Arquivo da tag: hipocrisia feminista

Feminista do RS comunista Manuela D´Ávila tenta entrar em tradicional clube de Porto Alegre: Sócios rejeitam a família da feminazi

Padrão

Acima Manuela D´Ávila com o marido Duca Leindecker (ambos comunistas ricos) durante uma viagem para os Estados Unidos. Manuela muito pior que o marido ainda mama das tetas do governo e tem gastos absurdos mensalmente como deputada.


Manuela D´Ávila, aquela patricinha do RS filha de ricos que defende o comunismo, tentou se associar a um clube tradicional ($$$$) de Porto Alegre, o clube Veleiros do Sul.

Quem ruim este capitalismo, hein, Manuela? Frequentar um clube da elite , hein?

Mas os sócios do Veleiros do Sul se mobilizaram para que a solicitação de associação da família de Manuela fosse rejeitada.

Segundo informações do jornal Zero Hora, o fato da candidata ser comunista pesou para que solicitação fosse negada. “Cada um no seu quadrado. Cada um que procure o grupo que melhor se enquadre nos seus valores. Ou alguém pensa que eu seria bem recebido no Partido Comunista?”, teria dito um dos sócios, que preferiu não se identificar.

Quem havia convidado Duca para se juntar ao clube teria sido o próprio presidente da agremiação, Eduardo Ribas, logo após um show do cantor, vocalista da banda Cidadão Quem, no Veleiros do Sul.

“Ele é velejador, então nada mais normal do que eu convidá-lo. Assim que ele aceitou, sua ficha de admissão ficou exposta por 15 dias no quadro de avisos, como manda o estatuto do clube”, relembra.

Cantor comunista velejador? Esporte de rico? E comunista? Hipocrisia, caro Duca Leindecker. 

Duca e a família passaram a frequentar o clube normalmente, até que em julho, outros sócios pediram a retirada dos Leindecker do quadro de associados, ameaçando inclusive entrar na justiça.


Mulherescontraofeminismo: Esta mulher feminista que apoia o comunismo junto com o marido fedem a hipocrisia. Comunismo para o povo comum, capitalismo para a nossa família rica. 

Feministas apoiam o Islam, a religião que mais maltrata as mulheres.

Padrão

Foto de Hipocrisia Feminista.

Mas um exemplo de hipocrisia feminista. Fica clara a agenda feminista que ataca somente valores ocidentais com mimimis politicamente corretos. Feministas ficam caladas com qualquer ato cometido por selvagens do Islam. Notem isso.

Feministas tem problemas. Uma imagem vale por mil palavras.

Hipocrisia da rede Globo feminista: quando mulheres adoravam o José Mayer pegador e assediam homens

Padrão

Por estes dias José Mayer, ator brasileiro de 67 anos conhecido por inúmeros papéis de homens pegadores foi acusado de assedio pela figurinista da TV Globo Suesllen Tonani – mais conhecida por Su Tonani. O ator interpretava um personagem, Tião Bezerra, na novela das nove em exibição na Globo “A Lei do Amor”. Uma iniciativa de funcionárias da Globo, incluindo atrizes como Camila Pitanga, Leandra Leal, Taís Araújo, Cléo Pires e outras, causou impacto: surgiram com camisas a dizer “Mexeu Com Uma, Mexeu Com Todas, Chega de Assédio”.

Vamos pensar com calma sobre este caso…..

Não adianta as atrizes culparem a tal da “cultura machista”. Até porque, se assim o fizerem, vão ter que encarar a realidade, ou seja, a de que a própria emissora na qual trabalham – a Globo, embora ela não esteja sozinha nisso – promove a vulgarização da mulher em programas de auditórios – levando “artistas” de funk, por exemplo -, em novelas e minisséries – cada uma mais imoral do que a outra -, em propagandas.

É curioso não haver NENHUMA revolta quanto a isso.

