Vamos falar de racismo no dia Nacional da Consciência Negra?

Padrão

Um dos grupos que mais apoia as feministas é o grupo dos militantes da Consciência Negra.

Assim como as feministas lutam pelo poder para elas mesmas ,criam leis especiais para se protegerem e mesmo assim dizem lutar por “igualdade”, o grupo dos militantes de pessoas de cor negra age da mesma maneira.  Os militantes em muito diferem de negros que querem  ter sucesso sem migalhas. Os militantes usam de jogos marxisas para ter leis especiais. Tanto os militantes negros, como os militantes GLBT estilo Jean Wyllys como as feministas usam daquela tradicional jogada marxista cultural de opressor- oprimido. Ambos os grupos usam e abusam da mentirosa dívida histórica (que cria mais revolta e divide cada vez mais a sociedade), politicamente correto e vitimismo.

Para variar, mais uma vez a verdade muito difere do que eles falam ou pregam. Isto sempre parece ser assim. Para uma pessoa normal a teoria se adapta a realidade. Com grupos marxistas culturais é o inverso. Para eles/elas, a realidade é errada e deve se adaptar a teoria. Maldito mundo real opressor rsrsrs.

Claro  que pessoas brancas escravizaram pessoas negras. Todo mundo estuda isso e na nossa escola “brazireira” isto sempre é tido como o conto branco mau x negro bom (tática herdada do marxismo opressor x oprimido).  Isto é sempre pregado nas nossas escolas e na nossa cultura. O fato que muitos escondem por falsidade intelectual, por vitimismo e truques marxistas culturais é  o fato que negros escravizavam, negros podem ser racistas, negros ainda escravizam hoje negros e escravizaram brancos. Ou seja, o racismo existe independente de cor da pele.

Deveríamos estudar a realidade e saber os dois lados. Mas isto é censurado por politicamente correto e outras manipulações marxistas.

Observem FATOS:

Francisco Félix de Sousa  foi o maior traficante de escravos brasileiro. Era mulato. Vivia em uma época que negros guerreavam contra negros e vendiam outros negros como escravos.Na verdade isso existe ainda hoje. Basta se informar mais sobre as guerras tribais e civis em continente africano.

Che Guevara, tido como modelo de “Heroísmo” (na verdade de Heroísmo marxista para desavisadas e desavisados) detestava pessoas negras assim como homossexuais ( os assassinava a sangue frio) e estuprava mulheres. Mas no Brasil politicamente correto marxista virou um “libertador” defendido em Universidades brasileiras por professores cegos e doutrinados que lavam ainda mais a mente de estudantes e inocentes que ainda acreditam no “perfeito” mundo melhor. Feministas, homossexuais e o movimento negro acham Che Guevara o modelo a ser seguido.

Esta curiosidade nos foi dita por uma amiga negra africana com cicatrizes no rosto como as da pessoa foto acima. Ao perguntarmos porque ela possuía  cicatrizes no rosto ela respondeu que  que as pessoas de  tribos africanas fazem cicatrizes no rosto para se reconhecerem durante uma guerra contra outras tribos. Isso agora virou uma tradição.  Explicando como ela nos explicou: duas tribos entram em guerra e uma quer acabar com a aldeia alheia e os seus habitantes. Ambos os grupos formados por pessoas negras parecidas. Para evitar que pessoas da mesma tribo se matem durante o combate, eles se identificam com pequenas cicatrizes feitas no rosto. Cada tribo possui um diferente tipo de cicatriz.

Zumbi, criado pelos marxistas culturais como o maior herói negro do Brasil , o homem em cuja data de morte se comemora em muitas cidades do país o Dia da Consciência Negra, mandava capturar escravos de fazendas vizinhas para que eles trabalhassem forçados no Quilombo dos Palmares. Também sequestrava mulheres, raras nas primeiras décadas do Brasil, e executava aqueles que quisessem fugir do quilombo. Décio Freitas, Joel Rufino dos Santos e Clóvis Moura fizeram do líder negro do século 17 um representante comunista que dirigia uma sociedade igualitária. Para eles, enquanto fora do quilombo predominava a monocultura de cana-de-açúcar para exportação, faltava comida e havia classes sociais oprimidas e opressoras (tudo de ruim), em Palmares não existiam desníveis sociais, plantavam-se alimentos diversos e por isso havia abundância de comida (tudo de bom). «Nesta bibliografia de viés marxista há um esforço em caracterizar Palmares como a primeira luta de classes na História do Brasil», afirma a historiadora Andressa Barbosa dos Reis em um estudo de 2004.

