Nigéria: Ao sequestrar meninas chamam a Delta Force. Ao matar meninos, ninguém se importa

Padrão

AFP 528338493

Alguém anda acompanhando o caso do sequestro das meninas na Nigéria?

O grupo radical islâmico Boko Haram (cujo nome significa figurativamente “a educação do Ocidente ou não-islâmica é pecaminosa”) está numa empreitada contínua a mais de 5 anos para implantar a ferro e fogo o califado na Nigéria. Querem acabar com o modelo educacional Ocidental por este ser do “mal e opressor”. Seriam os Ocidentais que nos obrigam a usar burcas? Que nos apedrejam? Ah, claro toda cultura é relativa, né? Ninguém pode julgar ninguém, tudo é certo e nada é errado, né?

Tais “revoluças de uma cultura diferente” queimam igrejas, matam cristãos e se opõem à educação ocidental (baseada no cristianismo). Eles já implantaram a Sharia no norte da Nigéria e tentam com todas as forças implantar a Sharia no Sul, que até então possui resistência cristã, que rejeitam a Sharia.

Pois bem, religiosos assassinados em massa, igrejas queimadas… estava tudo delicioso demais para o establishment, ATÉ que o grupo resolveu sequestrar cerca de 200 garotas (muitas delas cristãs) em oposição à educação das mulheres, alegando que estas “seriam vendidas para serem esposas e renunciar a imoralidade ocidental”.

Foi o que bastou para o establishment e todo o beautiful people lançar campanhas e hashtags: #bringbackourgirls (“tragam de volta nossas garotas”). A partir daí está havendo um pandaemonium midiático em torno do grupo Boko Haram: quem são, o que querem, o que as autoridades internacionais precisam fazer, etc.

O que a mídia feminista (que apoia os terroristas) NÃO CONTA é que, MUITO ANTES do Boko Haram sequestrar as 200 garotas, eles já participavam a anos de ataques em escolas para massacrar com requintes de crueldade EXCLUSIVAMENTE MENINOS.

Os garotos que tentam fugir tomam tiro na nuca, os que não fogem têm suas gargantas cortadas ou são queimados vivos por serem “infiéis” ou “hereges”, enquanto os militantes muçulmanos poupam as garotas dizendo para elas saírem dali seguras, para que “se casem, sejam submissas aos maridos e renunciem a educação ocidental.”
Algumas delas foram levadas às suas casas em segurança pelos próprios militantes muçulmanos.

Enquanto apenas garotos estavam sendo massacrados, para o establishment ocidental não houve problema algum. NINGUÉM do establishment mencionou uma única vez os garotos executados, degolados e incinerados.

A psicopatia feminista é flagrante e abre margem para várias considerações:

– Feministas do Ocidente exigem que as garotas sejam libertadas: QUEM É que terá de ir combater os radicais islâmicos para libertar essas garotas inocentes? O Jean Wyllys? A Lola? Ou o homem ocidental, de valores cristãos, “machista”, “estuprador em potencial”, “opressor” e “escravizador de esposa” apoiado por esposas que sabem o valor da liberdade e por piedade querem resgatar alguém?

Feministas “fortes e independentes” tiram a roupa e querem dar para 6 e ainda abortar rsrsrsrsrs. Muito guerreiras que mentem ser. Mas o mais engraçado que nesta luta por “igualdade pelo mundo paz e amor” as feministas nunca falam sobre assassinato de meninos justamente por serem homens. Meninas que podem vir a ser simpatizantes do feminismo ou usadas como massa de manobra sempre possuem “umas feminista paz e amor” como “defensora”.

PS: A comunidade antifeminista lançou a hashtag #avengeourboys (“vinguem nossos garotos”).

Mais uma mulher anti-feminismo, Erin Pizzey, se pronunciou na Inglaterra:

“I am furious. The Guardian newspaper today in their G2 magazine wrote a three page article on The Nightmare in Nigeria. They mention only girls have been kidnapped. They refer to “girls” and “pupils” no a word about the boys that have been slaughtered and some burnt alive. Please everyone email to guardian.letters@theguardian.co.uk

Add your name your full postal address and your telephone number. They do not print private details”.

Ou seja, se a criança for menino pode ser morto, queimado, degolado que nem a mídia se importa.

»

  1. Realmente é isso o que acontece, feminazista aparecem na tv para reclamar e ofender os opressores mas nenhuma delas pega o fuzil e vai la se arriscar pra tentar salva as crianças

  2. nessas horas que a gente vê como as feministas querem o bem de “todos”,ignoram completamente que esse grupo é violento com qualquer um e distorcem tudo para parecer machismo e ódio contra mulheres.
    espero que elas viagem até lá e mostrem os peitos para ver se resolve alguma coisa.

    • Eu não sabia que isso estava acontecendo, porque como muitos dependo da mídia e isso não aparece. Que Deus possa ajudar esse povo a sair desse sistema, que mata e sequestra!

  3. Quem mais sofre violência urbana e doméstica são os homens, mas na cabeça das feministas precisamos de mais leis contra a violência exclusivas para mulheres.

    Quem mais foram massacrados e executados por esse grupo islâmico foram homens e meninos, mas as feministas começam a fazer militância pela internet e pela mídia quando mulheres e meninas são “apenas” raptadas por esse mesmo grupo.

    Não há palavras para descrever o quanto a cabeça das feministas é completamente errada.

    E lembrem-se, foram as próprias feministas que se advogaram o direito de apenas elas “lutarem pela igualdade”, “lutarem por um mundo melhor”, “não precisamos do masculinismo porque o feminismo já luta por igualdade”, então SÃO ELAS QUE PRECISAM LUTAR PELO HOMENS, repito, SÃO ELAS QUE PRECISAM LUTAR PELOS HOMENS.

    Entendam uma coisa, em um mundo onde já há (há muito tempo) direitos e deveres iguais para homens e mulheres e seu grupo/movimento continua apenas se focando nas mulheres (ou não se foca 50% mulheres e 50% homens ou ainda possui um nome sexista “Feminismo”), seu grupo/movimento NÃO ESTÁ LUTANDO POR IGUALDADE/DIREITOS IGUAIS. Tente entender algo simples.

  4. ”E lembrem-se, foram as próprias feministas que se advogaram o direito de apenas elas “lutarem pela igualdade”, “lutarem por um mundo melhor”, “não precisamos do masculinismo porque o feminismo já luta por igualdade”, então SÃO ELAS QUE PRECISAM LUTAR PELO HOMENS, repito, SÃO ELAS QUE PRECISAM LUTAR PELOS HOMENS.”

    Muito bem observado Wolf.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s