A suposta vitima, Suesllen Tonani, acusou o ator usando palavras como coisa de “homem rico e branco”. Sendo a moça vitima ou não, esta conversa politizada é muito estranha. Cantada é assedio? Para feministas, cantada e assédio é estupro. Casamento para elas é estupro.E ai? Como fica?

Claro, as feministas estão em extase com suas axilas peludas e falta de banho. Até parece elas até anseiam por essas situações. Lembram do caso daquela moça que sofreu estupro coletivo no Rio? Quando surgiu o fato da moça ter consentido com aquilo, muitas se mostraram decepcionadas.

José Mayer no auge da fama das telenovelas era o sonho de consumo destas mulheres que assistem novelas e seguem cegamente a rede bobo e estas malditas obras de engenharia social chamadas novelas. Mayer interpretou muitos papéis aonde literalmente era grosso, estúpido, mal educado, viril e tudo o mais. Era sempre visto como o machão. Muitas matérias foram feitas com ele em revistas femininas e as atrizes (bem pagas) aceitavam o papel com ele. Mulheres e mulheres queriam a fantasia do homem viril que “pegava de jeito as mulheres.”

Agora perto dos 67 anos e longe do auge da fama, as mesmas mulheres que antes vibravam pelo machão global o atacam como o “homem das cavernas.” E ao invés de focalizarem no ator José Mayer como culpado, agora chamam todos os homens de estupradores (isso na verdade já acontece faz um bom tempo). Feminismo é igualdade? Mentira. NUNCA FOI.

A Globo com suas novelas imbecis e BBBs sempre moldou o comportamento do brasileiro. De pessoas ricas a pessoas pobres, todo mundo é afetado por este rede imbecil que tem muitas estrelas que pregam o esquerdismo como Jean Wyllys, Camila Pitanga e tantos outros mas vivem na riqueza.

A mesma Globo emprega José de Abreu, o ator que cuspiu em uma mulher e as feministas ficaram caladas. José de Abreu é um ator feminista e esquerdista. A mesma Globo que emprega muitas artistas feministas.

A mesma Globo promove os funks e tenta moldar o resto do Brasil nos modelos cariocas mostrando somente o pior do Rio de Janeiro ou futilidades. Os tais funks cariocas enxergam a mulher como um objeto mas a Globo incentiva isso como símbolo do nosso “Brasil”.

A mesma Globo nas suas novelas prega a traição, aborto e tantas outras coisas.

E nem iremos citar aqui os muitos casos de mulheres tidas como fortes e poderosas que assediam homens na internet ou ao vivo mas depois ficam revoltadas quando o inverso ocorre. Isso é algo típico de uma mulher simpatizante do feminismo. Hipocrisia. O mesmo tipo de mulher que pede homem com pegada, macho e que chega junto mas faz textão quando um destes chega junto. Dizem que falta homem no mercado depois.

Estas mesmas mulheres que se comportam como cadelas no cio, renegam o certo e o errado, correm atrás de traficantes, bandidos e fantasiam com aquele tipo de homem que não presta e acham um cara legal chato e careta. Estas mesmas que consomem estas revistas escritas por jornalistas feministas que adoram causar tensão em um relacionamento.

Pois bem, o que elas tanto queriam aconteceu e a conta chegou.

Os jornalistas que tanto odeiam a Globo e os artistas que o assim o dizem mas vivem do emprego fornecido por esta emissora parecem se contradizer como sempre faz a esquerdas e movimentos similares como as feministas.

Deixamos o alerta: boicotem a Globo, desliguem a TV e achem outras modos de se informar e se divertir. O “mexeu com uma, mexeu com todas”é um outro mantra criado por feministas que criam o problema, apoiam e depois ficam culpando as estrelas.

Este é um dos tantos exemplos que mostra a hipocrisia dos meios de comunicação e jornalistas- mídia em geral.

Alezzia x Clarice Falcão – a patricinha carioca feminista do Porta dos Fundos deve responder: mulher pode ou não usar nudez para vender?

