Arquivo mensal: fevereiro 2017

O lixo feminista da Escandinávia: feministas suecas baixam a cabeça para líder muçulmano e colocam véu.

Padrão

feminismo-suecia

Todas sabemos que as feministas dominam a Escandinávia. Tal lugar é dominado pelo politicamente correto e feministas usam de muita engenharia social para desmasculinizar meninos e masculinizar meninas. Tudo isso em nome da “igualdade e usando de muita ideologia de gênero”. Pobres crianças deste lugar.

As mesmas feministas tanto falam de poder que mesmo por lá as poderosas mulheres feministas ainda deixam os trabalhos duros para os homens (assistam este excelente documentário) . Mesmo por lá as feministas querem ainda mais depender do governo e medidas como bolsas e cotas existem para qualquer grupo que elas considerem minoria.

As poderosas feministas que tanto odeiam homens, que são incapazes de comprar uma pílula e um preservativo querem usar o aborto como modo contraceptivo. E claro quem paga é o Estado.

Os índices de natalidade na Europa andam em baixa. Tudo que visa destruir o relacionamento homem e mulher anda em alta.  O aborto é pregado como uma um remédio para uma doença e mais homens e mulheres vivem sozinhos.

Ao mesmo tempo imigrantes ilegais (muitos refugiados muçulmanos) estupram mulheres e nações da Escandinávia escondem os dados.

Mas fora isso as feministas deste lixo chamado Escandinávia preferem ser estupradas que salvas por um homem sueco.

No lema “um dia por vez”, a esquerda européia (principalmente na Escandinávia, França e Alemanha) vai se revelando cada vez mais desonesta e cínica, desumana ao ponto de apavorar até mesmo alguns psicopatas.

Segundo o Barritrad, grupos feministas da Suécia iniciaram uma campanha não contra os imigrantes islâmicos que estupram as mulheres suecas, mas contra os homens suecos que decidam protegê-las.

Mas agora em fevereiro de 2017 a coisa ainda piora. Feministas por motivos claros (o feminismo é um movimento esquerdista) ficaram de mimimi contra Trump. E como postamos aqui inclusive protegeram um rapaz que bateu em uma mulher que questionava esta marcha das mulheres (que é liderada por uma muçulmana).

As feministas suecas postaram fotos fazendo cara feia contra Trump.

Isso foi no dia 8. Menos de uma semana depois, no dia 13, em visita ao Irã, podemos ver Isabella e suas colegas do “primeiro governo feminista do mundo” cabisbaixas, amuadas, se submetendo a usar hijabs, chadors e casacos longos e pesados para esconder seus corpos e cabelos. Em terra de sharia, feministas baixam a cabeça e ficam caladas.

Ou seja, atacam Trump que é casado com uma imigrante e que tem o apoio de muitas mulheres. Mas baixam a cabeça, colocam véu e tudo o mais para lideres de lugares aonde a mulher é um ser de segunda classe.

Ou seja: As feministas são as AMÉLIAS do partido que sempre obedecem como ovelhas cegas que sempre foram. Feminismo nunca foi para defender as mulheres e sim sempre foi um movimento com um agenda que vai sempre contra tudo que é relacionado ao Ocidente. O governo feminista da Suécia e do resto da Escandinávia é somente mais um exemplo da subserviência feminista ao islamismo.

Falta de valores familiares: A deputada feminista Maria do Rosário, aparentemente não tem capacidade de criar a própria filha, mas quer ditar como famílias devem educar seus filhos.

Padrão

maria-do-rosario-diz-que-vai-acionar-pf-por-causa-da-filha-google_1164291

Quer saber como o feminismo ajuda a destruir a nossa civilização? Compre este livro antecipadamente. Clique neste link.

Atualidades envolvendo uma deputada feminista: A filha de Maria do Rosário, M. L., menor de idade,  aparece em fotos no seu Instagram (fotos da própria menina) com mensagens e imagens que deixam a entender que ela passa por anorexia severa e usando drogas. Muitos comentários deixam a entender exatamente a mesma coisa. Isto estava nas redes sociais da própria menina.

