Quando feministas apoiam o incesto (relação sexual ou marital entre parentes próximos)

Padrão

feministas apoiam incestoIncesto: Relação sexual ou marital entre parentes próximos. Ou seja, relação sexual entre pais e filhos, irmãos, etc.

Para qualquer pessoa que pense um pouco isto seria proibido por n motivos. Mas o que pensam as feministas?

Lembrem-se SEMPRE: pare elas “novos e modernos” modelos familiares devem existir. Desconstruir a sociedade significa atingir o tradicional modelo familiar. Por isso elas apoiam tanto o movimento GLBT e outras formas tidas como modernas. Isso nasce do marxismo que sempre visou destruir o modelo familiar. Para elas um homem e uma mulher mais filhos significam NADA.  Coisa do passado.  Para elas hoje qualquer coisa pode ser chamada de “novo e moderno modelo familiar”:  casamento gay, aberto,  etc e etc.

Inclusive o incesto entrou no programa feminista. Novo modelo de relacionamento segundo as feministas: sexo com parentes próximos.

Ao pesquisarmos uma page feminista muito popular  e que atinge adolescentes, notamos que  uma feminista chamada Verinha Dias que diz ser ” bióloga, amante de felinos, casada, gorda bem comida, gayzista, feminazy da esquerda revolucionária, Marxista, Leninista,Trostskista e Morenista . Profundamente convencida de que ser radical é ir as raizes do problema” anda pregando o incesto como uma coisa moderna. Ela faz uma publidade postitiva do filme brasileiro (feito por intelectuais marxistas culturais) chamado Do Começo ao Fim aonde dois irmãos iniciam um incesto homossexual. Detalhe: Observem o forte cunho marxisa da sociopata nas suas palavras (gayzista, feminazy da esquerda revolucionária, Marxista, Leninista,Trostskista e Morenista ).

feministas apoiam incesto

A feminista acaba por fazer uma propaganda positiva do filme como…”momento toda ternura, afeto, amor e sexualidade desabrocham, sem censura e sem pudores moralistas ambos iniciam uma forte história de amor que supera moralismo e convenções……

Paz e amor e hippie total baseadas no mundo melhor marxista cultural.

feministas apoiam incesto marxismo cultural

Isto NUNCA foi novidade. A feminista  Shulamith Firestone afirma: “O tabu do incesto hoje é necessário somente para preservar a família; então, se nós nos desfizermos da família, iremos de fato desfazer-nos das repressões que moldam a sexualidade em formas específicas” (trecho retirado do livro A Dialética do Sexo)

Por isso feministas querem tanto legalizar outros absurdos que elas pregam “como moderno”. Se estes novos conceitos forem introduzidos na legislação, estará comprometido todo o edifício social e legal que tinha seu sustento sobre a instituição da família. Os princípios legais para a construção de uma nova nova sociedade, baseada na total permissividade sexual, terão sido lançados. A instituição familiar passará a ser vista como uma categoria “opressora” diante dos gêneros novos e inventados, como a homossexualidade, bissexualidade, transexualidade e outros. Para que estes novos gêneros sejam protegidos contra a discriminação da instituição familiar, kits gays, bissexuais, transexuais e outros poderão tornar-se obrigatórios nas escolas. Já existe inclusive um projeto de lei que pretende inserir nas metas da Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional a expressão “igualdade de gênero”.

Basta pensar: pessoas doentes que praticam incesto cavam o fim da sua prole. Estudem biologia, a matéria inimiga das feministas. O mesmo vale para os casais homossexuais (nenhum casal homossexual gera filhos). Mas isto é outro assunto….

Perguntas: O que o feminismo quer com isso? O que se esconde por debaixo do feminismo que quer destruir o modelo familiar tradicional  e usa de muita engenharia social e propaganda para atingir as mulheres principalmente? Que mundo melhor seria este que tanto prometem? Porque adoram fugir da realidade e criar teoria loucas?

Resposta na imagem abaixo na pessoa que as feministas como a Verinha Dias , gayzista, feminazy da esquerda revolucionária, Marxista, Leninista,Trostskista e Morenista se baseiam para militar como ela mesmo afirmou (fonte da imagem Blog Garotas Direitas):

»

    • O feminismo moderno herdou os objetivos do feminismo antigo. A fonte sempre foi a mesma baseada no discurso marxista.