Padrão

a-bela

Se alguém aqui uma vez já estudou um pouco de publicidade sabe que aquela campanha bonita que aparece na TV não aparece porque alguém achou o cachorro bonito ou aquela imagem linda. Quem trabalha com propaganda faz pesquisa de mercado para saber como transmitir uma mensagem que venda o produto aos consumidores. Oferta e procura e leis de mercado. O mercado é amoral. Quem decide tudo é o consumidor. Simples lógica.

Uma coisa é certa: usar mulher em propaganda vende em quase a maioria dos casos.

Mulher aparecendo em propaganda vende produtos femininos e em muitos casos, também masculinos.

Os consumidores decidem isso e por isso profissionais da propaganda usam mulheres. Isso passa longe do sexismo machismo opressor mimimi de feminista suja e porca do medo de se depilar.

As modelos e atrizes de propagandas por sinal ainda são pagas pois elas TRABALHAM COM ISSO. Elas concordam com o trabalho que fazem honestamente.

logo-alezzia8

A loja de móveis Alezzia, alguns dias, foi acusada de “machismo” pelas porcas peludas das feministas por usar modelos em suas propagandas de móveis pelo site Catraca Livre (aquele mesmo site que tentou usar a tragédia com o avião da Chapecoense para faturar). A Alezzia é uma loja gerida por mulheres. A loja fez um desafio em resposta à campanha de difamação e boicote do Catraca Livre, que se ganhasse ainda mais curtidas após o boicote do site de extrema-esquerda, iria fazer uma doação de móveis para a AACD. O Catraca Livre pediu para a AACD não receber doações da loja, prejudicando as crianças que a instituição ajuda por não gostar da loja.

Ou seja, as feministas atacam mulheres que contratam outras mulheres para trabalho honesto e uma campanha que iria doar dinheiro para crianças da AACD. As feministas atacam porque uma mulher com pouca roupa é algo do “capitalismo opressor” e outra babaquices de feminista porca e suja.

Entretanto, as feministas apoiam feminista que tira a roupa e usa sexo para vender feminismo.

HIPOCRISIA.

Do lixo do funk carioca ao samba até a marcha das vadias o que mais se acha na internet é feminista louvando a sua sexualidade pelada. E elas passam dos limites em usar a nudez para vender. De passar o sangue menstrual na cara até enfiar crucifixo no…..enfim.

vadias-livres

De sair de peitos de fora até se autoproclamarem putas e vadias.

Mas coita da mulher que for modelo e aparecer de calcinha.

20161221-clarice-falcao

Olhem o caso de Clarice Falcão é mais um exemplo de hipocrisia. Clarice Falcão é aquela patricinha carioca feminista do Porta dos Fundos, ex do socialista de I-phone Gregório Duvivier, que segundo dizem, traiu a moça feminista com uma outras mais nova. A feminista  e ex-Duvivier, lançou um clipe para “causar” com a família no Natal, onde tudo o que aparece são genitálias para lá e para cá (nenhuma negra).

O musico Nando Moura explica o caso:

 

Feministas e outros esquerdistas são piores que cães adestrados. Para o feminismo, o lugar da mulher é “onde ela quiser”, assim como “o corpo é dela”? MENTIRA.

Ora, até onde sabemos a modelo utilizada na propaganda da loja Alezzia fez exatamente isto: utilizou seu corpo como quis, de forma livre e voluntária para um trabalho. Em síntese, uma mulher só pode fazer o que quiser com o próprio corpo se o ato estiver, digamos, catalogado previamente numa lista aprovada pelas feministas.

Vai entender estes movimentos feministas…Enfiar crucifixo na genitália para protestar, pode. Defecar em praça pública para protestar, pode. Fazer o que bem entender com o corpo e depois abortar, pode. Ter suvaco cabeludo e sabe-se mais o que, pode. Agora ter um rosto lindo, tirar fotos de maiô, exercer um trabalho digno e ganhar seu dinheiro honestamente, é o fim do mundo.

