Arquivo mensal: setembro 2012

Sexualização precoce de crianças e a professora universitária feminista

Padrão

Sempre nos mostramos contra a adultização e sexualização de crianças, seja com relação a maquiagem, a dança, a roupa e atitudes. Achamos que criança é criança e adulto é adulto. Não acho legal uma menininha pintar as unhas, passar batom, usar salto alto e ser precoce com estas coisas. Não acho legal uma menininha rebolar até o chão ou querer imitar danças nojentas como o tal funk. Não acho legal usar roupas insinuantes, parecidas com as da mãe. Ou um garotinho ser metido a adulto também pois todos fazem. Deveria existir algo que nos guiasse. Nem “tudo é permitido” como as feministas afirmam.

Na nossa mente feminina e hoje taxada pelas feministas de “mente antiquada-Amélias”, a pedofilia é um crime cruel e o criminoso ao molestar uma criança deveria ser preso por muito tempo entre outras penas duras.Na nossa mente feminina,criança deveria estar estudando e brincando mas hoje cada vez mais cedo estão usando maquiagem, salto, tem mães idiotas que fazem permanente no cabelo das crianças! Absurdo! Na nossa mente antiquada segundo as feministas,existe o certo e o errado e fazer apologia a sexualização das crianças é MUITO ERRADO.  Achamos totalmente PERTURBADA tal atitude pois criança é criança, tem mais é que brincar, se sujar,estudar e se divertir pois infância  se tem uma vez na vida.

Na nossa mente “antiquada”, sexualização e adultização das crianças geram um ambiente muito favorável a pedofilia quer seja de modo direto e indireto. Simples assim.

Para a nossa surpresa deputados e professores universitários feministas pensam um pouco diferente. E como os seus defensores e defensoras, sempre citam ou os estudos de universidades que deveriam educar e talvez pesquisar tecnologia que falte ao Brasil ou citam a famosa “hipocrisia” E o que afirmam muitas vezes:

-“Sexo todo mundo faz! “.Claro, por isso devemos discutir a nossa vida sexual com qualquer um rsrrs.

-“Não falar disso é hipocrisia!”.Claro,bom mesmo é ditar de modo pseudo-carinhoso a outras pessoas através do papo que o “feminismo liberta”a falar sobre sexo com todo o mundo. Principalmente se forem crianças pois estas tem até “direitos sexuais” como já vimos feministas defenderem.

-“Falar de sexo com as crianças é como falar de culinária e de brinquedos”. Frase de uma feminista dita no nosso grupo no facebook (procurem nos post iniciais). Forçou a barra,né?

-“As crianças  possuem uma sexualidade e sensualidade.” Verdade, mas tais atributos presente nas pessoas é despertado mais quando nos tornamos adolescentes. Isto a natureza sempre demonstrou e hoje cada vez surge mais cedo porque o meio ajuda nesta precocidade. O problema é deixar tudo isso por baixo e na  sociedade brasileira já em um caos social assistencialista, pregar como normal a sexualidade infantil pois isto é”evolução feminista”. Problemas que isso gera?Gravidez na adolescência >pais precoces>adultos infelizes>aumento de abortos>traumas psicológicas>caos social>pobreza>criminalidade,etc. Isto para não falar em pedofilia pois tais culpados criminosos doentes sempre irão procurar um motivo para atacar nas suas mentes nojentas, entre outras coisas. O sexo possui uma energia muito poderosa e é uma coisa boa, mas a estimulação de tal força DEVE ter o seu tempo.

O que nos surprendeu foi ver professores universitários afirmaram que:

“As ‘brincadeiras infantis’ também podem envolver outros: meninos buscando conhecer o corpo de outros meninos e meninas buscando conhecer os próprios corpos e de outras meninas e meninos. Então, quando meninos e meninas brincam sexualmente com seus corpos, com outros meninos e meninas, eles não estão sendo gays ou lésbicas, quando fazem isso com pares do mesmo sexo. Não é disso que se trata. QUE DEIXEM AS CRIANÇAS BRINCAREM EM PAZ, ISTO A TORNARÃO ADOLESCENTES E ADULTOS MAIS INTELIGENTES E POTENCIALMENTE MAIS PERSPICAZES no enfrentamento e na transformação do mundo que lhe deixamos como herança”.