Vejam todas imagens neste link aqui. Esta é a filha da deputada feminista Maria do Rosário (PT-RS) que dita regras pros outros mas esquece da própria filha. Olhem o infeliz estado da menina 😦 Que triste.

Vejamos, pessoas: A deputada feminista Maria do Rosário, aparentemente não tem capacidade de criar a própria filha, mas quer dar pitaco nacionalmente em como outras famílias devem educar seus filhos. Esta deputada é envolvida em muitos projetos e leis com uma agenda esquerdista aonde quer DITAR como pais devem cuidar dos filhos.

 

A filha da deputada feminista é menor de idade e postou estas fotos sexualizadas no próprio Instagram dela, que antes dessa publicação, estava publico para todos verem. Esta é a deputada que nos quer dar aula de como devemos educar crianças.

E como fica a deputada agora? Vai acusar a sociedade do que? Meu corpo minhas regras vai valer pra própria filha? Ou vai falar da objetificação da mulher quando a própria menina postou isso na internet?

E agora, feministas?

Dizem que os filhos pagam pelos pecados dos pais. Infelizmente este parece ser o caso da menina que teve o infeliz destino de ser filha desta feminista gaúcha chamada Maria do Rosário que entre outra coisas acha o ditador Fidel Castro uma pessoa boa.

Os familiares da Maria do Rosário parece que sempre foram problemáticos. De uso de drogas a pedofilia a coisa é macabra. #NandoMoura (se inscrevam no canal do Youtube dele)  fala muito bem sobre este tema:

 Fotos com feridas e machucados são frequentes no Instagram da menina. Outra imagem  tirada do Instagram da garota é de tema tenso aonde um cachorro  é visto com um cigarro de maconha na boca. “Essa emma que é igual a mãe dela”, diz um usuário da rede social. Aonde se encontram os veganos e defensores dos direitos dos animais nestas horas?
O que achamos?
Vergonhoso e criminoso é o abandono e negligência da mãe (deputada feminista Maria do Rosário) dessa menina, que vendo o estado deplorável da própria filha nada fez. Isto nunca surge de uma hora para outra. A própria menina está pedido socorro ao fazer estes posts! Cadê o Conselho Tutelar e MP? A menina é menor e está visivelmente negligenciada pelos responsáveis.
Se uma jovem menor de idade que não trabalha, não tem renda própria e é dependente dos pais, quem financia a compra das substâncias ilícitas que ela consome? Fica a pergunta.
A deputada feminista sempre arrotou ordens, quis destruir a família e colocar o Estado no meio para cuidar das nossas criança renegado os pais. Pois bem, em nome da sociedade perfeita esquerdista esqueceu da própria filha. Que tipo de mãe é essa? Uma feminista, uma esquerdista, uma psicopata.

Mas isso é normal esperando desta deputada que foi eleita por gaúchos zumbis e idiotas.

Maria do Rosário é aquela mulher que passou a vida inteira dizendo que o estado tem que interferir na vida das famílias.

Maria do Rosário é aquela mulher que pregou a lei das palmadas para destruir ainda mais o já conturbado e sagrado circulo familiar.

Maria do Rosário é aquela pessoa que apontou o dedo em riste para a figura paterna sempre que pode, tudo para fins políticos.

Maria do Rosário está se vitimizando porque a sua filha postou fotos em suas próprias mídias sociais e as pessoas se chocaram com o fato da menina visivelmente estar abandonada. A menina tem a sua dose de responsabilidade e talvez seja até uma patricinha. Mas é visível a falta que amor e uma família fazem para esta moça. Bom lembrarmos que de Norte a Sul existem jovens da mesma idade que tem que trabalhar, parar de estudar e muitas vezes ajudar os pais a manterem as suas famílias.

Do jeito que a menina se comporta fica a dica para os relativistas morais: ISSO NUNCA VAI SER NORMAL. Esta menina necessita de ajuda.

Infelizmente a Maria do Rosário está fazendo política e atacando as pessoas ao invés de se olhar no espelho, renunciar e ir cuidar da própria filha. Culpa o vento, o céu, a lua para fugir da responsabilidade e mostrar o povo o que ela é: uma mãe ausente e incapaz. Deveria se preocupar com a filha que infelizmente se encontra em um estado nada saudável. Seria este ataque da deputada um ato para fugir do remorso que sente?