Feministas NUNCA LUTARAM POR NOSSOS DIREITOS.

Basta a mulher ser contra o feminismo para as feminista atacarem com raiva e rancor.

O feminismo nunca foi paz e igualdade: passou da hora de mostra a verdade sobre esta mentira.

Parabéns a loja Alezzia pelo bonito gesto com os crianças da AACD.

Ator esquerdista José de Abreu cospe em mulher. Feministas permanecem em silêncio porque são um movimento de esquerda e o ator é de esquerda.

Padrão

Jose de Abreu cuspiu em mulher

Semana passada as mulheres mais uma vez foram usadas como massa de manobra pela esquerda que apela para uma mentirosa “opressão” para tirar o foco do Impeachment da terrorista e incompetente Dilma. Mas ela vai cair. Ninguém quer uma presidente demente, corrupta, terrorista e que fala como uma drogada no comando da nação.

No Facebook algumas feministas, mulheres ignorantes, inocentes e massa de manobra ficaram indignadas quando outra mulher escolheu ser  bela recatada e do lar”. Isto faz parte da agenda feminista faz mais de 70 anos e vocês podem ler isso aqui.

Esta mesma mulher (Marcela Temer) foi atacada sem piedade assim como são outras mulheres que fazem escolhas sem serem ligadas ao feminismo. Escrevemos sobre isso aqui. Sempre é assim.  Se você não for do movimento feminista elas querem acabar como você e até acham que você deve ser estuprada. Escrevemos sobre isso no passado.

12472638_1708758929399188_5408592113216656182_n

A semana acabou com o ator esquerdista José de Abreu cuspindo em uma mulher. As mesmas revoltadas do Facebook sumiram ou fingiram que não viram. Feministas permanecem em silêncio  porque são um movimento de esquerda (veja aqui) e o ator é de esquerda. Uma simples frase como “bela recatada e do lar” que mostra o que determinada mulher quer gera revolta mas um ator atacando outra mulher é de algo que não geral revolta.

Ridículo foi descobrir que o cuspidor de mulher foi ao vivo no Faustão (mas a Globo aonde ele trabalha não é golpista??) para posar como um grande sujeito, chorando de emoção para mostrar seu lado “humano” falso? E atribuiu a rejeição popular à Dilma o fato de ser mulher! Piada, né? Não, José de Abreu. Dilma é rejeitada por falar como uma paciente de manicômio, por defender ditaduras esquerdistas, por defender o Foro de SP, por apoiar marginais como feministas e o MST, por ser incapaz de gerenciar e comandar uma nação, por falir a nação, por ser capacho de Lula, por ser uma terrorista, etc.

Aonde estão as feministas, estas mulheres amarguradas que são pura massa de manobra da esquerda?

Querendo urinar em pé para copiar os homens e negando o senso comum (algo muito nojento de ser ver por sinal).

marcha_das_vadias monstroEnfiando um crucifixo na Abigail e deixando de se depilar para lutar contra o “capitalismo”?

Pregando o sexo entre pais e filhos, entre irmãos?

Infelizmente, muitas jovens ainda caem nas garras destas pessoas como este ator pago com a Lei Rouanet que prega pobreza mas vive na riqueza e essas feministas que teoria “luta pelos direitos das mulheres” nos discursos, enquanto, na prática, são apenas militantes de uma agenda esquerdista. Para a esquerda mentir é tão corriqueiro que eles já perderam a noção do ridículo. Hora de acordar e ver os fatos, leitoras e leitores.

