Um pouco de ciência no dia dos pais: Pais retirados do seio familiar aumentam a chance de filhos/as virarem criminosos/as

Padrão

7b170633ef934dfcf88c13598cc789e2

Antes de tudo feliz dia dos pais aos homens que optaram por esta nobre escolha.

E embora as feminazi queiram acabar com o dia dos pais ou tudo ligado ao masculino e celebrem a maternidade solteira no Facebook (o que por sinal dobra o trabalho delas, ao mesmo tempo que reclamam da falta de homem ou tentam achar qualquer um no Tinder para ajudar a cuida dos filhos delas) a ciência confirma que filhos sentem mais falta dos pais ao longo da vida e esta falta se relaciona a crimes cometidos.

A especialista em  Erin Pizzey sempre citou dados sobre este assunto e outras pesquisadoras seguem com dados novos sobre o assunto. Durante o governo Obama (do partido democrata, um PT dos Estados Unidos) milhares de homens negros foram condenados sem um julgamento justo pois Obama defende a agenda feminista. Os dados de  menores e adolescentes x atos violentos cresceram.

Podemos ver aqui alguns dos muitos dados sobre o assunto. 

Claramente uma unidade familiar mais fraca sofre. E este sempre foi o objetivo de feministas e globalistas.

Pais canalhas ausentes (igualmente existem mulheres canalhas) ou pais que são retirados da vida dos filhos por mulheres que usam filhos como mercadoria e/ou abusam da lei que protege as mulheres sem verificar os fatos (que igualdade, hein, feministas?) na verdade fazem os filhos sofrerem e pagarem o pato. E no futuro estes filhos tem grande probabilidade de se tornarem adultos disfuncionais.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s