Homem feminista espanhol tatua o ânus em protesto contra Trump

Padrão

De Jean Wyllys aos artistas “interectuais” e outros que existem nas redes sociais sabemos como se comporta o maior capacho de todos os tempos: o homem feminista, que nem de longe é respeitado pelas próprias feministas. Aqui, mais um exemplo de homem feminista militante gay.

Nossos comentários em negrito temperam o texto 🙂

Com uma ‘intervenção artística’ controversa, o espanhol (A Espanha enfrenta índices de baixa natalidade graças as feministas e movimentos globalistas) Abel Azcona chocou uma plateia ao tatuar o principal slogan da campanha de Donald Trump no ânus. Sim, Abel tatuou a frase ‘Make America Great Again’ em volta do orifício anal na frente dos visitantes da Defibrillator Gallery, em Chicago. A sessão durou cerca de duas horas.

Abel, cujo trabalho já percorreu mais de 45 países (sim, pessoas, o mundo enlouqueceu) comparou as políticas de Trump às suas experiências sexuais quando foi abusado na infância:

— Fui adotado por uma família ultra-conservadora, e com múltiplas experiências de abuso sexual e infantil. O lema que eu tatuei no meu ânus é um lema fascista (fascismo é a luta por mais Estado, burrinho). Um lema que faz com que a Igreja, o patriarcado (homem feminista ateu detectado) e as pessoas desprezíveis como Trump possam usar e abusar de nós quando quiserem. É o mesmo que fizeram comigo quando eu era criança — contou ao site “Pink News”.

 Ativista LGBT (amigo espanhol do Jean Wyllys??), o “artista” explicou ter escolhido o ânus para a tatuagem por causa do forte simbolismo da região:

— O ânus é uma terra de prazer e empoderamento para muitos. E nós não vamos nos calar. Toda vez que eu cagar ou alguém me penetrar, eu passarei essa frase racista e homofóbica.

Esta não é a primeira polêmica promovida protagonizada por Abel. Em 2016, ele fez uso de Ketamina, droga que causa paralisa temporária, para uma performance.

Um europeu que nem vota nos Estados Unidos dando “openeaum”. Esses são os heróis dos eleitores da Hillary? Está aí mais uma explicação para a derrota dela. Reparem que tudo e todos são responsáveis pelos problemas dele. O mundo é coisa terrível para este rapaz que como diz Erin Pizzey usa dos seus traumas pessoais para atacar qualquer um. Ele se recusa a ver que Trump tem o apoio de gays anti-LGBT como Milo Yiannopoulos, finge ser cego ao achar o feminismo uma coisa linda, hippie e pacifista quando na verdade o feminismo é um movimento para mulheres de esquerda. E ataca o Cristianismo mas finge ser cego quando regimes ateus e islâmicos abusam de menores e maltratam gays.

Achamos que esta tatuagem no orifício anal dele não vai mudar o mundo em nada mas é assim que este bando de idiotas úteis se comporta. Passou da hora de desmascarar este tipo de homem feminista, uma criança mimada que faz birra para chamar atenção.

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s