Arquivo da tag: Michele Elliott

O caso de Rachel Sheherazade: Uma aula para feministas sobre a mentira da cultura do estupro.

Padrão

 

 

paulo ghiraldelli marxista apologia ao estupro Rachel

Feministas adoram fazer terrorismo mental. O feminismo é o ato de difundir o sexismo, ódio, injustiças, guerra entre classes e defender criminosas/os (desde que feministas ou simpatizantes) mas chamando isso de “igualdade paz e amor”. Feministas cometem crimes e defendem quem cometa desde que participante ou simpatizante do movimento feminista.

Mas e a tal falada cultura do estupro? Terrorismo mental para assustar, dividir  e conquistar. Um das grandes armas delas é criar a fantasia da cultura da estupro como se todo homem fosse um estuprador (e umas ainda dizem também defender os homens e querer igualdade rsrs). Para elas, como lunáticas quem sempre foram, qualquer coisa é estupro. Uma cantada, um elogio, um toque malicioso, etc. Tudo virou estupro. Vamos começar a desmascarar esta mentira ao definir o que é realmente estupro.

a) Estupro: Art. 213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.

Ou seja, para ser estupro a estupradora ou estuprador DEVE usar de violência ou grave ameaça e deve fazer algum ato libidinoso sem a vontade da vitima.Uma cantada, um palavreado vulgar, etc, embora exista quem ame e quem deteste por n motivos podem ser outra coisa MAS NADA DISSO é estupro pois inexiste o contato sexual.

b) Estupro é crime faz mais de séculos no Brasil e no Ocidente em geral com penas de 6 (seis) a 10 (dez) anos. Se dele resulta lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 (dezoito) ou maior de 14 (catorze) anos a pena resulta em reclusão de 8 (oito) a 12 (doze) anos. Se seguido de morte a pena  resulta em reclusão de 12 (doze) a 30 (trinta) anos. Querem reclamar de algo em uma sociedade que cultua o estupro,  reclamem dos Talebans e outros lugares longe do Ocidente. Ah, mas estes lugares ficam longe dos valores Ocidentais, da cultura e valores Ocidentais que se baseiam no cristianismo. Neste lugares na verdade as feministas fecham os olhos e apoiam muita vezes o relativismo cultural e costumes selvagens destas culturas por serem tido como “minorias”. E obviamente possuem medo de talebans e movimentos semelhantes. Marcha das vadias nestes lugares como Valescas mostrando o bumbum? Jamais rsrsrs.

c) Desnecessário citar como os estupradores são tratados nas cadeias, né?  Se existisse a cultura do estupro realmente eles seriam amados quando na verdade o que acontece é que estupradores são estuprados e mortos.

d) Estupradores homens são minorias. Pesquisem no dicionário: MINORIA. Significa pequeno grupo ou variedade. A pesquisa da IPEA tentou ser modificada por feministas para afirmar que todo homem é um estuprador mas ninguém caiu nestas mentiras.Feministas são burras  e acham que qualquer pessoa que tenha um pênis é um violador em potencial e por isso acreditam nas gurus feministas (em grande parte lésbicas). Devem ter medo dos próprios pais, irmãos, namorados, avôs, etc. Ou que tal: Quantos estupradores você conhece?

e) O pensamento feminista desconhece lógica propositalmente por ser formada por psicopatas que compactuam com crimes para provar suas teorias. Se for feminista ou simpatizante PODE  estuprar ou fazer apologia ao estupro que é inocentada/o. Lola defende estupradores marxistas no seu blog criando teses insanas. O professor marxista e feminista Paulo Ghiraldelli  ameaçou a conservadora Rachel Sheherazade e as feministas FICARAM CALADAS. Michele Elliott, escritora e ex-feminista afirmou que mulheres também estupram e praticam pedofilia e foi ameaçada pelas feministas. 

f) Se alguém foi estuprada por algum pai, irmão, etc, dever procurar ajuda e a lei que citamos acima que pune o estuprador, mas por favor, deixe de passar a sua revolta para quem possui bons exemplos de homens na própria família.

g) A guru feminista Catherine Comins afirma o seu “amor” feminista pelos homens ao  acusar inocentes de estupro. Ela demonstra também o cumulo do privilégio ao FAZER APOLOGIA AO CRIME E COMETER UM CRIME sem ser punida por isso. Sua famosa frase  “…“Homens que são acusados injustamente (repetindo, INJUSTAMENTE) de estupro podem, às vezes, aprender com essa experiência”…” e as consequências penais dela (nenhuma) demonstram o quando o feminismo além de doentio prega a impunidade para criminosas (desde que feministas);

h) Mulheres cometem estupros, violência doméstica e crimes também. Michele Elliott, Erin Pizzey e tantas outra mulheres contra o feminismo mostraram isso e foram censuradas pelas feministas. Como agem as feministas nestes casos aonde a mulher é culpada e pega PENAS MENORES pelos mesmos crimes cometidos por um homem como o estupro?

Feminista no seu mundo lunático: Mulheres são perfeitas, superiores e a o gênero burro e criminoso é o homem. (Nestas horas o gênero masculino aparece e elas voltam a escrevem sem X ou @ rsrsrs).

Feministas quando desconhecem os fatos pela censura do movimento feminista: Ops, Mimimimi isso é uma mentira (feministas ainda mais ignorantes revoltadas tentando censurar os fatos que fizeram o mundo feminista delas cair por terra ).  

Feministas quando sabem: Miimimimi isso é uma minoria e/ou ela não é mulher de verdade (tentando manipular os dados e fugir da responsabilidade).

Feministas quando não conseguem mudar os números, fatos e demais provas: Mimimimi isso é errado. Eu li no blog feminista que todos os homens são maus e mulheres inocentes. A REALIDADE é machista mimimimi.

Feminista tentando argumentar: Mimimimi Mulheres também são seres humanos e podem cometer crimes. Os hormônios femininos e o stress foram culpados dos crimes cometidos por mulheres. (Ops, mas mulheres não são perfeitas, superiores e a o gênero burro é o homem??)

Feministas tentando tirar a responsabilidade fora: A REALIDADE é machista mimimimi, a culpa de tudo é da sociedade, machista, reaça, Amélia, mimimi.

Observem casos de mulheres violentas abaixo. Nenhuma feminista vai querer a cabeça delas mesmo que elas tenham estuprado meninas ou meninos. Feministas não se importam quando a criminosa/o participa ou tem potencial para entrar no movimento feminista.