Norte, Sul, Leste, Oeste: Como querem destruir a identidade de cada brasileiro com esta conversa mentirosa de “igualdade”.

Padrão

mapa_tur_brasil_05

Nestes dias um blog feminista que tem ajuda do governo publicou um artigo como muitos outros blogs feministas faz pregando um certo terrorismo ao negar diferenças entre as pessoas de cada Estado. Claro, como sempre taxam um lugar de opressor e outro de oprimido (guerra entre classes, racismo). Adicionam discursos vazios como igualdade, relativismo cultural e pregam uma certa brasilidade global aonde o Brasil se resume ao RJ e aonde todo brasileiro fala com aquele sotaque globo (carioca forçado) mesmo sendo pernambucano ou baiano.

Interessante como estes grupos feministas e demais esquerdistas sempre se aliam a uma realidade paralela para negar a realidade e a individualidade de cada pessoa, cada cultura e cada estado em nome de uma igualdade mentirosa e forçada.

Tal jogo nada e´ mais que o dividir para conquistar, criando conflitos e criando vitimismo em nome do nada.

ordeste-aba

A realidade diz muita coisa para quem ainda pensa no nosso Brasil. No Nordeste muitos nordestinos se ofendem se são taxados como sendo de outro estados do Nordeste. Baianos são diferentes de cearenses. Amazonense são diferentes de quem nasceu no Amapá. Não são iguais e nem nunca serão e isso podemos falar sobre uma mesma região, muitas vezes mesmo dentro do mesmo estado. Imaginem comparar com pessoas do centro ou sul do Brasil. Costumes, hábitos, culturas,  clima, sotaque nada iguais que somente a Globo e esquerdistas tentam negar.

mapa-de-comidas-brasileiras1

Olhem a culinária, viagem e tentem falar com uma pessoa de outro Estado sem bairrismos. A que conclusão você chega: não somos iguais e nem nunca seremos quer seja como pessoas ou povo. Ser diferente não e´ o problema, desde que exista respeito.

Claro que existem casos de ignorância e falta de educação. Mas isso passa longe de ser racismo aqui no Brasil. Devemos ficar alertas a grupos no facebook ou internet que postam algo sobre racismo pois quase sempre não e´racismo.

Do mesmo modo a economia difere. Cada estado tem atrativos diferentes, climas e geografia peculiares. Uns usufruem do turismo (embora o nosso ministério do turismo explore um turismo idiota com aquela falsa brasilidade e ama vender favela como modelo de vida), outros apostam em industrias, outros apostam em outras fontes de renda.

saboresdobrasil

Por isso, uns estados possuem melhores praias, melhores escolas, melhores industrias. Cada povo uma cultura e umas culturas também se adaptam e se desenvolvem melhor em diferentes coisas (embora saibamos que a falta de recursos e planejamento existam em muitos lugares devido a cultura brasileira ser receptiva ao vitimismo, falsa brasilidade e ao esquerdismo. Mas isso pode ser mudado).

Nosso abraço a todos brasileiros e brasileiras de todos os lugares. Fica a dica: somos diferentes como pessoas, como brasileiros, com diferentes culturas e com pontos fortes e fracos. Alguns estados possuem uma economia superior, outros possuem mais turismo, outros mais planejamento. Infelizmente somos unidos pela falta do livre mercado, cultura de uma falsa brasilidade que atinge principalmente não cariocas, corrupção e falta de planejamento de um governo que culminou no desastroso mandato de uma feminista que acha a mandioca símbolo de desenvolvimento pois o cachorro vai atrás das crianças.

(Ser mulher não torna ninguém livre de criticas, ainda mais uma imbecil feminista terrorista que nem falar direito sabe).

 

 

Uma resposta »

  1. Racismos de quaisquer tipos violam a CRFB de 1988 e a Lei Caó de 1989 e injúrias de quaisquer tipos violam o Artigo 140 do CPB de 1940.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s