A hipocrisia de militantes GLBT e feministas no facebook: Como os regimes socialistas perseguiram homossexuais

Padrão

movimento gay feminismo comunismoPor estes dias  os Estados Unidos da América aprovaram o casamento gay em todos os seus estados. De uma hora para outra o odiado Estados Unidos que sempre foi alvo de todo esquerdista brasileiro ou estrangeiro virou modelo de conduta no Facebook e a campanha de colorir perfis virou modinha. A decisão foi da Suprema Corte americana, tendo sido dado o voto decisivo por um juiz “homem branco opressor capitalista hétero” e todas aquelas qualidades que os esquerdistas adoram dar a quem discorde deles. Bug.11659272_1040253675985904_3140241817500089682_n

Os militontos do Brasil que adoram criticar os EUA por ser “branco opressor capitalista hétero” começaram a compartilhar fotos dos EUA agora “livre, paz e amor”. O Brasil possui tal, ninguém se pronunciou sobre isso e mesmo assim os militontos acham que vivemos oprimidos pelos EUA, capitalista machista opressor (???).  Isto principalmente nas escolas e universidades dominada pela turma do feminismo e gayzismo. Ainda que exista uma agenda muito forte pelo mundo que visa nos impor goela abaixo o feminismo, gayzismo e similares e isso possa ser motivo de debate pra destruir as bases da civilização Ocidental, tal aprovação do governo americano mostra mais uma vez o óbvio: o lugar mais seguro para gays é em lugares do Ocidente baseados na tradição judaico-cristã. Tais lugares em geral são os mais criticados pela militância GLBT e feministas. Se os militantes gays querem lutar por algum direito devem ir peitar  Putin, os islâmicos, os comunistas e demais similares anti-Ocidente. Fazer Marcha Gay é fácil. Queremos ver enfrentar os reais opressores. Mas eles lutariam contra quem defende a mesma agenda?

As feministas e comunistas brasileiras como a doente da Luciana Genro e Manuela D’Avila ficaram todas felizes com a decisão da corte americana. Mas elas não odeiam os EUA? Hipocrisia sempre foi o forte desta gente. A Manuela por sinal pertence a um partido de uma ideologia famosa por matar e torturar gays (leiam mais abaixo).

Logo, que tal falarmos de terras que são dominadas pelo ideologia política base do gayzismo e feminismo? Queremos saber qual país socialista/comunista que já foi aprovado união homoafetiva?

Vejamos:

Mao Tsé Tung – o homem que faria o diabólico Adolf Hitler parecer um coroinha indefeso – declarou aquela que viria a ser talvez a melhor definição de sua ideologia:“Comunismo não é amor, comunismo é um martelo com o qual se golpeia o inimigo.” Na China, o Partido Comunista qualificou todos os homossexuais como contra-revolucionários e doentes mentais, fato que perdurou até o início desse século, e boicota a temática gay na mídia. Na Coréia do Norte ainda há campos de concentração para homossexuais.

Lenin –Lenin foi taxativo para a jornalista alemã Clara Zetkin:

“Parece-me que esta superabundância de teorias sobre sexo brota do desejo de justificar a própria vida sexual anormal ou excessiva do indivíduo ante a moralidade burguesa e reivindicar tolerância para consigo. Não importa quão rebeldes e revolucionárias aparentam ser; essas teorias, em última análise, são completamente burguesas. Não há lugar para elas no partido, na consciência de classe e na luta proletária.”

Fidel Castro – Em 1965, seis anos após tomar o poder na ilha, Fidel declarou ao jornalista norte-americano Lee Lockwood:

“Nunca acreditei que um homossexual pudesse encarnar as condições e requisitos de conduta que nos permite considerá-lo um verdadeiro revolucionário, um verdadeiro comunista. Um desvio de sua natureza se choca com o conceito que temos do que um comunista militante deve ser.”

Rússia, a base do comunismo. Hoje na Rússia – onde a Parada Gay está proibida de ser realizada pelos próximos 98 anos – segundo uma pesquisa do instituto Vtsiom, 88% da população apoia a proibição da propaganda homossexual e 54% acredita que a homossexualidade deve ser punida.