Fico imaginano um lugar sem leis, em caos social como o Brasil,aonde pais tem que trabalhar e as crianças ficam muito tempo sozinhas podendo”brincar” como sugere a professora universitária Tatiana Lionço que forma outras pessoas. Fico imaginando neste lugar que falar de modo um pouco mais severo ( mas nunca violento) com uma criança nos tornam “mães e pais abusivos” e aonde grande parte dos adolescentes hoje parecem ser cada vez mais mimados e violentos (post anterior). Fico imaginando neste lugar que deveria ter tantas outras prioridades mas  alguns professoros universitários insisitem em procurar pelo em ovo ou apoiarem marchas sobre drogas, feministas que mente nos representar e nos taxam de vadias,etc.

E ficamos imaginando como um movimento que defende coisas como funkeiras e funkeiros e outras coisas absurdas leva essa mentalidade de modo “amiguinho e inocente” para crianças como faz o feminismo. Talvez as brincadeiras sexuais que a professora prega possam ser dançar funks e axés”inocentes” como estes da revoltante foto de abertura. Digitem no Google funk e crianças. Em que mundo estamos vivendo?

Pode-se tirar a conclusão das idéias a partir de atos destas pessoas que hoje ensinam os nossos filhos, totalmente incompatível com a dignidade de um verdadeiro professor que deveria ser imparcial. Declarando publicamente, em inglês, que poderia ser uma atriz pornô e com fotos na internet bem estranhas. Entretanto, esta mesma pessoa está em Brasília, falando de “direitos humanos” e determinando os destinos da educação pública no país pois isto é ser”moderna e evoluir”. Tem espaço e leciona em universidades. Tem até o status respeitoso de “doutora”.

Neste lugar rico ainda falta algo. Ainda carente de tecnologia, valores, pesquisa de verdade,objetividade e tantas outras coisas que realmente o tornaria o país do futuro, nos falta um senso comum do bem. O relativismo cultural pregado por pessoas que formam opinião em um feminismo também cultural e que mente nos libertar ainda luta por causas bem estranhas. E o que ainda nos causa surpresa é estes grupos que lutam tais causas sempre criando desculpas subjetivas. Bem, isto é o feminismo.

Aqui nem iremos entrar na questão do homossexualismo que DEVE ser respeitado. Ninguém muda a opção sexual do outro/a gritando, batendo, torturando,etc. Mas colocar crianças no meio deste assunto de modo parcial pela doutrina do”tudo pode pois é evoluir, pois é feminismo” nos parece ser um golpe baixo. Como lidar com isto?Complicado e também não podemos fingir que isso não existe. Mas não podemos também dizer que o modo como vem sendo tratado tal assunto é  bom quando pessoas por interesses ou amargura queiram ditar que devemos engulir ist pois é certo. Ainda mais quando apoiam funks,funkeiras e outras coisas absurdas em um caos social como o Brasil.

Atenção: nosso blog não possui ligação com grupos religiosos ,nem grupos extremistas políticos e é extremamente contra a pefofilia e a sexualização precoce de crianças.

Leia mais:

http://www.midiasemmascara.org/artigos/governo-do-pt/13360-que-deus-salve-as-criancas-do-terrorismo-gay.html

http://blogueirasfeministas.com/2012/08/transviada-contra-a-ordem-sexual-ma-fe-e-vergonha/

http://br.mulher.yahoo.com/blogs/mae-salto-alto/crian%C3%A7a-com-roupa-adulto-143717264.html

http://gentetransviada.wordpress.com/2012/08/23/transviada-contra-a-ordem-sexual-ma-fe-e-vergonha/

Violência real,sexo,adolescentes, culpados,vítimas:porque o feminismo cria uma sociedade sem leis.

Padrão

No nosso blog e grupo no facebook sempre recebemos frases de feministas que defendem o feminismo de modo extremista.Para elas tudo vale ao defender o feminismo e NUNCA notam como o feminismo é relacionado a falta de objetividade ao lidar com problemas complexos. Para feministas bem e mal nunca existiram.Tudo é relativo pois a culpa é do sistema.

Frases feministas em geral dizem que”cada um faz o que quer,nem todo mundo é bom ou mal,tudo é cultural e deve ser aceito,todas mulheres que concordam com o feminismo devem ser respeitadas,todos homens feministas devem ser respeitados,funk é cultura,Valesca é uma mulher moderna,etc”.Valorizar bons exemplos nunca é legal.Melhor ver quem é o diferente e que compactue com a idéia de minorias oprimidas e elevar tal pessoa ao status de guru alternativo.

