Arquivo da tag: esquerda caviar

Não aceitem que jornalistas estrangeiros esquerdistas vendam mentiras sobre o Brasil.

Padrão

Depois da posse do Presidente Bolsonaro fomos ler certos jornais estrangeiros como a BBC, um dos antros do esquerdismo e globalismo mundial, entre tantos outros jornais e sites internacionais.

15464339485c2cb59cf35d9_1546433948_3x2_md

Pois bem: salvos alguns casos eles repetem o que o jornalismo esquerdista dita. Mimimi nutricionista, eletricista entre aquela coisa de sempre.

Infelizmente, certas brasileiras e brasileiras sofrem de deslumbre por tudo que for estrangeiro e assim aceitam tudo o que for escrito por um estrangeiro como verdade absoluta.

HORA DE ACORDAR PARA A REALIDADE, LEITORAS E LEITORES.

1546361496_407537_1546372381_noticia_normal

O Brasil possui n defeitos assim como qualidades. O mesmo vale para o exterior e nem todo estrangeiro que diz amar o Brasil realmente o faz (que o digam os turistas sexuais, homens que as feministas dizem odiar enquanto defendem as piriguetes que queimam o nosso filme sendo na maioria das vezes no carnaval e ano novo).

Muitos destes jornalistas estrageiros “intelectuais” possuem uma agenda e querem estereotipar o Brasil. Sempre pregamos que os impostos fossem reduzidos e tantas outras coisas que nunca foram feitas pelos governos do Brasil. Sempre desmascaramos feministas que doutrinam nossos filhos e defendem bandidos . Se for para criticar coisas que realmente devem ser melhoradas aqui no Brasil devemos fazer sem piedade e sugerir o que mudar.

No entanto, notamos que estes jornalistas menosprezam Bolsonaro e Trump assim como todo liberal-conservador. Estes mesmos jornalistas ficaram calados durante os governos corruptos do PT. Ficam calados na hora de falar sobre ditaduras esquerdistas. Taxam de populistas ou qualquer outra coisa ao mesmo tempo que fecham os olhos para os seus problemas da Europa aonde suas mulheres sofrem estupro por imigrantes ilegais. Os franceses em geral tem uma mentalidade mais esquerdista e notamos muito esquerdista brasileiro que tanto fala mal do Ocidente ficar postando artigos de franceses como isso qualificasse mais um argumento do que um artigo brasileiro.

Existe muito estrangeiro ignorante e esquerdista, pessoal.

Como exemplo postamos este excelente texto da #canetadesquerdizadora aonde um jornalista de esquerda norte-americano (sim, existe esquerdista em todo o planeta) posta um texto mentiroso sobre a primeira-dama aonde transformou o discurso de Michelle Bolsonaro em “saudação militar”. Desonestidade intelectual de esquerdista das piores que foi desmascarada pela caneta desquerdizadora.  Vejam aqui.  

Ou quem sabe este esquerdista da Nova Zelândia aqui que quer ensinar brasileiro sobre a vida no Brasil. O rapaz gay  esquerdista repete como um papagaio aquela palavras de sempre: nutriocinista, eletricista, etc. Na Nova Zelândia, terra liberal e capitalista e com dinheiro é mole tentar ser “resistência”. Este tipo de imbecil existe no mundo todo e fede a hipocrisia, pessoal. Repetimos: Existe muito estrangeiro ignorante e esquerdista. Podem falar outro idioma mas isso não quer dizer que sejam melhores por isso. Por favor, saibam filtrar com cautela o que um estrangeiro quer falar sobre o Brasil.

Curtam #mulherescontraofeminismo no Facebook.

Feminista do RS comunista Manuela D´Ávila tenta entrar em tradicional clube de Porto Alegre: Sócios rejeitam a família da feminazi

Padrão

Acima Manuela D´Ávila com o marido Duca Leindecker (ambos comunistas ricos) durante uma viagem para os Estados Unidos. Manuela muito pior que o marido ainda mama das tetas do governo e tem gastos absurdos mensalmente como deputada.


Manuela D´Ávila, aquela patricinha do RS filha de ricos que defende o comunismo, tentou se associar a um clube tradicional ($$$$) de Porto Alegre, o clube Veleiros do Sul.

Quem ruim este capitalismo, hein, Manuela? Frequentar um clube da elite , hein?

Mas os sócios do Veleiros do Sul se mobilizaram para que a solicitação de associação da família de Manuela fosse rejeitada.