As perguntas que não querem calar são:

Cade os arautos do estatuto da criança e do adolescente? Quando o estado vai tirar a guarda da deputada? Quando ela vai renunciar o mandato para cuidar da menina? Quando ela vai admitir que ela parece ser uma mãe ausente e incapaz e pedir desculpas a filha? Dar amor quem sabe?

Ficar papagaiando e gritando fascistas (que quer mais Estado, coisa de esquerdista que é um zumbi do Estado) pra lá e pra cá é algo para tirar o foco do fato. Nosso grupo de mulheres somos vacinadas contra este tipo de mentira.

Maria do Rosário passou a VIDA inteira falando da família dos outros.  Xingou todo o mundo. Agora provavelmente o destino vai cobrar dela.

Aos conservadores e liberais que ficam com pena da Maria do Rosário fica um alerta sobre como a esquerda age: Alguns textos de direitistas condenam falar sobre este fato que DEVE SER FALADO SIM. Uma pessoa que é paga com nossos impostos e julga todo mundo dando aula de moral mas tem isso em casa passa longe de dar exemplos. Uma pessoa publica como esta deputada que defende valores invertidos deve ser desmascarada. Ela quer nos ditar como cuidar dos nosso filhos mas é incapaz de fazer o trabalho de casa.

Iremos lembrar: Esquerdista nenhum pediu desculpas pelo bullying pesado que fizeram com o filho autista do Donald Trump. O PSDB é um partido esquerdista frouxo mas a família de Aécio foi severamente atacada pela esquerda PT, PSOL e similares esquerdistas mais radicais. Nenhum pediu desculpa. O líder da Coréia do Norte mandou matar o próprio irmão envenenado. Ninguém pediu desculpas.

A esquerda desconhece o significado de amor e valores. Família é algo inexistente para este povo.

  A única coisa que eu esperamos é que agora alguém ajude a menina que está em apuros. A deputada feminista Maria do Rosário em por dever moral renunciar pra cuidar da filha que infelizmente parece estar a mercê da própria sorte. Ou alguém tem que agir e tirar a menina da guarda da deputada. Adolescentes podem ser rebeldes mas as coisas passaram dos limites como sugerem as fotos da menina.

Toda força a ela. (Bom lembrarmos mais uma vez que de Norte a Sul existem jovens da mesma idade que tem que trabalhar, parar de estudar e muitas vezes ajudar os pais a manterem as suas famílias)

Porquices feministas do Catraca Livre: Feminista ensina yoga sem absorvente higiênico para “quebrar tabu”.

Padrão

c40owd1waae1-ct-jpg-large

O site Catraca Livre (um lixo livre na verdade) recebe subsídios do George Soros, um dos maiores globalistas do planeta que também apoia feministas. O Senhor Soros definitivamente passa longe de ser uma boa pessoa e tem uma agenda bem maligna.

Nesta de fazer propaganda feminista, o Catraca Livre apoiou uma feminista que ensina yoga sem  absorvente higiênico para “quebrar tabu”. Esta idéia de louvar a menstruação como algo sagrado é popular entre feministas desde a segunda onda. Umas pregam que as mulheres saboreiem o sangue menstrual.

Sim. NOJENTO.

Decididamente… isso é doença mental! Só camisa de força! Que coisa de péssimo gosto. Isso é realmente a falta de argumentos em junção com a falta de higiene.

Pedimos as leitores e leitores para descurtir o Catraca Livre e a ajudar a desmascarar tal page. Com postagens que defendem os maiores absurdos escondido com frases bonitas o Catraca Livre apoia regimes ditatoriais como a Venezuela entra outras tantas coisas.

Para saber de outras nojeiras feministas….leia aqui.

Feministas africanistas destilam raiva e rancor contra menina que sofre com o câncer. Motivo? A mentira da apropriação cultural.

Padrão

16729406_1358786177526686_5847656718558213281_n

Informe-se e avance na luta contra o feminismo. Garanta este excelente livro que junto com o Outro lado do feminismo vai ampliar os seus horizontes sobre o maligno movimento feminista.

