Titi Müller, feminista de Porto Alegre, se atira pra cima de gringo famoso acusado de agredir fã

Padrão

“Dane-se o machismo, tô com um boy gringo, rico e famoso. ”

“Mulher brasileira tem fama de vadia, prostituta e tudo o mais e sou contra o turismo sexual mas vou sair pra pegar aquele gringo para ostentar prasamiga pois sou empoderada e moderna seja no carnaval e copa do mundo”.  Se fiz besteira foi por culpa do diabo que me deixou beber.

Sempre a mesma coisa: vitimismo barato e mais uma feminista mostra a hipocrisia do movimento feminista.

Estamos falando de Tielen Müller, mais conhecida como Titi Müller , feminista de Porto Alegre que mente ser apresentadora, repórter e atriz. Definitivamente esquerdista caviar segundo fontes de onde estudou.

Em 2017, chamou a atenção da mídia ao comentar ao vivo as letras “machistas” do DJ israelense Asaf Borgore no festival Lollapalooza.

Ao mesmo tempo fica quieta quando funkeiras feministas e artistas como Beyoncee chamam mulheres de vadias e putas em suas letras.

Mas a coisa piora.

Sabe aquela feminista nacionalista que reclama que a mulher brasileira sempre foi mal vista mundo afora, tida como prostituta mas que sai pegando geral quando um gringo paga um prato de comida?

Sim, este é o modo de agir da dita “empoderada”Titi Müller. 

Ela simplesmente se jogou pra cima do  ator e cantor Jared Leto. O mesmo ator e cantor que foi acusado de agredir uma tiete.

Mas claro, com Jared Leto, não existe machismo e misoginia, né?

Aquela coisa que sempre dizemos: quando o cara rico tem status não é machismo e nem querem abortar. Agora vai ver um pobre coitado dando bom dia, até nazista o coitado vira.

Mas assim é a esquerda e celebridades: Madonna apanhou muito do Sean Penn (artisa esquerdista), marido dela na época dos anos 80.
Agora ela se diz feminista, ativista e disse que a única pessoa que ela amou na vida foi justamente Sean Penn o ex que a agredia.
Madonna também sempre se promoveu como objeto sexual e lucrou com isso mas fala mal do capitalismo.
Beyonce também com todo discurso feminista, fez um álbum chamado Lemonade , com uma musica falando sobre as traições de seu marido , enquanto ela ficava em casa esperando ele chegar da casa da amante.

Ou seja , elas são todas hipocritas e querem ainda serem modelos de conduta?

Uma resposta »

  1. Como disse Nelson Rodrigues:
    “O ser humano é cego para os próprios defeitos. Jamais um vilão do cinema mudo proclamou-se vilão. Nem o idiota se diz idiota.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s