Segundo informações do jornal Zero Hora, o fato da candidata ser comunista pesou para que solicitação fosse negada. “Cada um no seu quadrado. Cada um que procure o grupo que melhor se enquadre nos seus valores. Ou alguém pensa que eu seria bem recebido no Partido Comunista?”, teria dito um dos sócios, que preferiu não se identificar.

Quem havia convidado Duca para se juntar ao clube teria sido o próprio presidente da agremiação, Eduardo Ribas, logo após um show do cantor, vocalista da banda Cidadão Quem, no Veleiros do Sul.

“Ele é velejador, então nada mais normal do que eu convidá-lo. Assim que ele aceitou, sua ficha de admissão ficou exposta por 15 dias no quadro de avisos, como manda o estatuto do clube”, relembra.

Cantor comunista velejador? Esporte de rico? E comunista? Hipocrisia, caro Duca Leindecker. 

Duca e a família passaram a frequentar o clube normalmente, até que em julho, outros sócios pediram a retirada dos Leindecker do quadro de associados, ameaçando inclusive entrar na justiça.


Mulherescontraofeminismo: Esta mulher feminista que apoia o comunismo junto com o marido fedem a hipocrisia. Comunismo para o povo comum, capitalismo para a nossa família rica. 

Alezzia x Clarice Falcão – a patricinha carioca feminista do Porta dos Fundos deve responder: mulher pode ou não usar nudez para vender?

Padrão

a-bela

Se alguém aqui uma vez já estudou um pouco de publicidade sabe que aquela campanha bonita que aparece na TV não aparece porque alguém achou o cachorro bonito ou aquela imagem linda. Quem trabalha com propaganda faz pesquisa de mercado para saber como transmitir uma mensagem que venda o produto aos consumidores. Oferta e procura e leis de mercado. O mercado é amoral. Quem decide tudo é o consumidor. Simples lógica.

Uma coisa é certa: usar mulher em propaganda vende em quase a maioria dos casos.

Mulher aparecendo em propaganda vende produtos femininos e em muitos casos, também masculinos.

Os consumidores decidem isso e por isso profissionais da propaganda usam mulheres. Isso passa longe do sexismo machismo opressor mimimi de feminista suja e porca do medo de se depilar.

As modelos e atrizes de propagandas por sinal ainda são pagas pois elas TRABALHAM COM ISSO. Elas concordam com o trabalho que fazem honestamente.

logo-alezzia8

A loja de móveis Alezzia, alguns dias, foi acusada de “machismo” pelas porcas peludas das feministas por usar modelos em suas propagandas de móveis pelo site Catraca Livre (aquele mesmo site que tentou usar a tragédia com o avião da Chapecoense para faturar). A Alezzia é uma loja gerida por mulheres. A loja fez um desafio em resposta à campanha de difamação e boicote do Catraca Livre, que se ganhasse ainda mais curtidas após o boicote do site de extrema-esquerda, iria fazer uma doação de móveis para a AACD. O Catraca Livre pediu para a AACD não receber doações da loja, prejudicando as crianças que a instituição ajuda por não gostar da loja.

Ou seja, as feministas atacam mulheres que contratam outras mulheres para trabalho honesto e uma campanha que iria doar dinheiro para crianças da AACD. As feministas atacam porque uma mulher com pouca roupa é algo do “capitalismo opressor” e outra babaquices de feminista porca e suja.

Entretanto, as feministas apoiam feminista que tira a roupa e usa sexo para vender feminismo.

HIPOCRISIA.

Do lixo do funk carioca ao samba até a marcha das vadias o que mais se acha na internet é feminista louvando a sua sexualidade pelada. E elas passam dos limites em usar a nudez para vender. De passar o sangue menstrual na cara até enfiar crucifixo no…..enfim.

vadias-livres

De sair de peitos de fora até se autoproclamarem putas e vadias.

Mas coita da mulher que for modelo e aparecer de calcinha.

20161221-clarice-falcao

Olhem o caso de Clarice Falcão é mais um exemplo de hipocrisia. Clarice Falcão é aquela patricinha carioca feminista do Porta dos Fundos, ex do socialista de I-phone Gregório Duvivier, que segundo dizem, traiu a moça feminista com uma outras mais nova. A feminista  e ex-Duvivier, lançou um clipe para “causar” com a família no Natal, onde tudo o que aparece são genitálias para lá e para cá (nenhuma negra).

O musico Nando Moura explica o caso:

 

Feministas e outros esquerdistas são piores que cães adestrados. Para o feminismo, o lugar da mulher é “onde ela quiser”, assim como “o corpo é dela”? MENTIRA.

