Arquivo da tag: Thalita Carvalho

O que as líderes feministas pensam sobre sexo, mulheres, casamento e sobre os homens?

Padrão

Diapositiva1

 

No dicionário da terra da fantasia feministas afirmar lutar por ” igualdade”, “justiça” e todas coisas boas do mundo. Feministas e pessoas inocentes/ignorantes no assunto vivem tirando a definição de feminismo do Google ou dicionário como bons justiceiros sociais que são.

Mas o que dicionário diz na teoria é muito distante de como as feministas (ou feminazi) agem na realidade.

Aqui podemos notar duas grandes características do movimento feminista que se originam da ideologia política mãe, o esquerdismo:

  1. Feministas mentem monopolizar a virtude como todo movimento esquerdista e mentem lutar por coisas bonitas, paz-amor, quando na verdade sempre trazem morte (aborto), discórdia (afetam relacionamentos), inveja (quero fazer o que um homem faz), censura (ouse dizer ser uma mulher contra o feminismo para uma feminista) e injustiças (acusar pessoas injustamente de estupros), entre outras coisas. Isto é uma constante no feminismo e outros movimentos e governos esquerdistas.
  2. Uso da teoria guerra entre classes (opressor x oprimido agora usando homem x mulher), utopia coletivista (igualdade total), mentiras (divida histórica), apelos coletivistas (mulheres, uni-vos) e muitas outras armadilhas para dividir e conquistar.

Infelizmente, mulheres desavisadas /mal intencionadas, homens bananas e ignorantes que acham mulheres acima da lei e tentam ser o “cavaleiro branco” apoiam o feminismo, um movimento na verdade criminoso, doentio, perverso e que vai usar qualquer coisa para destruir a sociedade e a base familiar.

Repetimos, o que dicionário diz na teoria sobre feminismo é somente propaganda muito distante de como as feministas (ou feminazi) agem na realidade. Infelizmente, esta ideologia assassina e diabólica que é o feminismo vem sendo ensinada em escolas e universidades aonde jovens e crianças possuem o cérebros lavados por uma propaganda mentirosa. Isto muito se assemelha com o que aconteceu com as crianças alemãs durante o regime nacionalista socialista (nazismo) e comunismo. Ou seja, o termo feminazi para uma feminista é perfeito. Além disso, todos estes regimes defendem mais estado, mais coletivo (como o feminismo faz) e menos indivíduo e auto- responsabilidade.

Portanto, vamos a origem do problema. O que pensam as feministas das primeiras ondas? O que pensam as “intelectuais e modernas líderes feministas” sobre o homem, sexo e relacionamentos? Leiam mais nas frases abaixo retiradas de fontes feministas.

Antes devemos deixar uma dica. Muita feminista/ simpatizante que segue o movimento feminista ou se diz feminista porque acha este movimento algo “moderno e que mente nos representar” anda servindo como massa de manobra barata ( feministas vida de gado). Pois bem, antes de virem no nosso blog ofender e dizer “mas o feminismo não diz isso, não generalizem, toda feminista é diferente de outra”, por favor se informem sobre quem comanda este movimento, sobre os reais objetivos deste e sobre o que pregam suas gurus realmente  que feministas seguem sem pensar pela forte propaganda feminista associada ao coletivismo. Embora as feministas possam ser diferente o que as une é  A MESMA IDEOLOGIA PREGADA POR PESSOAS QUE ESCREVERAM FRASES COMO ESTAS ABAIXO e muita feminista defende isto sem saber, porque acha tudo muito atraente. Logo, antes de virem com frases feitas de igualdade LEIAM sobre o que realmente pensa o movimento feminista nestas frases aqui.

__________________________________________________________________________________

“Heterossexualidade é um costume obstinado na qual as instituições supremacistas masculinas asseguram sua própria perpetuação e controle sobre nós. As mulheres são conservadas, mantidas e contidas através do terror, violência e o spray de sêmen… [lesbianismo é] um meio ideológico, político e filosófico de liberação de todas as mulheres da tirania heterossexual…”

