Sexo no primeiro encontro: desmentindo o vitimismo feminista da blogueira do Feminismo sem demagogia

Padrão

Diapositiva1Hoje iremos desmascarar a blogueira do feminismo sem demagogia que fica chorando pelos cantos sobre sexo no primeiro encontro e fazendo vitimismo como se vivesse no Iraque.  Comentaremos o texto dela abaixo sendo o nosso em negrito.

….”Eu falei com vocês estes dias ae sobre Fazer sexo no primeiro encontro, e de como os homens usam de um moralismo absurdo para nos fazer prisioneiras de ritos completamente ultrapassados e que não tem o menor sentido.

MCF: Prisioneiras aonde, Verinha? Em que mundo você vive? Se hoje quisermos hoje fazer sexo no primeiro encontro igual aos homens fizemos e ponto. Inclusive crianças de 12 e 13 fazem sexo hoje e com o apoio dos movimentos feministas. Não achamos isso saudável mas vocês…acham lindo. Indo além  faz um bom tempo existe mulher que faz sexo com 2,3, 200 e com animais (incluindo porcos, cachorros e cavalos).  Vocês dizem que ninguém pode julgar e outras frases relativistas morais. O fato é : Ninguém é obrigado a ver com bons olhos as nojeiras que os outros fazem. Este é o fato que vocês não aceitam. Este rito completamente ultrapassado a que você se refere deixa a entender ser o casamento. Novamente, casa quem quer e ponto. Engraçado que vocês feministas ficam falando mal do casamento como “rito antigo” e tudo o mais mas querem que movimentos marxistas ligados ao feminismo (GLBTS) possam casar. Coerência parece ser a maior inimiga das feministas.

Muito homem veio dizer que “ah a mulher que faz sexo no primeiro encontro não é confiável, ela faria com qualquer um” como se a mulher estivesse fazendo sexo no primeiro encontro sozinha, como se o homem em questão não estivesse também fazendo sexo no (Pasmem) primeiro encontro.

MCF: Que inveja de homem, hein? Ah, como saber se este homem a que você se refere não é um cara idiota? Segundo a lógica feminista devemos liberar primeiro e conhecer depois a pessoa, certo? Vocês possuem a mais pura inveja dos homens e odeiam as mulheres bem no fundo. Por isso querem até fazer xixi em pé como se isso fosse mudar o mundo para a melhor. Vocês querem negar a realidade para viver no mundo de faz de conta.

A respeito disso eu queria dizer, sobre minha experiência pessoal, eu fiz sexo no primeiro encontro com meu ex marido. Nós passamos 7 anos juntos depois disso, EU FUI MONOGÂMICA DURANTE 7 ANOS, ele me traiu todos os dias da nossa relação.

MCF: Em resumo você é uma pessoa frustrada, amargurada e revoltada. Você se entregou para um cara que nem conhecia direito e de primeira. Você não conhecia ele e nem os valores dele (lembre, PRIMEIRO ENCONTRO) mas caiu no conto  da feminista “vadia e liberal” e se ralou. Agora a culpa é do planeta pois você não se precaveu e não foi responsável. Guarde a sua amargura para você. E por favor, sem vitimismo.

Quando a gente se separou e eu denunciei ele publicamente pela agressão fisica e anos de violência psicológica…..

MCF: Agora não é tão lindo se relacionar com quem a gente não conhece direito, né? Cade a mulher forte, moderna e vadia?

…muita gente veio me procurar para conversar e uma das amigas dele me disse “eu achava que vcs tinham uma relação aberta, por que durante todo seu namoro, eu ficava com ele. Quando te conheci pessoalmente que fui perceber que não, que não era aberta, e dai me afastei dele”. Este é só um exemplo das inúmeras traições deles a nosso compromisso de relação monogâmica.

MCF: Que legal rsrsrs. O cara traiu você mas como você é feminista vai condenar o cara que te traiu mas fica miguxa da mulher que transava com o seu marido que sabia do seu casamento e por ela ser mulher fica tudo na amizade. Feminismo é doença mesmo.

Os homens não querem que as mulheres tenham liberdade sexual por que isto é privilégio deles, eles não querem que desfrutemos disso também, é muito confortável para eles que a monogâmia seja imposta as mulheres, não é mesmo? Se fossemos usar o moralismo dos homens para escolher parceiros, poucos e raros.