Che Guevara – Este psicopata ao lado de Fidel Castro criou as “Unidades Militares de Ayuda a la Producción” – que no outro lado do mundo atendia pelo carinhoso nome de Gulag – acampamentos de trabalho agrícola com cercas de 4 metros de arame farpado, onde homossexuais e outros indivíduos contra-revolucionários realizariam trabalho forçado nos canaviais, dedicando suadas 16 horas de labuta para sustentar a bigodagem revolucionária, em condições tão degradantes quanto as encontradas nas concentrações nazistas – onde os gays também sofriam nas mãos do coletivismo, marcados por um triângulo rosa.

Maduro – Na Venezuela maduro manda matar e torturar gays, mulheres, xinga quem discorda dele e tudo o mais. Mas tem o APOIO de Luciana Genro. Cliquem aqui para assistir.

Nem iremos falar aqui no apoio de todos estas pessoas acima ao Islã e aquela conversa de “toda cultura é relativa”.  Certo, Jean Wyllys? Ou como islâmicos que também lutam contra o Ocidente e EUA atiram gays de cima de prédios diretamente nos braços da morte.

Socialismo/comunismo/esquerdismo sempre foram uma coisa: cegueira, cérebro lavado e escravidão. Nunca foi paz e amor. Isso é e sempre foi hipocrisia. Nenhum socialista ou comunista e defensor de movimentos sociais prega o amor de verdade. Eles pregam a agenda deles com muita propaganda.  O amor, amparado no seio libertário da tolerância a indivíduos pacíficos de todas as formas e cores, definitivamente não é vermelho. Basta olhar o mapa.

Texto recomendado: http://spotniks.com/o-amor-nao-e-vermelho/

 

O caso de Rachel Sheherazade: Uma aula para feministas sobre a mentira da cultura do estupro.

Padrão

 

 

paulo ghiraldelli marxista apologia ao estupro Rachel

Feministas adoram fazer terrorismo mental. O feminismo é o ato de difundir o sexismo, ódio, injustiças, guerra entre classes e defender criminosas/os (desde que feministas ou simpatizantes) mas chamando isso de “igualdade paz e amor”. Feministas cometem crimes e defendem quem cometa desde que participante ou simpatizante do movimento feminista.

Mas e a tal falada cultura do estupro? Terrorismo mental para assustar, dividir  e conquistar. Um das grandes armas delas é criar a fantasia da cultura da estupro como se todo homem fosse um estuprador (e umas ainda dizem também defender os homens e querer igualdade rsrs). Para elas, como lunáticas quem sempre foram, qualquer coisa é estupro. Uma cantada, um elogio, um toque malicioso, etc. Tudo virou estupro. Vamos começar a desmascarar esta mentira ao definir o que é realmente estupro.

a) Estupro: Art. 213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.

Ou seja, para ser estupro a estupradora ou estuprador DEVE usar de violência ou grave ameaça e deve fazer algum ato libidinoso sem a vontade da vitima.Uma cantada, um palavreado vulgar, etc, embora exista quem ame e quem deteste por n motivos podem ser outra coisa MAS NADA DISSO é estupro pois inexiste o contato sexual.

b) Estupro é crime faz mais de séculos no Brasil e no Ocidente em geral com penas de 6 (seis) a 10 (dez) anos. Se dele resulta lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 (dezoito) ou maior de 14 (catorze) anos a pena resulta em reclusão de 8 (oito) a 12 (doze) anos. Se seguido de morte a pena  resulta em reclusão de 12 (doze) a 30 (trinta) anos. Querem reclamar de algo em uma sociedade que cultua o estupro,  reclamem dos Talebans e outros lugares longe do Ocidente. Ah, mas estes lugares ficam longe dos valores Ocidentais, da cultura e valores Ocidentais que se baseiam no cristianismo. Neste lugares na verdade as feministas fecham os olhos e apoiam muita vezes o relativismo cultural e costumes selvagens destas culturas por serem tido como “minorias”. E obviamente possuem medo de talebans e movimentos semelhantes. Marcha das vadias nestes lugares como Valescas mostrando o bumbum? Jamais rsrsrs.

