei da Sharia e os europeus tem poucos filhos ou preferem ter cachorro, gato e assistir Netflix.

Quem vai herdar a terra?

Repitimos: SEMPRE BOM olhar com muita CAUTELA muitos modelos de conduta vindo do exterior. 

Evitem a propaganda das assassinas feminiazi que fogem da responsabilidade. Aborto sempre vai ser assassinato.

Não aceitem que jornalistas estrangeiros esquerdistas vendam mentiras sobre o Brasil.

Padrão

Depois da posse do Presidente Bolsonaro fomos ler certos jornais estrangeiros como a BBC, um dos antros do esquerdismo e globalismo mundial, entre tantos outros jornais e sites internacionais.

15464339485c2cb59cf35d9_1546433948_3x2_md

Pois bem: salvos alguns casos eles repetem o que o jornalismo esquerdista dita. Mimimi nutricionista, eletricista entre aquela coisa de sempre.

Infelizmente, certas brasileiras e brasileiras sofrem de deslumbre por tudo que for estrangeiro e assim aceitam tudo o que for escrito por um estrangeiro como verdade absoluta.

HORA DE ACORDAR PARA A REALIDADE, LEITORAS E LEITORES.

1546361496_407537_1546372381_noticia_normal

O Brasil possui n defeitos assim como qualidades. O mesmo vale para o exterior e nem todo estrangeiro que diz amar o Brasil realmente o faz (que o digam os turistas sexuais, homens que as feministas dizem odiar enquanto defendem as piriguetes que queimam o nosso filme sendo na maioria das vezes no carnaval e ano novo).

Muitos destes jornalistas estrageiros “intelectuais” possuem uma agenda e querem estereotipar o Brasil. Sempre pregamos que os impostos fossem reduzidos e tantas outras coisas que nunca foram feitas pelos governos do Brasil. Sempre desmascaramos feministas que doutrinam nossos filhos e defendem bandidos . Se for para criticar coisas que realmente devem ser melhoradas aqui no Brasil devemos fazer sem piedade e sugerir o que mudar.

No entanto, notamos que estes jornalistas menosprezam Bolsonaro e Trump assim como todo liberal-conservador. Estes mesmos jornalistas ficaram calados durante os governos corruptos do PT. Ficam calados na hora de falar sobre ditaduras esquerdistas. Taxam de populistas ou qualquer outra coisa ao mesmo tempo que fecham os olhos para os seus problemas da Europa aonde suas mulheres sofrem estupro por imigrantes ilegais. Os franceses em geral tem uma mentalidade mais esquerdista e notamos muito esquerdista brasileiro que tanto fala mal do Ocidente ficar postando artigos de franceses como isso qualificasse mais um argumento do que um artigo brasileiro.

Existe muito estrangeiro ignorante e esquerdista, pessoal.

Como exemplo postamos este excelente texto da #canetadesquerdizadora aonde um jornalista de esquerda norte-americano (sim, existe esquerdista em todo o planeta) posta um texto mentiroso sobre a primeira-dama aonde transformou o discurso de Michelle Bolsonaro em “saudação militar”. Desonestidade intelectual de esquerdista das piores que foi desmascarada pela caneta desquerdizadora.  Vejam aqui.  

Ou quem sabe este esquerdista da Nova Zelândia aqui que quer ensinar brasileiro sobre a vida no Brasil. O rapaz gay  esquerdista repete como um papagaio aquela palavras de sempre: nutriocinista, eletricista, etc. Na Nova Zelândia, terra liberal e capitalista e com dinheiro é mole tentar ser “resistência”. Este tipo de imbecil existe no mundo todo e fede a hipocrisia, pessoal. Repetimos: Existe muito estrangeiro ignorante e esquerdista. Podem falar outro idioma mas isso não quer dizer que sejam melhores por isso. Por favor, saibam filtrar com cautela o que um estrangeiro quer falar sobre o Brasil.

Curtam #mulherescontraofeminismo no Facebook.