Olhem como idolatram Valesca que canta “quero mamar e me chama de piranha”.Ou a tal advogada da CPI e outros exemplos.E negam sempre que tais pessoas se relacionam com homens nojentos e realmente machistas.Bem a culpa é do sistema e da nossa atual falta de liberdade aonde uma canta como faz sexo anal, a outra grava como faz sexo,bandas como os estupradores da New Hit defecam pela boca e fora a tal dança na boquinha da garrafa.

Ao mesmo tempo reclamam de crimes e claro,a culpa é sempre do sistema,do patriarcado e outras idéais nascidas de lavagem cerebral feministas.

Nem é novidade que  as famílias segundo feministas possuem valores antiquados.Bom mesmo é criar regras sem regras.Aonde nada é certo ou errado.E claro tal idéia deveria segundo feministas ser levada a sociedade pois isto é evouir.O que é certo e errado?Quem deve ser respeitado?Como educar os filhos?E o que isto tem a ver com esta foto?

Nesta conversa de tudo é relativo,na Inglaterra um professor de matemática de 30 anos fugiu para a França com uma aluna sua de 15 anos(fotos acima). O professor Jeremy Forrest, casado, iniciou um romance “alternativo” com a  estudante Megan Stammers de 15 anos e acabaram escapando para a França,sendo hoje procurados por grande parte dos policiais da Inglaterra e França. Ambos trocavam mensagem de texto,diziam sentirem saudades um do outro e outras juras de amor,largaram tudo para uma aventura que tem dado o que falar na Inglaterra. Pistas indicam que chegaram a França e foram vistos de mãos dadas. A escola parecia saber do assunto,os alunos também,etc. Na mesma escola  anteriormente um outro professor teria feito sexo com duas adolescentes durante as aulas de modo consentido o que gerou mais o que falar.

http://www.mirror.co.uk/news/uk-news/megan-stammers-police-knew-about-relationship-1343161

Quem sofre?Sempre os pais.

Seria este o resultado do sexo precoce entre crianças e adolescentes que o feminismo adora pregar(futuro post)?Ou isto é também relativo?Ou a falta de autoridade dos pais ?Ou ao modo de gestir de muitos governos(como o do Brasil) que condena quando educamos os nossos filhos?Ninguém quer torturar crianças ou espancar inocentes(como fazem governos comunistas) mas tudo é relativo?Isso funciona quando ainda tratamos adolescentes como inocentes mas hoje bebem,fazem sexo,dirigem,matam,roubam e ainda assim são vistos como crianças?

Nessa “nossa evolução”, como dizem as feministas estamos mudando para a melhor.Isso é evoluir.Sério?

E aqui abaixo podemos ver  resultados mais assustadores disso tudo em uma sociedade que deveria evoluir mas os jovens parecem ser sem limites,sem exemplos, sem senso comum,respeito,dever e tantas outras qualidades  que parecem sumir com esta falta de objetividade muito feminista:

Aluno que bate em professora

Aluno quebre os braços e os dentes de professora

Aluna agride professora para reaver celular

Professora de 26 anos faz sexo com aluno de 17 nos EUA

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u351508.shtml

Caso similar nos EUA

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/06/professora-e-presa-nos-eua-suspeita-de-fazer-sexo-com-aluno-de-14-anos.html

Professora nos EUA presa por fazer sexo com menina de 14 anos

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/06/professora-e-presa-nos-eua-suspeita-de-fazer-sexo-com-aluno-de-14-anos.html

Treinador engravida aluna de 14 anos nos EUA e é preso

http://br.esportes.yahoo.com/blogs/redacao/treinador-%C3%A9-preso-por-fazer-sexo-com-aluna-173750521.html

 

Porque feministas amam defender piriguetes e outras coisas mais.

Padrão

Sempre nos causou surpresa como feministas amam defender piriguetes.Primeiro foi a advogada com um perfil um tanto estranho e que foi¨filmada sem querer por ela mesmo¨com um idiota.Tal advogada representava um governo,uma instituição e ganhava salário pago pelo contribuinte.Fizemos um post sobre isso e as feministas ficaram indignadas.Hoje a tal ¨vítima¨vai sair na Playboy mostrando o corpinho malhado nada objeto rsrs.(O cara foi culpado tanto quanto ela,ok,feministas?)