      Feministas gurus como a Simone de Beauvoir era marxista. O seu amante Sarter que traia ela quando ele traia ele em um relacionamento “aberto” idem. Ela era adepta da nudez por nada assim como a marcha das vadias, Femen, etc. A feminista da frase acima que prega destruir o modelo familiar fez isso nos anos 60 e 70. Pouco importa quando foi, os objetivos sempre foram os mesmos. Erin Pizzey, mulher, trabalhadora social e ex-feminista retrata nos seus livros o que passou com o movimento feminista e os objetivos deste ainda nos anos 60.

      Em resumo, o feminismo vive de propagandas bonitas para se vender. Mas quem estudou sobre tal movimente sabe com o que ele simpatiza e como suas militantes pregam absurdos baseados no mais puro marxismo cultural.

  1. Eu vi o filme e achei lindo,se são irmãos n importa.se é consentido de ambas as partes ninguem tem nada com isso.
    E oq que vcs querem dizer ai que nós inventamos o homossexualismo? Burrice tem limite,eles sempre existiram gostem vcs ou n homofobicos!

    • “Gostem vocês ou não homofóbicos” mimimimimimimimimimimimi²³ nossa… O problema é que existem coisas boas e coisas ruins, e a única forma de saber a diferença entre uma e outra é vasculhar na história para descobrir suas influências na sociedade, assim como suas consequências diretas e indiretas.

      Mas o incesto é uma coisa tão obviamente errada que nem precisa de nada disso, só da lembrança de algo que todo mundo sabe desde séculos: o incesto, amiga, quando hétero, gera crianças doentes, semimortas, cheias de defeitos físicos e psicológicos. Quando gay, coloca o sexo e a aparência acima de valores como a fraternidade. Venha me falar que a “fraternidade” não existe, que é invenção e que não presta, que eu te esfrego na cara o equivalente ridículo que as feministas inventaram, chamado “sororidade” [o Word, assim como eu, identifica como palavra inexistente].

      Nem tudo o que dá prazer é bom. inclusive, pouco do que dá prazer é bom. Drogas, ter 100% de liberdade o tempo todo, fazer o que quiser, transar com quem quiser, enfiar coisas no ânus e por aí vai. A diferença entre nós e os animais é que conseguimos segurar nossos instintos para viver melhor e manter nossa sociedade no nível mais alto possível,

      Não somos animais nem escravos dos nossos instintos. temos prioridades, goste você ou não, retardada!

      • Concordo, o incesto esta ÓBVIO que é errado. Qualquer ser-humano que ama o seu próprio filho que saiu de seu ventre sabe que é errado.

      • Obrigada Paula ^-^ Eu nem tenho filhos, só um cérebro mais ao menos funcional mesmo xD

    • Ah, nossa o “amor” é lindo né, Melina… Se para você é NORMAL o INCESTO, como por exemplo o teu pai te comer e sentir tesão pela própria FILHA, sangue do seu sangue, do qual você saiu do sêmen dele, provavelmente você é uma pessoa doente mental… Você não tem diferença NENHUMA com pessoas que praticam a pedofilia e a zoofilia.
      Daqui a pouco, vai sair um filme de uma mulher com 35 anos apaixonada por um menino de 9 anos… Daí a moça o ama tanto que espera ele fazer 15 anos para poderem fazer sexo, pois o amor e paixão que ela sente pela criança é tanta ¬¬ Daí você vai comentar que é lindo o amor de um adulto com a criança e que deveria ser legal no Brasil a pedofilia, pois nós somos todas “preconceituosas” com monstruosidades.
      Incesto para mim é coisa de MONSTRO, assim como a PEDOFILIA e coisa de gente doente mental como a ZOOFILIA, gente que transa com o cachorro da rua.
      Ou será que voce também acha lindo o amor e sexo de uma mulher com o cãozinho Tobby? _|_

    • Milena, seu pai vai dizer que você é uma gostosa e que sente tesão por voce. Ou talvez o teu filho de 10 anos bate uma punheta pensando em você. Que amor lindo né? Liberdade “sexual” _|_ Incesto é “lindo”, se vocês são parentes, não importa, ninguém tem nada ha ver com isso ¬¬

  2. jahahahha, existem mtos reacionários que até exibem um nível educacional técnico considerável, mas nenhuma capacidade de reflexão. Vc não! (n tem nenhum dos dois) ahaahha me perdoe ser meio “ríspido” mas vc, q escreve esse blog, certamente tem bons problemas de interpretação (no texto e na vida).