MCF: Por favor sem vitimismo. Iremos repetir. Faz um bom tempo existe mulher que faz sexo com 2,3, 200 e com animais (incluindo porcos, cachorros e cavalos).  Sempre discordamos de como vocês querem “viver a vida louca sem regras e limites”. Vocês feministas sempre culpam alguém depois de sofrerem na pele consequências que a agenda doentia de vocês prega. Se auto proclamam  vadias e querem transar como cadelas no cio com qualquer um que nunca viram na vida sendo que já podem fazer isso. Mas isso não é o suficiente e depois de tanto liberarem pra geral fogem da responsabilidade dos próprios atos e escolhas que fizeram. Depois querem que todas hétero participem do lesbianismo político ou que filhos transem com os pais e irmãos (leiam aqui). Falam como se não julgassem outras mulheres e fossem santas quando julgam quem é contra o feminismo e desmascara o doentio movimento feminista e simpatizantes movimentos marxistas.

Muita opressão, né, Verinha? Ou o seu relativismo moral e feminismo te deixaram cegas. Olhe o resultado do mundo “viver a vida louca sem regras e limites” abaixo. Podemos ver aqui mulheres que abusam de animais porque querem. Ah, ninguém pode julgar nada  e “nada é certo ou errado” pois assim prega a ideologia feminista, lembra? Vocês feministas filhas de Marcuse apoiam as monstruosidades e depois se lamentam pelos cantos sendo feridas pelas idéias que tanto defendem.

PS: somos CONTRA QUALQUER MOVIMENTO QUE MALTRATE ANIMAIS OU MENORES DE IDADE e não escondemos atrás de relativismo moral como as feministas fazem.

 

 

 

»

    • tu culpas as feministas por isso estar acontecendo? a preferência por garotos é uma ação MACHISTA! ou ainda, uma ação de proteção, porque ser mulher está cada vez mais perigoso. nossa intenção com a legalização do aborto é salvar as moças que foram obrigadas à sexo e com isso geraram uma criança. é salvar uma criança que pode nascer em uma família que não tem nada para oferecer à ela. nós preferimos não trazer crianças ao mundo, do que trazer e larga-las nas estradas, lixeiras ou orfanatos.

  1. Senhoras do MULHERES CONTRA O FEMINISMO, desejo que Vossas Senhorias leiam a letra da música “JUDAS”, do cantor Raul Seixas, que é um fá sustenido menor, abaixo:

    “Parte de um plano secreto
    Amigo fiel de Jesus
    Eu fui escolhido por Ele
    Para pregá-Lo na cruz
    Cristo morreu como um Homem
    Um Mártir da Salvação
    Deixando para mim Seu amigo
    O sinal da traição.

    Mas é que lá em cima
    Lá na beira da piscina,
    Olhando simples mortais
    Das alturas fazem Escrituras
    E não me perguntam se é pouco ou demais

    Mas é que lá em cima
    Lá na beira da piscina,
    Olhando simples mortais
    Das alturas fazem Escrituras
    E não me perguntam se é pouco ou demais

    Se eu não tivesse traído
    Morreria cercado de luz
    E o Mundo hoje então não teria
    A Marca Sagrada da Cruz
    E para provar que me amava
    Pediu outro gesto de amor
    Pediu que O traísse com um beijo
    Que minha boca então marcou.

    Mas é que lá em cima
    Lá na beira da piscina,
    Olhando simples mortais
    Das alturas fazem Escrituras
    E não me perguntam se é pouco ou demais

    Mas é que lá em cima
    Lá na beira da piscina,
    Olhando simples mortais
    Das alturas fazem Escrituras
    E não me perguntam se é pouco ou demais”

    Agradeço-lhes de todo o meu coração! Obrigado!

  2. Feministas simplesmente não conseguem admitir que a maioria dos homens não gostam de mulheres rodadas para relacionamentos, enquanto mulheres não vêem problemas ou até preferem homens rodados para relacionamentos.
    Igual a maioria das mulheres não gostam de homens magrelos e gordos para relacionamentos, enquanto homens não vêem problemas em se relacionar com magrelas e gordinhas, desde que seja casta e apenas dele.

    Ótima refutação.

    Muito interessante um movimento que visa a “liberdade extrema” FORÇAR homens a aceitar mulheres que transam no primeiro encontro e que são rodadas. Enquanto blogueiras feministas não dizem um único piu sobre o fato de mulheres preferirem o garoto da escola que pega várias e descartar o garoto que é amiguinho dela e de outras.

    Ou seja, a maioria das mulheres preferem homens “com pegada” que já pegaram outras do círculo social e está tudo bem. Mas homens não podem preferir mulheres castas que foram usadas sexualmente apenas por eles.

