Marta e Neymar: diferença salarial justa ou Olimpíadas sendo usadas por feministas e vitimistas?

Padrão

13925122_271220249928586_5553210387910819663_n

Feministas e justiceiros sociais usam e abusam de truques para tentar atrair seguidoras. Vitimismo e muito esquerdismo andam junto nesta hora. O ponto mentiroso das feminisas durante os jogos agora é comparar Marta e Neymar e dizer que a diferença salarial é por que Marta tem uma vagina e Neymar um pinto. Bem, a lei de oferta e procura e o livre mercado mostram outra coisa e fatos sem doutrinação esquerdista.

Estranhamente, homens ainda fazem os serviços mais perigosos e pesados, se aposentam mais tarde mas nesta hora as feministas fogem da palavra igualdade. Para feminista, a palavra igualdade é um mantra que serve como menu de um restaurante: tudo o que é bom ela quer. O que é ruim, ela deixa para os outros.

Vejam esta caso propagado pela mídia esquedista do Brasil e que a caneta desesquerdizadora desmascarou com dados.

Essa imagem dos justiceiros sociais da Agência Lupa, amplamente divulgada por UOL Notícias, Congresso em Foco, Época NEGÓCIOS e similares precisava ser totalmente desesquerdizada. Então a Caneta Desesquerdizadora gastou tempo (e tinta) na imagem acima para procurar a realidade para vocês. E ela é MUITO diferente do que a comparação quer demonstrar:
1. Quem fez a comparação entende tanto de futebol quanto nós entendemos de física quântica. Desde quando o salário pago *pelo clube* tem a ver com os gols feitos pela seleção?
2. Todo profissional, independente da área, recebe de acordo com o valor que gera para outras pessoas (e para quantas gera). Neymar Jr. recebe muito mais do que a Marta pelo simples fato que gera mais receita para o seu clube (ingressos, camisetas, patrocínios, etc), e gera mais receita para o seu clube porque o futebol masculino gera infinitamente mais interesse que o feminino. O que sustenta um atleta são os jogos pelo seu clube toda semana, não Olimpíadas e Copa do Mundo.
3. Isso é tão verdade que quem fez a imagem “esqueceu” de mencionar que o salário da Marta Vieira da Silva não é pago pelo seu clube atual, o FC Rosengård (da Suécia), mas sim por Coca-Cola e PUMA, que são seus patrocinadores e utilizam sua imagem para atrair o público feminino. Que capitalismo opressor, não?
4. Se Marta vivesse de futebol, estaria frita. Na Suécia, os clubes não atraem mais do que 1000 espectadores por jogo. O principal campeonato de futebol feminino no mundo, o americano, chegou a ser cancelado em 2012 por falta de interesse. E o último clube em que ela atuou antes do atual, o Tyresö FF (também da Suécia), fechou as portas por falta de dinheiro. No Brasil, “o país do futebol”, a final do campeonato brasileiro feminino de 2016 entre Rio Claro e Flamengo, sem cobrança de entrada, mal teve 500 pessoas no estádio. Parece que, em todo o mundo, as pessoas não se interessam muito por assistir futebol feminino de clubes.
5. Em relação ao Neymar, o salário dele no Barcelona sequer é sua principal fonte de renda. Sua miríade de patrocinadores garante a ele uma renda extra de 22 milhões de dólares por ano, superiores aos 14,5 milhões de dólares anuais que recebe de salário.
6. Fora isso, o Barcelona tem a maior média de público da Espanha e da Europa (e provavelmente do mundo), com uma média de 78.881 pessoas pagantes por jogo. Isso é mais do que o estádio de qualquer clube brasileiro pode comportar.
7. O resultado de ter Neymar, Messi, Suarez e similares para o Barcelona é gigantesco. No ano fiscal 2015-2016, o clube teve o maior resultado de sua história, com receita de 750 milhões de dólares.
Assim fica fácil entender porque Neymar merece ganhar muito mais do que Marta, não?

A turma que quer que as jogadoras femininas ganhem muito dinheiro, mas ninguém faz questão de fazer presença durante os jogos do campeonato brasileiro feminino ou sequer assistir em casa. REGRA SIMPLES: Se não tem publico, não circula dinheiro.

Outra coisa para deixar as feministas loucas: Martha ganhar menos que Neymar é machismo… Gisele B. Ganhar mais que qualquer outro modelo homem do mundo é “empoderamento” . Vai entender esse povo que fugiu da aula de lógica.

Mulheres contra o feminismo resume: Neymar ganha mais porque atrai mais pessoas para os seus jogos e patrocinadores (dando mais retorno financeiro) durante a sua carreira, mesmo tendo jogado pior que Marta nas Olimpíadas.

O mesmo motivo explica o porque de Gisele B. ganhar mais que qualquer outro modelo homem do mundo.

Isto vale para qualquer profissão.

Esta é a grande diferença entre o livre mercado ( em geral apoiado por conservadores e liberais) e feministas (defensoras de um estado enorme e babá, que interfere na vida de todos).

»

  1. No Brasil estas Olimpíadas estão tornando-se fiascos por desincentivos esportivos. Atualmente, o Brasil está na 15ª posição com 16 medalhas, sendo cinco ouros, seis pratas e seis bronzes. Atualmente, os Estados Unidos estão na primeira com 111 medalhas, sendo 40 ouros, 36 pratas e 35 bronzes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s