Arquivo mensal: fevereiro 2015

Hollywood: Atrizes feminazi socialistas RICAS fazem vitimismo durante o Oscar.

Padrão

Durante a festa do Oscar Hollywood mostrou mais uma vez como a revolução cultural foi implantada nos EUA com o marxismo cultural e suas vertentes como o feminismo.  Atrizes feminazi socialistas RICAS em Hollywood fazem vitimismo durante o Oscar e uma atriz inclusive fez um discurso feminazi com todo o vitimismo clássico deste movimento esquerdista.

Vejamos: Meryl Streep e Jennifer Lopez, duas atrizes que ganham milhões mas pregam o socialismo clássico da esquerda caviar aplaudiram a igual atriz feminazi socialista rica que diz ser “oprimida”mas quer ganhar mais e igual aos homens.

Todas estas idiotas acreditam no mentiroso discurso socialista de Karl Marx. Elas acham que igualdade é sinônimo de justiça (o que e´ uma mentira) mas se NEGAM A DIVIDIR SUAS FORTUNAS assim como fazem as feminazi menos populares aqui do Brasil Luciana Genro, Maria do Rosário, etc. Fazemos uma campanha: queremos que as atrizes e atores feminazis esquerdista de Hollywood doem seus ganhos para qualquer ator e atriz de rua, talentoso ou não. Afinal, somos todos e todas iguais, ne´?

Feminazis inclusive compararam o ganho salarial da atriz de 24 anos Jennifer Lawrence com o  salário de Robert John Downey, Jr de 47 anos. As feminazis esqueceram de falar dos quase 20 anos de diferença do tempo de carreira dos dois.  Ou no talento diferente de ambos. Ou como eles negociam os seus contratos. Ou como o mercado (que e´amoral) afeta os  salários baseados na lei de oferta e procura.  Ou de profissões aonde as mulheres ganham muito mais que homens (modelos, enfermeiras, etc).

Repudiamos a hipocrisia dessa gente que diz odiar a ditadura da beleza mas gasta milhões para aparecer. Que diz amar a pobreza e odiar o capitalismo mas quer mais dinheiro, etc.

As atrizes de Hollywood são as que mais mudam de aparência por decorrência de cirurgias plásticas, algumas chegam a “se estragarem” de tanta plástica. Estilistas (maioria gays e mulheres) destas feminazi esquerda caviar vivem apoiando a vaidade deste tipo de “oprimida” que ganham milhões de dólares. Todos estes fatos demonstram  uma importância exagerada (e até bizarra) com a própria aparência. Cade o discurso de beleza relativa, mulher objeto nestas horas, suas feminazi hipócritas?

A festa do Oscar sempre foi marcada pelos figurinos das atrizes e cantoras que passam pelo tapete vermelho. Todas gastam milhões, apostam em estilistas renomados ou inovadores. Tudo para se destacar como a “mais bem vestida”. É onde entra a hipocrisia. Você realmente acha que essas mulheres que começam a usar botox antes dos 30 anos e investem milhões em roupa, cabelo e maquiagem, não querem chamar atenção pela aparência?

O feminismo tem mesmo o poder de tornar a mulher ridícula. É como se fossemos obrigadas a fingir que nos importamos com as mesmas coisas que os homens. Como se fosse sinônimo de burrice ou incompetência ter um pouco de vaidade. O mais cômico disso tudo, é querer usar o celeiro do cúmulo da vaidade exagerada para pregar esse discurso tosco.

Hipocrisia esquerda caviar tipica. Falam “não pergunte o que eu visto” vestindo grife e joias patrocinadas e pregando a pobreza alheia.