 Depois, a eterna representante do feminsmo piriguete power no Brasil,Valesca Popozuda, que canta funk com letras vulgares para menores de idade teve o feminismo ao seu favor.Ela mesmo é vulgar e hipócrita que dói e se alia a homens um tanto realmente machistas e tão vulgares quanto ela.E aqui novamente feministas a defendem e colocam a culpa no ¨patriarcado machista que põe as mulheres como objeto¨.Mas espere,não são elas mesmo que se colocam como objeto por n motivos?Não são elas mesmo que dizem que ninguém se mete na vida delas pois são mulheres poderosas? E eu acho que se algum garoto ou garota falasse umas verdades para elas podem ainda acabarem presos por ofenderem os exemplos de mulheres modernas feministas.

 A última agora é umas sairem em defesa de uma mulher fruta que se candidatou a veradora e colocou essa foto no mínimo sem noção para atrair eleitores e eleitoras. Tal figura infelizmente mulher quer ser uma pessoa do governo. Este pedaço de carne,este bife estilo Valesca advogada piriguete é um corpo, uma alma triste, nada mais.Porém mesmo tendo pena eu não posso deixar de falar o óbvio para quem ainda pensa. Aqui novamente recebemos via e-mail feministas a defendendo pois isso é liberdade de usar o próprio corpo,ser livre, todo mundo faz o que quer,bla bla bla.

 Escohas certa e erradas,uma coisa tão simples ensinada para as crianças parece não existir para as feministas 😦

 O engraçado é que sempre quando tiver uma prostituta(que ou não teve escolha,foi obrigda ou faz porque quer) o feminismo coloca todas como iguais, vítimas, sendo que todas são diferentes.Se tiver uma mulher que diga que quer ser dona-de-casa, ser mãe ou for mais recatada como muitas de nós,somos sempre vistas como as Amélias tristes sofredoras escravas. Se houver uma mulher bem vestida, discreta as feministas irão sempre pegar como exemplo e defender as piriguetes.Sempre.Segundo as feministas pregam, devemos ser como as piriguetes-prostitutas ou afins:dormir com vários,transar com qualquer um,falar vulgaridades,baixarias e tudo isso porque os homens canalhas que as feministas conheçem e amam pegar de exemplo fazem.Isso é a felicidade segundo as feministas que claramente irão taxar qualquer uma que pense diferente delas de escrava,antiquada entre outros adjetivos ¨modernos feministas¨e colocar a culpa em 2012 no patriarcado de muitos anos atrás.

 Isso parece ser um medo feminista de iniciar a perda da ¨evolução feminista da mulher¨pois estamos criticando uma outra mulher. Seria como um homem legal deixar de criticar um canalha por agir errado pois esse é o homem moderno que as feministas pegam de modelo.Uma pergunta: aonde é a evolução nisso? Não podemos criticar um bandido porque ele também é um ser humano? Acho impossível que retornemos ao modo de viver no passado e que este nem sempre foi perfeito, mas relativizar tudo por baixo deste jeito nos deixa cada vez mais com medo do futuro e dos futuros adultos.

 Feministas misturam tudo por serem coletivistas cegas que beiram o fanatismo.Esqueçem que Valesca e as outras querem é $$ sem muito esforço usando do corpo porque querem.Fato.Esqueçem que o que elas fazem é simplesmente uma questão de certo e errado e ELAS valorizam o errado.Fato.Pregar a sexualidade a crianças,falando palavrão e com uma vulgaridade absurda não é se valorizar moralmente, nem fazem isso para as pessoas valorizarem nós mesmas e tampouco isso é gostar de sexo.A intenção delas é chocar.Aparecer.Nada mais.Em nome do ego e exigem nunca serem criticadas por serem as piriguetes coitadas em um vitimismo barato que sempre surge em alguns momentos.

 Feministas parecem não lembrar que não é ser moralista,mas os valores de uma sociedade que preza a individualidade mas quer o bem coletivo para prosperar é feita de bom senso e responsabilidade de todos,aonde nem tudo pode e tudo tem limites,para todos.Não é por acaso que com esse relativismo cultural feminista para coisas simples, o Brasil possua menores de idade que assaltam e matam,uma taxa de gravidez entre adolescentes que gera um caos social e traumatiza vidas para sempre,a violência aumente e com o nosso governo antes revolucionário mas hoje tão corrupto(ou mais) quanto o de Collor quem sofre é o povo.Bolas de neve se formam e o caos aparece.Quem gosta disso?Alguém.