    Feminismo é a ideia confusa de que podemos ser iguais se focando apenas em um lado.

    • Gostei especialmente do ” ‘usadas’ sexualmente apenas por eles”, ta certíssimo hein! Ó, palmas pra você, e pra esse texto inteligentíssimo aí.

  3. “Em resumo você é uma pessoa frustrada, amargurada e revoltada. Você se entregou para um cara que nem conhecia direito e de primeira. Você não conhecia ele e nem os valores dele (lembre, PRIMEIRO ENCONTRO) mas caiu no conto da feminista “vadia e liberal” e se ralou. Agora a culpa é do planeta pois você não se precaveu e não foi responsável. Guarde a sua amargura para você. E por favor, sem vitimismo.”

    Simplesmente perfeito. Ela se entregou para o cafajeste que nem conhecia direito, se ferrou e agora a culpa é de todos os homens por ele ter usado ela e depois traído ela.
    Incrível como todas as feministas são iguais.

    Quando dizem para as mulheres não se entregarem no primeiro encontro é justamente para se prevenir de caras assim as usarem e depois as traírem ou as descartarem.
    Isso que dá se relacionar com caras que nem conhecem direito.

    Pregam uma coisa, sofrem as consequências do que pregam, mas não admitem que isso aconteceu porque pregam transar no primeiro encontro com um cara que nem conhece.

  4. Wolf o que você falou é pura hipocrisia,a pessoa diz valorizar algo mas não pratica o que ela mesmo supostamente valoriza(isso vale para todos), a não ser que o cara seja virgem,ele não tem moral nenhuma de exigir que uma mulher seja casta,a virgindade é tão maravilhosa e admirável mas parece que para muitos homens ela não serve,tem homem que é mais rodado que prostituta e exige mulher virgem.

    Eu acho que se valorizar é não transar com quem você mal conhece como é o costume de muitos hoje em dia,eu sinceramente não fico com homem galinha que pega qualquer uma,mas tem homem que jura que quem transa no primeiro encontro não vale nada mas o sujeito faz a mesma coisa,é hipocrisia demais,para mim quem faz isso, não tem moral para exigir coisa nenhuma.

    Quanto as feministas,é o choramingo de sempre,tudo é culpa do patriarcado,ela escolheu o traste e agora diz que não tem culpa de nada?
    Estava tão desesperada para ter alguém que saiu com o primeiro que apareceu sem conhecer direito,tenho uma prima que é lésbica e é assim mesmo,sai com a primeira que aparece,conheceu uma mulher pela net,em 2 semanas se enfiou na casa dela e levou na cara,a mulher era doida e meteu a porrada nela.
    Pelo menos ela não ficou se vitimizando como as feministas.

    • Não é hipocrisia, é escolha pessoal.
      Se mulheres virgens não vêem problemas ou até preferem homens galinhas, é escolha delas.
      Já a maioria dos homens virgens, não-virgens e rodados preferem mulheres castas, isso é escolha deles.

      Feministas estão forçando uma preferência para os homens (chamando-os de machistas, opressores, “ninguém é obrigado a se reservar para o outro”, ela fica com quem quiser, etc) ao mesmo tempo que falam em “liberdade sexual extrema”.
      O que as feministas estão fazendo que é hipocrisia. É um duplo padrão moral, bem típico de movimentos esquerdistas.

    • A maioria das mulheres prefere um homem rico do que um homem de classe média, mesmo a maioria sendo de classe média.
      Isso também é escolha pessoal.

      • Exatamente. É algo patente isso: mulher que procura homem destacado no meio social.
        Escolhem ou o modelo alfa ou o cafajeste. Aí pensa que vai converter o cara…ahahahaUHUAHUHAUahahahahaa

        Todo cara que tem destaque satifsaz uma necessidade biológica da mulher: HIPERGAMIA. Mas a mulher que não é casta não satisfaz a necessidade biológica do homem: FIDELIDADE.

        Entendeu: se queres realmente exigir igualdade de direitos, então pense em abaixar seus padrões biológicos de exigência e se relacionar com homem comum? Se não querem, então não tem moral nenhuma pra exigir que homem alfa ou cafajeste que haja diferente.

  5. Concordando ou discordando de sexo no primeiro encontro o interessante é ver aqui mais um caso de “eu faço o que eu quiser mas nunca vou me responsabilizar pelos minhas más escolhas” regurgitado o tempo todo pelas feministas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s