      • Que comparação medíocre. O que é considerado incesto é algo definido em consenso pelas duas partes, um estupro não, o estupro é a violência de uma das partes sobre a outra em uma relação de poder referente a subjetivação de gênero.
        Sem contar que o incesto é uma construção social e não natural, os laços de consanguinidade que definem como se configura a família depende de sociedade para sociedade, de cultura para a cultura. Se vocês lerem as etnografias do “Irmão da Mãe” do Radcliffe-Brown ou “Os Nuer” do Evans Pritchard vocês vão ver que no tipo de famílias dessas sociedades estudadas as relações de consanguinidade são matrilineares, quem é o “pai” dos filhos desse tipo de família é o irmão da mãe, ou seja, uma mulher tem relação sexual com um homem, engravida, tem a criança mas quem é o pai dela é o irmão de sua mãe e não quem forneceu o espermatozoide que fecundou o óvulo dela, portanto, nessa sociedade o incesto se daria entre o que para nós são os primos e não entre os irmãos. Isso demonstra que o incesto é uma convenção social, construída socialmente no percurso histórico das coletividades, e que tem como finalidade a repressão das liberdades psíquicas dos indivíduos, da sua satisfação de desejos e sublimação das suas pulsões de vida.
        Recomendo lerem “A história da sexualidade” do Foucault, “O irmão da mãe” do Radcliffe-Brown, “Os Nuer” do Evans Pritchard, “Três ensaios sobre a sexualidade”, “Os dois princípios fundamentais do aparelho psíquico” e “Além do princípio de prazer” do Freud.

    • Tem que respeitar???
      Sério,vai lavar a boca vai
      Quer dizer que porque acontecem assassinatos eu tenho que respeitar também?
      Quer dizer que porque acontecem estupros eu tenho que respeitar também?
      Tenho que respeitar a pedofilia também?
      Esse mundo está virando esse lixo por conta desse pensamento esdrúxulo de pessoas como você,coloca na tua mente uma coisa:ninguém é obrigado a respeitar o que é errado,na verdade,o certo é não respeitar uma coisa dessas.E ninguém me ensinou ou doutrinou sobre o incesto ser errado não,só se trata de ter um pouco de ética intrínseca para discernir sobre um absurdo desses…

      • vcs são uns bacacas mesmo,melina está certa,incesto ao contrario do que vc falou “assassinatos,pedofilia,estupros’ n afetam ninguém, se for de comum acordo n há crime babaca,só te resta engolir seu preconceito de merda e ficar quietinho..
        arranje um cerebro ;

      • ninguém te doutrinou sobre o incesto,sério cara?! kkkkk o pessoal desse blog é muito tapado mesmo, a biblia doutrinou vc e todo mundo,mesmo quem n é religioso é contra incesto porque é considerado pecado e errado pela religião e o mesmo serve para o homossexualismo.
        a religião é o mal do mundo ,só espalha ódio e preconceito,a verdade é o seguinte se tem alguém praticando incesto ,vc n pode fazer poha nenhuma,simplesmente pq n é da sua conta e está bem distante de ser estupro( a n ser que alguém esteja sendo forçado,n é estupro),assassinato,como vc porcamente tentou comparar.

    • A pessoa so pode defender algo tao imundo como incesto por dois motivos:ou e muito burra ou quer subverter a mente dos outros. Dito isso eu deixo meu sincero va se foder e tambem o fato de que a biologia ta ai pra mostrar o que acontece depois do incesto

  3. @Vanessa,tu és uma idiota mesmo em
    Nunca li a Bíblia e sequer tenho vontade de fazê-lo,e muito do que você escreveu eu sinceramente não consegui entender,escreve direito poxa!Não falei que incesto é estupro e nem assassinato,mas sim uma coisa amoral assim como esses,e se fere a moral e ética em uma coletividade é sim da minha conta.
    E sinceramente,por você ser rebeldezinha à religião você se acha esperta e quem não é,seria tapado?E nós do site é que somos doutrinados???Não sei se a religião espalha o ódio,mas que pessoas como a senhora espalham a estupidez,a idiotice,a babaquice e a burrice isso sim.
    @Joyce,acho que se tem alguém a precisar arranjar um cérebro essa pessoa é você.Se não me afeta devo ficar calado então?Milhares de pessoas morrem por dia e isso não me afeta diretamente assim como ocorrem estupros afora e ocorre o mesmo.E a pedofilia pode ser de comum acordo também,você é favor dela desse modo?Você só veio falar besteira com raivinha aqui,se não for para discutir de fato,abstenha-se.

