Feministas suecas afirmam que preferem ser estupradas do que serem salvas por um homem

Padrão

feministsWomenRatherRaped-1024x535

Ultimamente, a Europa tem sido uma festa aonde o estupro é liberado para os migrantes (imigração é algo bom, mas a imigração descontrolada é um pesadelo). Incentivados pelo governo, os homens locais têm sido enviados para proteger as mulheres dos estupros em alguns lugares. A maioria das mulheres se sentiria aliviada ao saber que pelo menos alguém está oferecendo ajuda em casos de estupro. Em uma situação de vida ou de violação, as pessoas normalmente tomam qualquer ajuda que possam obter. Mas não as feministas. 

Feministas suecas criaram a hashtag #inteerkvinna (traduzido como #naosousuamulher), onde vomitaram  ódio contra o “racismo, o fascismo, os homens brancos, machismo” e muitas outras coisas que podem ser vagamente ligados aos eventos com alguma dissonância cognitiva. Em suma, eles fizeram um acesso de raiva coletiva na mídia social sobre o fato de que os homens brancos europeus estão lutando contra estupro de mulheres por refugiados. (Ou seja, as mulheres serão protegidas por homens).

Sim. As feministas estão com raiva novamente. Não porque as mulheres estão sendo agredidas sexualmente, não porque as mulheres não podem legalmente defender-se, não porque os seus governos negam a conexão entre disparada números de estupro e migrantes (mais artigos aqui ). E elas estão indignadas porque os homens querem protegê-las destes estupros (???).

Se essas feminazi realmente se preocupam com o bem-estar das mulheres, por que não há nenhum grupo de vigilantes feministas para proteger ativamente candidatas a vítimas de estupro? Elas poderiam armar-se com dildos. Eles parecem ter uma abundância desses, é o que eles atiram em pessoas que não gostam delas. Hashtags não irão fazer muita coisa para parar ogros islâmicos que querem estuprar mulheres.

Para finalizar, as feministas suecas dizem que preferem deixarem-se ser estupradas por estupradores do que salvas por um homem branco, europeu.

Mulheres contra o feminismo do Reino Unido: Uma mulher que diz que ela prefere ser estuprada do que salva provavelmente NUNCA foi estuprada.  Temos certeza de que as mulheres que foram violadas teriam amado ter alguém para protegê-las. Estes SJW  e feministas são nada, mas umas ativistas de poltrona. Sempre colocam um alvo fácil (homens brancos heterossexuais), porque eles não sabem nada vai acontecer com eles como bucha. Feministas nunca irão defender os direitos das mulheres na Europa, porque isso significa que elas teriam que assumir uma pequena quantidade de perigo pessoal.

O feminismo é uma doença mental. Acorde

Traduçao parcial do blog Mulheres contra o feminismo do Reino Unido

Mulheres contra o feminismo: feministas podem vender a propaganda que forem com definições de dicionários, mimimis mas sempre vamos olhar os fatos. FATOS. Postamos sempre aqui posts sobre as loucuras feministas (por favor, divulguem isso para amigas e amigos) mas as feministas se superam a cada dia. Somente pessoas sem cérebro ou inocentes ainda acreditam no feminismo. Quem estuda sobre feminismo, nunca vai ser feminista.

»

  1. Feministas reclamam que homens (todos, não especificam que são só alguns) estupram, homens querem proteger mulheres de serem estupradas, feministas reclamam que preferem ser estupradas a serem salvas por esses homens.

    Feminismo é um movimento de ódio, pode ter certeza. Inclusive contra mulheres.

  2. Até onde vai uma doença? Esse feminismo só pode ser uma doença. Essas mulheres tem que ser loucas para falar essa asneira de preferir ser estuprada a ser salva por um homem. Do jeito que vai a coisa, quando um homem ver uma mulher sendo estuprada, é ele primeiro perguntar: Você é feminista? Caso ela se declare feminista, o homem deve passar, pois caso esse homem a salve ela poderá querer processar a ele. Se ela se declarar não feminista, aí pode salvá-la. Onde nós chegamos…

  3. O problema maior não é o feminismo em si. O problemas são as lésbicas radicais que odeiam os homens. Infelizmente as lésbicas são maioria absoluta entre as feministas radicais.

  4. Os feminismos são deturpações das damices (damismos) e das feminilidades, da mesma forma que os machismos são deturpações das cavalheirices (cavalheirismos) e das masculinidades. Eles são ideologias antibíblicas, inconstitucionais e malignas. Segundo os dicionários dizem, “CAVALHEIRICE” ou “CAVALHEIRISMO” significam “educações, gentilezas ou nobrezas masculinas” e “DAMICE” ou “DAMISMO” significam “educações, gentilezas ou nobrezas femininas”. Então, lutemos por nossos direitos constitucionais, pois sem eles sequer não seremos ninguéns perante os Estados.

  5. Acho que vocês não podem combater o ódio com ódio, isto é, combater o ódio das feministas radicaias, que não representam as reivindicações das genuínas feministas, pregando ódio a todas as feministas, inclusive aquelas que lutaram para que as mulheres conquistassem tantos direitos que antes não tinham.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s