 Gostar de sexo,ser livre e responsável para fazer escolhas legais que somam a todos é uma coisa bem diferente de serem mulheres ou homem covardes com ego inflado que ajudam a este caos aumentar,defendendo quem faz más escolhas porque quer pegar um atalho para subir na vida,sem escrúpulos e passando por cima do que deixa uma sociedade e um país mais fortes.

 Os estupradores vulgares ,a Valesca e outras piriguetes parecem ambos serem da mesma laia e demonstram o quanto grupos covardes estimulam a criação de uma sociedade nojenta e pútrida que valoriza o que deveria ser banido.Este caso da Academia Brasileira de Letras no vídeo abaixo é um exemplo disso e que tem como causa esse relativismo social pseudo-cultural.

 Repetindo,a crise hoje parece ser mais moral que financeira.Respeitando todas as pessoas e escolhas mas está na hora de quem não se sente representado por essa gente começar a se fazer ouvir e tentar realmente melhorar a nossa sociedade. E aposto que quando eu durmo,penso nos meus filhos e na minha família,na minha perspectiva de vida,trabalhando mas sendo sensata e vejo um futuro realmente feliz e melhor que pirguetes que não tem o amor de ninguém e nunca  irão saber  o significado da vida, do que é realmente importante e de ser feliz realmente.

Incoerência: o feminismo x EUA,religião e o Ocidente

Padrão

Ontem fui encontrar uma ex-colega de colégio que não via faz muito tempo.

Após a conversa inicial aonde falavamos de assuntos para quebra o gelo, filhos, marido, ela me falou que estava tentando viver de modo alternativo para ajudar o mundo já que era solteira e sem marido. Eu achei muito legal pois acho interessante a filosofia ¨vida simples, mente elevada¨.

 Depois de algumas palavras descobri tristemente que a minha ex-colega era uma feminista anti-Ocidente,capitalismo e completamente alternativa. Muitas vezes estas pessoas parecem existir só em filmes de modo pastelão mas eles sempre estão por aí e muitas delas que parecem ser calmas são mais ou menos radicais, porém sempre radicais. Minha colega destilava grandes críticas a religião, ao Ocidente( pois tinha ido visitar a Índia),etc

 Fiz uma rápida avaliação da vida real x palavras.Pois bem a minha ex-colega feminista com sua conversa bem anti-EUA-capitalismo-ocidente tinha um I-phone sempre ligado na internet, algo que para mim agora é um luxo.Não sou entendida de moda mas acompanho os preços das coisas e minha colega vestia roupas estilo alternativo mas eu sei que custam os olhos da cara assim como a sua bolsa e seu perfume também era nada alternativo na questão preço. Fora o seu carro que também não parecia ser um modelo barato não poluente.

 Ela me contou que vivia em uma casa perto da praia pois poderia assim curtir a vida, nadar,fazer yoga e me mostrou a foto da casa. Uma linda casa nada barata. Perguntei no que ela estava trabalhando e ela disse que trabalhava vendendo roupas. Depois descobri que o pai pagava grande parte das coisas para ela.

 O famoso feminismo pseudo-comunismo intelectual de boutique. Que tal deixar esse conforto de lado e realmente ajudar o mundo fazendo alguma coisa que preste.Ela desconheçe aonde nasceu toda essa tecnologia ou as roupas que ela veste?

Você tem todo o direito de defender a esquerda,a direita, sem extremismos, sem ser um maluco fascista e tentar argumentar com lógica, mas você não pode ser incoerente, negar fatos óbvios sem responsabilidade e querer colocar a culpa no sistema quando a água chega perto do pescoço pois você estava mais preocupado em ser um revolucionário de boutique.

 Se não fosse por uma boa parte da religião ocidental hoje e que trata a mulher bem mas que é moda ofender, talvez nós estivessemos sendo apedrejadas por alguns extremistas. Nem todas religiões orientais são extremistas mas culpar o cristianismo por tudo? Olhem, nem católica praticante eu sou, mas temos que achar um equilíbrio nas críticas. Tudo bem, queimaram algumas mulheres mas eu acho que existem crenças que fazem coisas muitos piores. E outros regimes sem religião( como o comunismo e socialismo defendido por muitas feministas) tratam as mulheres como  pedaços de carne, sem sentimento e sem alma.