  4. as feministas querem a todo custo calar a opinião alheia,todo mundo tem que abaixar a cabeça e concordar com todas as asneiras que elas falam.
    se eu souber de alguem praticando incesto não posso fazer nada mas isso n significa que tenho que achar isso normal e certo e nem que eu n posso dar minha opinião.

    queria saber se vcs vão falar do papelão que as feministas aprontaram ficando semi nuas na praia do rj?

  5. Selena eu nao sou feminista mas acho que o topless devia ser permitido no Brasil. Em países como franca, Espanha o top less é permitido é nao é nem um pouco um atentado ao pudor. Eles o fazem porque acham mais confortável e realmente é pois qd morava lá eu tb fazia.
    É muito mais confortável nao ter a parte de cima do biquíni que fica grudando e fria depois de vc ir pro mar.
    Lá senhoras de ate 80 anos faziam algumas iam de maio e abaixavam para tomar sol nos peitos. Ninguém via como algo sexual e sim natural.
    O que falta no Brasil é isso menos sexualizacao.

    • “É muito mais confortável nao ter a parte de cima do biquíni que fica grudando e fria”.Nossa que coisa estúpida kkkkkkkkk.Então ,pela lógica,tira a parte de baixo também..Ela também fica grudada e fria ,e depois arreganha as pernas para esquertar o fogareiro entre as suas pernas.Há Lia ,vai ver se eu estou na esquina o esquizofrênica.

  6. Eles consideravam o “biquíni brasileiro” a “tanga brasileira” (fio dental) muito mais “safado” por assim dizer que ir so com a parte de baixo do biquíni que lá é muito mais confortável, um calção mesmo.

  7. Nao fale merda Selena, apesar que já existem praias nudistas, a parte de baixo do biquíni, assim como o calção tb protegem e nao estao em contato direto com o peito.
    Repito acho muito mais “safado” o biquninho brasileiro (fio dental, asa delta, tanga, o sutiazinho minúsculo) que os biquínis europeus (parte de cima opcional e calcinha normal em baixo)

  8. Na Europa ninguém te obriga a tirar a parte de cima, vc tira se quiser. Agora vai lá e fala praquelas senhoras de 60 anos que estão recebendo um solzinho nos peitos que elas são umas safadas. A sua imagem de sexualidade e corpo é muito brasileiro: tudo é sexo, lá nao é assim. Ninguém fica de pinto duro nas praias porque todo mundo ta so com a parte de baixo (todo mundo: homens e mulheres) lá vc perde todos os complexos, tem peitos grandes, pequenos, murchos…
    Aqui no Brasil parece que se tiver topless é so pra mulher modelo. Aí está o erro.

  9. Mas tudo é uma questão de cultura. Aqui vc pode considerar “safado” e uma pouca vergonha o topless. Lá na Europa eles consideravam “safado” o biquininho brasileiro (tanga nao era nem fio dental) alias tanga é chamada “calcinha brasileira”. Quer deixar os caras de Pinto duro na praia vai de biquíni comprado no Brasil…….

    Te garanto que os cuecoes femininos onde vc compra a parte de cima opcionalmente sao muito mais comportados que QUALQUER biquíni brasileiro.

  10. você falou merda,que mania que feminista tem de dizer o que os outros devem pensar,os europeus são contraditórios, eles acham que ficar quase pelada n tem nada demais,mas um biquini enfiado na bunda é safadeza.( eu concordo e sempre procuro o maior que tiver,detesto fio dental)

    como também é contraditório proibirem topless mas ao mesmo tempo as mulheres ficando nuas no carnaval(deviam proibir isso,só é mais exploração do corpo feminino)

    enfim ,cada um pensa o que quiser,se vc acha legal problema seu,se eu n acho o problema é meu,mas essa desculpa n cola “o biquini fica molhado secando no corpo”

  11. Pois é esse blog é idêntico ao da lola, se vc discorda de alguma coisa já caem em cima de vc.
    Eu percebo que no Brasil é uma dicotomia: ou vc é feminista que acha que todo homem é estuprador e eles nem precisam existir.
    Ou vc é Amélia que acha que tem que servir ao homem, todas as mulheres nasceram para casar e ter filhos…..