c) Desnecessário citar como os estupradores são tratados nas cadeias, né?  Se existisse a cultura do estupro realmente eles seriam amados quando na verdade o que acontece é que estupradores são estuprados e mortos.

d) Estupradores homens são minorias. Pesquisem no dicionário: MINORIA. Significa pequeno grupo ou variedade. A pesquisa da IPEA tentou ser modificada por feministas para afirmar que todo homem é um estuprador mas ninguém caiu nestas mentiras.Feministas são burras  e acham que qualquer pessoa que tenha um pênis é um violador em potencial e por isso acreditam nas gurus feministas (em grande parte lésbicas). Devem ter medo dos próprios pais, irmãos, namorados, avôs, etc. Ou que tal: Quantos estupradores você conhece?

e) O pensamento feminista desconhece lógica propositalmente por ser formada por psicopatas que compactuam com crimes para provar suas teorias. Se for feminista ou simpatizante PODE  estuprar ou fazer apologia ao estupro que é inocentada/o. Lola defende estupradores marxistas no seu blog criando teses insanas. O professor marxista e feminista Paulo Ghiraldelli  ameaçou a conservadora Rachel Sheherazade e as feministas FICARAM CALADAS. Michele Elliott, escritora e ex-feminista afirmou que mulheres também estupram e praticam pedofilia e foi ameaçada pelas feministas. 

f) Se alguém foi estuprada por algum pai, irmão, etc, dever procurar ajuda e a lei que citamos acima que pune o estuprador, mas por favor, deixe de passar a sua revolta para quem possui bons exemplos de homens na própria família.

g) A guru feminista Catherine Comins afirma o seu “amor” feminista pelos homens ao  acusar inocentes de estupro. Ela demonstra também o cumulo do privilégio ao FAZER APOLOGIA AO CRIME E COMETER UM CRIME sem ser punida por isso. Sua famosa frase  “…“Homens que são acusados injustamente (repetindo, INJUSTAMENTE) de estupro podem, às vezes, aprender com essa experiência”…” e as consequências penais dela (nenhuma) demonstram o quando o feminismo além de doentio prega a impunidade para criminosas (desde que feministas);

h) Mulheres cometem estupros, violência doméstica e crimes também. Michele Elliott, Erin Pizzey e tantas outra mulheres contra o feminismo mostraram isso e foram censuradas pelas feministas. Como agem as feministas nestes casos aonde a mulher é culpada e pega PENAS MENORES pelos mesmos crimes cometidos por um homem como o estupro?

Feminista no seu mundo lunático: Mulheres são perfeitas, superiores e a o gênero burro e criminoso é o homem. (Nestas horas o gênero masculino aparece e elas voltam a escrevem sem X ou @ rsrsrs).

Feministas quando desconhecem os fatos pela censura do movimento feminista: Ops, Mimimimi isso é uma mentira (feministas ainda mais ignorantes revoltadas tentando censurar os fatos que fizeram o mundo feminista delas cair por terra ).  

Feministas quando sabem: Miimimimi isso é uma minoria e/ou ela não é mulher de verdade (tentando manipular os dados e fugir da responsabilidade).

Feministas quando não conseguem mudar os números, fatos e demais provas: Mimimimi isso é errado. Eu li no blog feminista que todos os homens são maus e mulheres inocentes. A REALIDADE é machista mimimimi.

Feminista tentando argumentar: Mimimimi Mulheres também são seres humanos e podem cometer crimes. Os hormônios femininos e o stress foram culpados dos crimes cometidos por mulheres. (Ops, mas mulheres não são perfeitas, superiores e a o gênero burro é o homem??)

Feministas tentando tirar a responsabilidade fora: A REALIDADE é machista mimimimi, a culpa de tudo é da sociedade, machista, reaça, Amélia, mimimi.

Observem casos de mulheres violentas abaixo. Nenhuma feminista vai querer a cabeça delas mesmo que elas tenham estuprado meninas ou meninos. Feministas não se importam quando a criminosa/o participa ou tem potencial para entrar no movimento feminista.