Agora o nosso post….

Uma pessoa que sofre com o câncer enfrenta uma grande batalha. Muitas vezes até políticos pegam leve nestas horas ao falar com adversários. Mas as feministas e SJWs passam longe de serem normais e mostrar empatia.

16708633_1358786247526679_2462440615612807538_n

Na verdade, tais grupos se mostram de uma crueldade sem procedentes ao atacar quem nem conhecem.

16473578_1358786280860009_4115155360473558510_n

Mas o que esperar de grupos esquerdistas que defendem regimes ditatoriais e matam milhares por um mundo melhor?  Os atos se diferem mas a fonte é sempre a mesma: a esquerda dividindo para causar e conquistar. E atacam até pessoas doentes para atingir tal objetivo.

16649277_1358786204193350_1818129590981021261_n

Thauane Cordeiro é uma mulher que luta contra o câncer. Faz tratamento e perdeu os cabelos por isso. Como muitas pessoas que passam por isso fazem, cobriu a cabeça com algo. Um simples turbante. A moça foi atacada e hostilizada por feministas africanistas porque, segundo elas, Thauane é branca e esta usando indevidamente o turbante, que é um objeto de origem africana.

16754808_1338598066161362_1635030307_n

A última moda entre frescurentos de Facebook, que aprendem revolução em faculdades de extrema-humanas, é acusar brancos de praticar apropriação cultural quando estes utilizam algo da cultura negra.

Para esta turma de infelizes é  apropriação cultural usar dreadlocks no cabelo ou turbante na cabeça. E seria apropriação cultural ouvir rap. Comer acarajé e jogar capoeira? Apropriação cultural. Outras formas de apropriação cultural não costumam ser elencadas no balaio e não viram ensejo para chiliques porque alguns negros dependem delas, como comprar artesanato com cores da bandeira da Jamaica em feiras hippie.

Ao mesmo tempo estas pessoas dizem o bom mesmo é o multiculturalismo e cada pessoa usa o que quer. Notaram mais uma vez a incoerência da esquerda.

A estupidez é tão estúpida que ultrapassa as raias de qualquer ridículo anteriormente proposto por comunistas e progressistas. Eles sempre falam de amor e paz mas pregam o inverso. Mas neste caso mostram a frieza e crueldade ao atacar uma menina que sofre de uma doença terrível. E atacam por um motivo banal.

Mas é claro que a apropriação cultural somente funciona se for do jeito que estes justiceiros sociais querem. Negros africanistas, falando português ou inglês (línguas européias), postam no Facebook (inventado por um judeu, parte de um povo outrora perseguido e escravizado por africanos no Egito), usando notebooks (inventados por brancos) que estão ofendidos porque algum branco fez dreadlocks ou usa turbante. Estes mesmos negros comem pizza, sushi, fazem jiu jitsu e usam ternos e gravatas entre outra coisas sem querer serem julgados pois o “mundo deve a eles”.

Beyoncé, a musa feminista que tem orgulho de ser negra, alisa o cabelo e pinta de louro. Querem falar de apropriação cultural? Queimem seus sapatos Loubotin, Prada e até as Havaianas. Os negros andavam descalços e enrolados em trapos. Considera-se africano? Qual é a sua tribo? Fala algum idioma africano? O ônibus, avião e carros não foram inventados na África. Ande a pé.

Uma destas africanistas que é sempre desmascarada pelo (recomendamos curtir) Negros contra o movimento negro – 2 é uma feminista que ofende homens negros que se relacionam com brancos. Ela prega isso em nome do orgulho da raça . Isto é racismo escancarado. Mas ela vai longe. Ela faz isso e se relaciona com um russo que é branco como a neve.

Imaginem a treta que seria se ficarmos nesta de brigar por pureza de raça (algo nacional socialista, nazista)  em um lugar como o Brasil aonde o povo é mestiço?

Em resumo: A partir do momento que alguém comprou algo com o seu dinheiro, esta pessoa tem o direito de usar como e quando quiser. Estas sociopatas deveriam mostrar empatia com pessoas que sofrem com câncer. As pessoas tem que se unir para doar e fazer pesquisas para combater esta doença que nos tira pessoas queridas.