    Patético ambos os casos

  12. A diferença, Selena – e vou tentar te explicar por ultima vez – é que no Brasil vc faz topless vai presa,me se nao usa um biquíni enviado no rabo é considerada uma baranga.
    Na Europa ninguém te obriga a fazer topless faz quem quer,
    Ninguém esta te obrigando, porque vc quer proibir outras mulheres de o fazerem se elas acham mais gostoso, se fica mais a vontade? Também quer policiar a quantidade de mulheres que NAO usa sutiã em casa? Vem me prender entao querida.
    Vc ta com medo de que na praia vc vai ficar comparando com outros peitos? Não, meu amor, a maioria das mulheres nao tem peitao sarado. No dia que isso for normal qq uma caídos ou nao poderá fazer-lo, ok

    • Tem razão. Na Lola se ela não concorda o seu comentário não aparece.
      Peço desculpas se te pareci agressiva. Vc tem razão em ter a sua opinião de achar topless uma pouca vergonha embora eu não compartilhe dessa visão.
      Cada povo tem as suas ideias de pouca vergonha: na Índia são os decotes embora as barrigas estão a mostras. Na Europa oriental segundo minha avô contava os decotes enormes eram normais a pouca vergonha estava em usar cabelos soltos. Na Europa a pouca vergonha é o biquini brasileiro. No Brasil é o topless….

      • deixa para lá e eu n acho legal topless mas n significa que acho q a mulher deva ir presa por isso.

  13. “Pois é esse blog é idêntico ao da lola, se vc discorda de alguma coisa já caem em cima de vc.”

    Se fosse verdade seu comentário já teria desaparecido daqui ou nem teria sido permitido,você começou sua resposta a Selena já atacando ,dizendo que ela estava falando merda,o respeito passou longe,seu comentário é bem típico de seguidoras da lola que ficam histéricas quando alguém ousa discordar de vocês.
    Realmente vocês querem tirar o direito dos outros a opinião própria,se você acha um máximo ficar se exibindo com os seios de fora é um direito seu mas o mesmo direito eu e outras pessoas temos de não gostar disso.
    E ao contrário do que você disse,não é porque eu não concordo com isso que acho que as mulheres devam ir presas.

    Mas com vocês é sempre assim “discordou de mim então deve ser machista,quer que mulheres se fodam,vão presas,deve se homofóbico também..” isso sim é patético.

    • Pois é..se incesto é uma “questão de opinião”,quer dizer que poderiam fazer com elas? Essas vadias nem ao menos param para pensar que estas bostas criminosas que elas defendem podem voltar contra elas mesmas?? tudo é muito”lindo” quando é com os outros,certo?e qual é o objetivo dessas vadias( sinto,mas para mim,feminista é vadia,já que fazem passeatas para serem chamadas como tal)? acabar com as leis e com a ordem? fazer o que querem? então,porque reclamam quando os homens fazem o que querem?

      • kkkkk burrice tem limite colega, onde esta o crime no incesto se as duas pessoas concordarem com o ato?
        só é crime se for forçado,no caso do filme os dois queriam.
        vai estudar ,tá precisando.
        e qual é o problema de fazer o que quiser?errado é ficar seguindo ordens babacas de qualquer um.

      • Samantha larga mão de ser ridícula, pra tudo TEM LIMITE minha filha, daqui à pouco vai começar a defender bandido também (eles fazem o que querem, não fazem?)

  14. Há sempre o apelo ao famoso e supremo “Relativismo moral”:”Não existe certo e errado. Tudo é relativo”. “Mesmo que você não concorde, não tem o direito de criticar.”
    Nunca compreendi se isso é preguiça de pensar, uma luta contra a lógica ou se é o mal na forma mais pura. O relativismo moral é contra a fil
    ofosofia em si, por se determinar o ponto final do ato de filosofar em que não há concreto ou absoluto para se afirmar a respeito do que quer que seja, “sendo assim, entao não adianta seguir adiante com o discernimento dos fatos.”

    Enfim…O que eu penso? Penso que não criamos tradições por acaso, tradição é um conjunto de condutas que obteve sucesso em fomentar de recursos, agregar e proteger um povo em harmonia. Ao longo do tempo, alguma tradição ou outra pode ou deve sofrer adaptação, quando a evolução do pensamento perceber benefícios sociais para justificá-la. Mas destruir sem premisas as tradições que nos agregam há tanto tempo, pode-se criar uma sociedade onde não conseguimos nos proteger de nós mesmos.

    Apoiar o incesto só porque é um ato revolucionário? A troco de quê será essa revolução?