Cheryl Clarke, “Lesbianismo, um ato de resistência,” in This Bridge Called My Back: Writing by Radical Women of Color, ed. Cherrie Moraga (Women of Color Press,1983), pp.128-137
Cheryl Clarke was born in 1947 in Washington, DC. She received a B.A. from Howard University and an M.A., M.S.W., and Ph.D. from Rutgers University. Her books of poetry include Experimental Love (Firebrand Books, 1993), which was nominated for a 1994 Lambda Literary Award; Humid Pitch (1989); Living as a Lesbian (1986); and Narratives: Poems in the Tradition of Black Women (1983). Her poems and essays have appeared in numerous journals and anthologies including The Black Scholar, The Kenyon Review, Belles Lettres, The World in Us: An Anthology of Lesbian and Gay Poetry, and Persistent Desire: A Femme-Butch Reader (1992). She has read her poetry and spoken at venues throughout the United States and served as member of the editorial collective for Conditions magazine. Clarke is the Director of the Office of Diverse Community Affairs and Lesbian-Gay Concerns at Rutgers University. She lives in Jersey City, New Jersey.
________________________________________________
“Quando uma mulher atinge orgasmo com um homem ela está apenas colaborando com o sistema patriarcal, erotizando sua própria opressão…” Sheila Jeffrys, professora feminista lésbica e ativista política
______________________________________________
“Todos os homens são estupradores e é tudo o que eles são. Eles nos estupram com seus olhos, suas leis e seus códigos.” Marilyn French, novelista e feminista americana
_____________________________________
“Sexo é a cruz em que as mulheres são crucificadas… sexo só pode ser adequadamente definido como estupro universal.” Hodee Edwards, ‘Estupro define Sexo’
________________________________________________
“Numa sociedade patriarcal, toda relação sexual heterossexual é estupro porque as mulheres, como um grupo, não são fortes o suficiente para consentir.” Catherine MacKinnon in “Professing Feminism: Cautionary Tales from the Strange World of Women’s Studies, p. 129”
“Compare os relatos de vítimas de estupro com o de relatos de sexo das mulheres. Eles se parecem muito….A maior distinção entre coito (normal) e estupro (anormal) é que o normal acontece tão freqüentemente que alguém não pode fazer os outros enxergarem que há algo de errado nisso.” Catherine MacKinnon, citada no livro de Christina Hoff Sommers, “Hard-Line Feminists Guilty of Ms.-Representation,” Wall Street Journal, November 7, 1991.
____________________________________
“Eu acredito que estupro exista a qualquer hora que a relação sexual ocorra quando este não foi iniciado pela mulher, por sua própria e genuína afeição e desejo”. De Robin Morgan, “Teoria e prática: Pornografia e Estupro” em “Indo muito longe” 1974.
____________________________________________
“Coito heterosexual é a pura, formalizada expressão de desprezo pelo corpo das mulheres” Andrea Dworkin, feminista americana famosa por sua oposição a pornografia.“O fato é que o processo de matar – ambos estupro e assalto doméstico são passos neste processo – é o ato sexual primário dos homens na realidade e/ou na imaginação.” Andrea Dworkin, Letters from a War Zone, p. 22..
________________________________________________
“Casamento como uma instituição desenvolveu-se do estupro como uma prática. Estupro, originalmente definido como abdução, tornou-se casamento por captura. Casamento significava que a tomada seria extendida em tempo […]. Apenas quando a masculinidade estiver morta – e ela perecerá quando a feminilidade devastada não mais a sustentar” Andrea Dworkin“Uma das razões que as mulheres são mantidas em um estado econômica de degradação – porque é assim que estão a maioria das mulheres – é porque isso é a melhor forma de manter as mulheres sexualmente disponíveis.” Andrea Dworkin, “Letters from a War Zone, p. 145.”http://radicalprofeminist.blogspot.com.br/2012/01/andrea-dworkin-quote-on-t-shirt-made-by.html
____________________________________
“A descoberta dos homens que sua genitália poderia servir como arma pra gerar medo deve ser classificada como uma das descobertas mais importantes dos tempos pré-históricos, junto com o uso do fogo e o primeiro rudimentar machado de pedra.” Susan Brownmiller, Against Our Will: Men, Women, and Rape, p. 5.
__________________________________
“Nossa cultura retrata sexo como estupro para que homens e mulheres se tornem mais interessados nisso”. Naomi Wolf, The Beauty Myth, p. 138.
 ___________________________________
“Feministas há muito tempo criticaram casamento como um lugar de opressão, perigo e escravidão pras mulheres” Barbara Findlen, “É o casamento a resposta? Ms Magazine, Maio – Junho, 1995.
___________________________________________
O cuidado das crianças… é infinitamente melhor deixado aos melhores profissionais de ambos os sexos que escolheram isso como vocação… [Isto] iria enfraquecer a estrutura familiar enquanto contribuiria para a liberação das mulheres. “Kate Miller, Sexual Politics 178-179_
________________________________________
“Homens que são acusados injustamente de estupro podem às vezes ganhar com a experiência” Catherine Comins, Universidade Vassar assistente de reitor da Student Life in Time, Junho 3, 1991, p. 52..
________________________________________________________________________
“Todo homem é um estuprador em potencial”. Famosa feminista brasileira.
_________________________________________________________________________
“Não são as pessoas que são responsáveis pelo falhanço do casamento, é a própria instituição que é pervertida desde a origem.” Simone de Beauvoir.
____________________________________________________________________________
Depois de lermos tudo isso, lermos livros destas malucas, vermos os movimentos delas sem sentido e tudo mais, fruto do marxismo cultural e do amor de extremistas cegas que as seguem, nada mais justo que ler o post da Thalita Carvalho e mostrar esta imagem abaixo:
mulheres contra o feminismo