 Minha ex-colega, assim como tantas feminstas adora criticar o EUA-Ocidente mas nega-se a ir morar no Afeganistão, Coréia do Norte, China ou até na Índia que ela tanto ama. Se o Brasil, EUA e todo o Ocidente não prestam que tal se mudar que seja para Cuba aonde a igualdade tomaria a força tudo o que ela tem. Alguém já leu algum livro sobre o Khmer Vermelho e o genocídio que faziam em nome da igualdade pelo bem do povo?

 Sei que muitas feministas ou outros homens e mulheres são contra as guerras. Ótimo. Nós tambèm somos.Eu também sou. Mas falar mal das guerras,do consumismo e consumir petróleo e outras riquezas obtidas através de guerras é no mínimo estranho.

 A tal Lola, uma das gurus feminstas aqui no Brasil também tem muitas dessas idéias socialistas de boutique. Nunca gostei de extremismo e aqui no blog tentamos nunca ser extremistas. Se for para sermos duras, seremos com homens,mulheres e tentaremos ser coerentes. Olhem a Lola com o seu pseudo-intelectualismo, fala mal do capitalismo EUA mas foi fazer pós-graduação em inglês. Usa como ferramenta de trabalho a internet, invenção yankee. E aposto que se um bandido for assaltá-la vai querer providências da polícia. Provavelmente ela queira ajudar as mulheres do Afeganistão, mas apostamos que se alguém atirar em um taleban e for yankee, ela irá fazer um post sobre a ¨invasão dos EUA capitalista pelo mundo¨. E parece esqueçer que a ex-União Soviética, um regime comunista-socialista fez a mesma coisa sem sucesso. Em lugares governados por pessoas como o Khmer Vermelho, Lola estaria fazendo outra coisa e não seria escrevendo blogs contra a falta de liberdade no mundo atual.

 Ai ai O feminismo e a sua luta sem pé nem cabeça radical por um mundo perfeito sem fazer nada a respeito a não ser procurar pelo em ovo de avestruz. Isso é o que parece o feminismo hoje.

 Os grupos feministas brasileiros e mundiais amam defender as mulheres muçulmanas(ótimo) mas basta alguém punir um taleban extremista(em geral,EUA) que as feministas falam nos direitos humanos. E isso pode servir para bandidos perigosos no Brasil que as feministas amam defender pois ¨não tiveram oportunidade¨. Feministas,decidam-se nestes casos. Ninguém faz um omelete sem quebrar um ovo.

Banda New Hit:marginais estupradores que se aproveitaram do relativismo cultural e covardia feminista.

Padrão

 

Todas nós devemos(ou deveriamos) saber sobre o caso da Banda New hit que recentemente foi acusada de cometer o estupro de duas garotas.Na verdade depois de os marginais negarem o crime,o laudo médico comprovou o estupro das meninas. Crime comprovado,agora é apoiar e exigir a condenação dos marginais.Sabemos que nas leis brasileiras muitas vezes o criminoso escapa por termos leis boazinhas demais com bandidos no nosso país tolerante do¨todo mundo faz o que quer¨pois ¨não tiveram oportunidade¨.Enfim,agora é APOIAR a condenação dos marginais,os reais culpados do estupro como sempre falamos aqui mas as feministas adoram distorcer e criar idéias fantasiosas para terem sempre a última palavra(ego grande? rsrs).

 E podemos ver além disso.Sem cair no óbvio de que os estupradores foram os reais culpados podemos ir adiante e notar que aqui assim como no caso da Eloá o relativismo cultural que o feminismo muito defende indiretamente muito ajudou o estupro, entregando as vítimas para os estupradores pois elas devem ter perdido a noção do perigo, outra coisa que o feminismo adora negar no mundo real.Claro que o estupro pode acontecer até dentro de casa com pessoas que conhecemos mas a probabilidade CRESCE em ambientes um tanto estranhos.O que esperar de um bando de marginais dentro de um ônibus, com valores distorcidos,arrogantes(procurem sobre entrevistas de tais moleques),talvez usando drogas,que vestem-se como traficantes e cantam ¨obras¨como chupa,senta e outras coisas nojentas para adolescentes que deveriam estar estudando? Eu correria de gente assim ou os manteria bem longe de mim e das minhas filhas e filhos. Isso serve para funkeiros e funkeiras também. E isso não é preconceito, é saber raciocinar e ter coragem de afirmar que nem tudo presta ou é permitido NESSE mundo para homens,mulheres,crianças.Melhor prevenir que remediar mas até aqui o feminismo fantasia as coisas e é covarde,confundindo bo senso com “falta de liberdade criada pelo patriarcado”.Hello feministas,nem todas as pessoas,homens ou mulheres são boas. Mais uma coisa que o feminismo nega.