    • Mesmo que você não concorde, não tem o direito de criticar.ESTE CONJUNTO DE PALAVRAS EXPRESSA UMA NÃO CONCORDÂNCIA. Existem muitos ‘ intelectuais” assim. Parece que, por alguma limitação psíquica, acreditam mesmo que ninguém tem o direito( são excludentes e exclusivistas, ” donos da verdade”, dogmáticos, fanáticos, rígidos)de criticar ou condenar o que eles, do alto de suas ” infalibilidades” PONTIFICAM que é verdadeiro. Aplaudir o homossexualismo pode.Aplaudir o ” casamento aberto” pode.Propor a eliminação de seres humanos do sexo masculino pode( existe um grupo feminista atuante que propõe exatamente isto: a abolição dos machos! ).Aplaudir comer fezes, pode não. Aplaudir achar inestético e doentio uma mulher masturbando outra, pode não. Arrogantemente, estas pessoas medíocres e ignorantes, fanáticas, rígidas, fundamentalistas, incitadoras ao ódio, ” donas da verdade”, sequer percebem o quanto são confusas, contraditórias, rasteiras,medíocres intelectual e emocionalmente. É interessante o uso que fazem de certas palavras, como se soubessem o ” real significado” delas( o real significado é aquele que o deus particular delas lhes ” revelou” que é ): amor, exclusão, consentimento, livre decisão, liberdade, ” injunções sociais”, revolução. Estas palavras são marcadores: isto TEM que ser aplaudido e seguido; isto TEM que ser condenado, ocultado, destruído, banido, porque é maaaaau. A aparentemente ilogicidade é uma ilusão. De fato, o que é aplaudido e incentivado é tudo aquilo que aumenta o poder financeiro, político, midiático e bélico dos meta capitalistas imperialistas, e o que é desqualificado, condenado, proibido, ridicularizado é tudo aquilo que pode aumentar a resistência popular ao domínio espoliativo imperialista, coisas ” boas”, como o reconhecimento que tudo na natureza é ORGÂNICO, isto é, implica numa ORGANIZAÇÃO SISTÊMICA ANISOMORFA/ANISODRÔMICA, que permita a auto regulagem e a auto reprodução ( vida é um conjunto de retroalimentações harmonicamente coordenadas, que permite a auto regulagem do sistema biológico e a produção de cópias específicas deles, coisa que os mais antigos já intuíam, através dos conceitos de alimentação adequada, auto defesa, ataque aos predadores quando viável, reprodução sexual[ ou mesmo assexual, como nas amebas, por exemplo], solidariedade, auto proteção e proteção/expansão da espécie,etc).

  15. E esse vinicius babaca recondando ler michel fucolt, sera q ele sabe q seu idolo pseudo intelectual assinou um abaixo assinado para pedir a descriminilazão da pedofilia junto com a simoninha e o satre e outras “personalidades” – “ha mas vcs tem q respeitar mimimi” vcs tinham q morrer numa camara de gás na minha opiniao

  16. incesto é proibido por lei e perigoso se as pessoas tiverem filhos eles podem nascer com problemas (sim, isso é biologia) e a qnt andar pelada na praia q coisa mais ridicula, tem praia de nudismo pra isso, existem crianças lá, será q feministas pensam? E eu acho q ñ é em todas as praias da europa q se pode fazer isso.

  17. Pingback: A jornalista Costanza Miriano e a mulher submissa: Ser ou não ser, eis a questão | Mulheres contra o feminismo

  18. Vou rebater todos os pensadores e filósofos “Frufru” dos esnobes citando Mamonas Assassinas…
    …”Os animal, têm uns bicho interessante, por exemplo os cachorro que comem a própria mãe, sua irmã e suas tias”… Kkkkkkkkkkkkkkk
    Essa “gorda bem comida” se esqueceu de colocar “sem noçãozista” em sua definição!!!
    PS: Peito de fora só se não estivermos caídos, senão CADEIA NELES!!! Pra quem pensou em fazer mimimi, foi só uma piada…

  19. O que mais me surpreende é que realmente tem pessoas com distúrbios mentais que apareceram para defender tais ideias.
    ” Não existe certo e errado ” Parem de ser patéticos! O que é certo vai continuar sendo certo, mesmo que ninguém mais o esteja fazendo. Impressionante a massa de manobra que essas pessoas se tornam.

  20. Eu fiquei chocada com a historia do incesto. Olha eu busco muito blogs de feministas até mesmo pra poder entender o que é essa causa delas, porém infelizmente quanto mas eu busco informação mas aterrorizada eu fico.

  21. Pingback: A Terrível Convergência – Quando o liberalismo e o comunismo se encontraram | Non Alligabis Os Bovis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s