O lixo feminista da Escandinávia: feministas suecas baixam a cabeça para líder muçulmano e colocam véu.

Padrão

feminismo-suecia

Todas sabemos que as feministas dominam a Escandinávia. Tal lugar é dominado pelo politicamente correto e feministas usam de muita engenharia social para desmasculinizar meninos e masculinizar meninas. Tudo isso em nome da “igualdade e usando de muita ideologia de gênero”. Pobres crianças deste lugar.

As mesmas feministas tanto falam de poder que mesmo por lá as poderosas mulheres feministas ainda deixam os trabalhos duros para os homens (assistam este excelente documentário) . Mesmo por lá as feministas querem ainda mais depender do governo e medidas como bolsas e cotas existem para qualquer grupo que elas considerem minoria.

As poderosas feministas que tanto odeiam homens, que são incapazes de comprar uma pílula e um preservativo querem usar o aborto como modo contraceptivo. E claro quem paga é o Estado.

Os índices de natalidade na Europa andam em baixa. Tudo que visa destruir o relacionamento homem e mulher anda em alta.  O aborto é pregado como uma um remédio para uma doença e mais homens e mulheres vivem sozinhos.

Ao mesmo tempo imigrantes ilegais (muitos refugiados muçulmanos) estupram mulheres e nações da Escandinávia escondem os dados.

Mas fora isso as feministas deste lixo chamado Escandinávia preferem ser estupradas que salvas por um homem sueco.

No lema “um dia por vez”, a esquerda européia (principalmente na Escandinávia, França e Alemanha) vai se revelando cada vez mais desonesta e cínica, desumana ao ponto de apavorar até mesmo alguns psicopatas.

Segundo o Barritrad, grupos feministas da Suécia iniciaram uma campanha não contra os imigrantes islâmicos que estupram as mulheres suecas, mas contra os homens suecos que decidam protegê-las.

Mas agora em fevereiro de 2017 a coisa ainda piora. Feministas por motivos claros (o feminismo é um movimento esquerdista) ficaram de mimimi contra Trump. E como postamos aqui inclusive protegeram um rapaz que bateu em uma mulher que questionava esta marcha das mulheres (que é liderada por uma muçulmana).

As feministas suecas postaram fotos fazendo cara feia contra Trump.

Isso foi no dia 8. Menos de uma semana depois, no dia 13, em visita ao Irã, podemos ver Isabella e suas colegas do “primeiro governo feminista do mundo” cabisbaixas, amuadas, se submetendo a usar hijabs, chadors e casacos longos e pesados para esconder seus corpos e cabelos. Em terra de sharia, feministas baixam a cabeça e ficam caladas.

Ou seja, atacam Trump que é casado com uma imigrante e que tem o apoio de muitas mulheres. Mas baixam a cabeça, colocam véu e tudo o mais para lideres de lugares aonde a mulher é um ser de segunda classe.

Ou seja: As feministas são as AMÉLIAS do partido que sempre obedecem como ovelhas cegas que sempre foram. Feminismo nunca foi para defender as mulheres e sim sempre foi um movimento com um agenda que vai sempre contra tudo que é relacionado ao Ocidente. O governo feminista da Suécia e do resto da Escandinávia é somente mais um exemplo da subserviência feminista ao islamismo.

»

  1. Lamentável oque as feministas estão fazendo com o Ocidente e a Europa o feminismo destrói países de dentro para fora. E o pior é as mães ocidentais sabotando e vendendo seus filhos ao feminismo ensinando homens e ser bananas suas filhas masculinidade.

    Enfim se não tomarem atitudes o feminismo irá entregar de bandeja o Ocidente para os árabes.

    • O homem sueco fraco sem voz para nada, as feministas só sabem descarregar o caminhão de ideologias baratas e perseguir quem não achou “cool”.

  2. No fundo acho apenas que essas feministas querem apenas serem dominadas por povos mais dominantes e brincarem de dizer que são oprimidas por homens ocidentais.

    O feminismo só poderá ser vencido de dentro para fora ou seja apenas as próprias mulheres podem vencer o feminismo, sendo contra o mesmo, pois homens não poderão fazer nada já que se eles apresentam argumentos que essa ideologia é uma farsa logo serão chamados de machistas e elas já sairão como vitoriosas.

  3. Só acho desnecessário chamar a Escandinávia de “lixo”. Esse discurso formatado que diz “lixo isso. lixo aquilo” que a direita tem usado é tão promotor do ódio quanto os discursos esquerdistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s