Ora, até onde sabemos a modelo utilizada na propaganda da loja Alezzia fez exatamente isto: utilizou seu corpo como quis, de forma livre e voluntária para um trabalho. Em síntese, uma mulher só pode fazer o que quiser com o próprio corpo se o ato estiver, digamos, catalogado previamente numa lista aprovada pelas feministas.

Vai entender estes movimentos feministas…Enfiar crucifixo na genitália para protestar, pode. Defecar em praça pública para protestar, pode. Fazer o que bem entender com o corpo e depois abortar, pode. Ter suvaco cabeludo e sabe-se mais o que, pode. Agora ter um rosto lindo, tirar fotos de maiô, exercer um trabalho digno e ganhar seu dinheiro honestamente, é o fim do mundo.

Feministas NUNCA LUTARAM POR NOSSOS DIREITOS.

Basta a mulher ser contra o feminismo para as feminista atacarem com raiva e rancor.

O feminismo nunca foi paz e igualdade: passou da hora de mostra a verdade sobre esta mentira.

Parabéns a loja Alezzia pelo bonito gesto com os crianças da AACD.

Hollywood: Atrizes feminazi socialistas RICAS fazem vitimismo durante o Oscar.

Padrão

Durante a festa do Oscar Hollywood mostrou mais uma vez como a revolução cultural foi implantada nos EUA com o marxismo cultural e suas vertentes como o feminismo.  Atrizes feminazi socialistas RICAS em Hollywood fazem vitimismo durante o Oscar e uma atriz inclusive fez um discurso feminazi com todo o vitimismo clássico deste movimento esquerdista.

Vejamos: Meryl Streep e Jennifer Lopez, duas atrizes que ganham milhões mas pregam o socialismo clássico da esquerda caviar aplaudiram a igual atriz feminazi socialista rica que diz ser “oprimida”mas quer ganhar mais e igual aos homens.

Todas estas idiotas acreditam no mentiroso discurso socialista de Karl Marx. Elas acham que igualdade é sinônimo de justiça (o que e´ uma mentira) mas se NEGAM A DIVIDIR SUAS FORTUNAS assim como fazem as feminazi menos populares aqui do Brasil Luciana Genro, Maria do Rosário, etc. Fazemos uma campanha: queremos que as atrizes e atores feminazis esquerdista de Hollywood doem seus ganhos para qualquer ator e atriz de rua, talentoso ou não. Afinal, somos todos e todas iguais, ne´?

Feminazis inclusive compararam o ganho salarial da atriz de 24 anos Jennifer Lawrence com o  salário de Robert John Downey, Jr de 47 anos. As feminazis esqueceram de falar dos quase 20 anos de diferença do tempo de carreira dos dois.  Ou no talento diferente de ambos. Ou como eles negociam os seus contratos. Ou como o mercado (que e´amoral) afeta os  salários baseados na lei de oferta e procura.  Ou de profissões aonde as mulheres ganham muito mais que homens (modelos, enfermeiras, etc).

Repudiamos a hipocrisia dessa gente que diz odiar a ditadura da beleza mas gasta milhões para aparecer. Que diz amar a pobreza e odiar o capitalismo mas quer mais dinheiro, etc.

As atrizes de Hollywood são as que mais mudam de aparência por decorrência de cirurgias plásticas, algumas chegam a “se estragarem” de tanta plástica. Estilistas (maioria gays e mulheres) destas feminazi esquerda caviar vivem apoiando a vaidade deste tipo de “oprimida” que ganham milhões de dólares. Todos estes fatos demonstram  uma importância exagerada (e até bizarra) com a própria aparência. Cade o discurso de beleza relativa, mulher objeto nestas horas, suas feminazi hipócritas?

A festa do Oscar sempre foi marcada pelos figurinos das atrizes e cantoras que passam pelo tapete vermelho. Todas gastam milhões, apostam em estilistas renomados ou inovadores. Tudo para se destacar como a “mais bem vestida”. É onde entra a hipocrisia. Você realmente acha que essas mulheres que começam a usar botox antes dos 30 anos e investem milhões em roupa, cabelo e maquiagem, não querem chamar atenção pela aparência?

O feminismo tem mesmo o poder de tornar a mulher ridícula. É como se fossemos obrigadas a fingir que nos importamos com as mesmas coisas que os homens. Como se fosse sinônimo de burrice ou incompetência ter um pouco de vaidade. O mais cômico disso tudo, é querer usar o celeiro do cúmulo da vaidade exagerada para pregar esse discurso tosco.

Hipocrisia esquerda caviar tipica. Falam “não pergunte o que eu visto” vestindo grife e joias patrocinadas e pregando a pobreza alheia.