 E os filhos e filhas de hoje em grande parte?Adolescentes e crianças hoje pensam de serem adultos e detestam ser contraridos valorizando lixos culturais. Nada de espancar filhos(coisa de gente covarde) mas dizer a eles o que é certo ou errado hoje é crime.Feministas adoram dizer que todo mundo faz o que quer e algumas acham normal crianças de pouca idade se masturbarem entre outras coisas como já falaram no nosso facebook(falam isso sem serem mães pois suas teses dão esse direito a elas rsrs).Neste contexto imagino o pai ou a mãe de garotas proibirem elas de irem a shows que nada somam para elas por ser uma baixaria só e beirarem a pornografia.A mãe será taxada de Amélia antiquada, o pai de homem machista ditador selvagem.Ambos talvez hoje seriam presos por serem pais( e bons pais)por selecionarem o que seus filhos devem valorizar.Isso se os pais não forem divorciados.E aqui faz falta a tal família padrão,algo muito condenado por feministas nos tempos modernos pois bom mesmo é ser filho de pai solteiro,mãe solteira e sem conheçer quem te gerou pois transar com desconhecidos é cool e devemos copiar os homens bla bla bla. Bom mesmo é apoiar funkeiras, funkeiros, defensores de axé,pagodes toscos que ganham $ com músicas nojentas que estimulam sexo e promiscuidade entre adolescentes e até crianças. Bom mesmo é apoiar tais monstros por ¨não terem tido oportunidades¨e afinal¨sexo todo mundo faz¨.Vamos fugir da hipocrisia, ser covardes e educar nossas crianças da pior maneira.

 Frases recebidas no nosso grupo no facebook de pessoas que felizmente ainda pensam(ninguém questiona a autoria e culpados do ato que foram comprovados,fique bem claro).Feministas podem detestar mas essa é a verdade no cruel mundo que vivemos hoje.

“Olha o tipo de música que as gurias escutam, olha o naipe dos caras do grupo. Desculpe, mas essa glamourização da “vida loka” não pode mesmo dar em nada que preste.”

“E devemos lembrar também que se o pai proibe ir em um lugar assim hoje é chamado de machista antiquado pela adolescente neo-feminista que quer ir porque os garotos(do mesmo naipe desses caras)vão também.A esposa do cara ou vai ficar a favor da filha,ou vai ser chamada de Amélia que não deixa a filha se divertir.Sem extremismos alla Taleban,mas falta um pouco de lógica nisso.Nem todo lugar é bom de se ir,nem todas companhias sao boas,nem toda musica é boa,nem toda mulher ou homem sao bons.”

” Nunca iremos nos retirar do que sempre afirmamos:os pais tem culpa indireta,os culpados foram os garotos e o Brasil passa por uma crise total de valores invertidos que causam coisas assim que poderiam ser evitadas.O  feminismo entra nisso,tem covardia em falar o que é errado mas SEMPRE chora o leite derramado”.

E este caso,embora simples,com vítimas indefesas,provas claras e culpados reais criou uma certa polêmica muito subjetiva,pois suprendentemente,fãs da banda(muitas outras garotas)querem que a banda seja inocentada.Simples piriguetes que talvez não entendam o que seja um estupro e que devem amar marginais.E isso talvez reflita um pouco o caos de valores em que o Brasil(mas não só ele) está afundado.O óbvio nunca é o bastante para o povo.Melhor ser o diferente e ter fama.Criticar e ofender o imoral é errado.Bom,mesmo é relativizar tudo culturalmente,ofender o certo e defender o errado por ser do contra.E aqui novamente o feminismo entra pois age assim,nega o óbvio hoje,com um mundo com tanta informação e continua mantendo o seus argumentos de 1000 antes de Cristo.Marxismo cultural,relativismo,vitimismo e outras subjetividades culturais juntas gerando uma sociedade de imbecis.

Olhem o modo dos garotos acusados de estupro.Alguém esperaria algo diferente de quem canta senta,chupa,etc?

 http://www.youtube.com/watch?v=V33bWbp7H4o

 http://www.youtube.com/watch?v=-22WiBq6qNc