Deixamos a dica deste livro . O livro White Slaves, African Masters ajuda a retratar um pouco como estes grupos como feministas e defensores de movimentos que se baseiam na cor da pele  ou tipo de sexo para conseguir poder praticam censura e patrulhamento. Pessoas negras que são contra o coitadismo e vitimismo que o movimento racialista negro prega também sofrem assim como sofrem mulheres contra o  feminismo ( nosso caso). Estes movimentos usam de patrulhamento, censura e um apelo coletivo barato para pregar as suas teorias que escondem muitos podres como falamos acima.

Uma pessoa muita inteligente como Thomas Sowell desmascara os coitadistas abaixo.

Bom lembrar que assim como existe o racismo de negros contra branco ,brancos contra negros e de negros contra negros, também existe o racismo de brancos contra brancos como na frase “No blacks, no Irish, no dogs” retirada do livro SAS Operation Storm e que conta a história de um soldado de origem irlandesa  nas forças especiais do Reino Unido.

 

»

  1. concordo com tudo,para elas os brancos de hoje tem que pagar por tudo que os brancos do passado fizeram e esquecem convenientemente que negros também escravizavam outros negros,elas dizem lutar por eles mas ignoram os negros que acham isso uma palhaçada porque elas sim são donas da verdade.
    e para feministas ,o racismo só existe contra negros,se uma pessoa branca,judia,japonesa for xingada não é nada demais.

      • No blog do “maravilhoso mundo da lola” eu estou bloqueada somente porque defendi que ao invés de cotas para negros deviam melhorar o ensino publico para TODOS. Entao agora sou a racista…… Racista? Racismo é tratar os negros com vitimismo nao dando uma educação decente e sim um tapinha nas costas.

      • é o assistencialismo barato que elas defendem,eu vi você tentando argumentar com a tal roxy,.bastante histérica por sinal,que só disse coisas sem sentido na tentativa de te ridicularizar,quando elas n tem mais o que falar usam o “mimimi” kkkkkkk
        eu postei lá a incoerência de lutar contra o racismo com um ídolo que escravizava negros(zumbi),claro que não postaram.

        só pego mais nojo dessas feministas

  2. Concordo em gênero, número e grau com o post e com vc, suelen.
    Sobre o che e os esquerdinhas lá no blog da lola fui linchada por dizer que che era um assassino, zumbi escravocrata…o blog deveria se chamar “o mundo maravilhoso de lola” onde che foi mais defensor dos fracos e oprimidos que superman ou o zorro e zumbi exemplo de cidadania.

    Quando vc diz que é contra cotas e a favor da meritocracia, de melhorar a escola publica para TODOS japoneses, brancos, negros, mulatos, índios vc é racista…
    Mas tudo bem se isso significa piora da qualidade de ensino das escolas e faculdades. Para que se esforçar e melhorar o ensino? Vamos ficar aprovando, pão e circo, mais fácil (ironia)

  3. Parabens pela honestidade de voces mulheres do blog, tanto as que editam como as que acompanham, apesar do feminismo tentar subornar voces com os privilegios que dao as mulheres, a honestidade fala mais alto em voces.

    Se nao fosse por esse blog eu nunca saberia que os negros nao foram tao vitimas assim, aqui tive uma aula de hostoria que nao ensinam na escola.

    Precisamos combater a esquerda no geral, o feminismo tbm, mas quem quer fazer isso tem que usar a inteligencia, nao adianta ficar se revoltando, a esquerda e muito esperta, temos que usar da mesma coisa, revolta nao vai acabar com as feministas, so vai fortalece_las, elas vai dizer que estao sendo oprimidas e vao ficar mais fortes…

    As feministas deixam mesmo qualquer homem revoltado, quando elas começam a abusar dos direitos e a discriminar os homens, a nos chamar de machistas, dizer que nao temos sentimentos, que so o que sabemos causar mau as mulheres, que somos incapazes de amar uma mulher, que so nos casamos pra ter uma escravinha, isso nos ofende muito, e como acusar uma mae de odiar seu filho, assim como a mulher tem o instinto materno, o homem tem o instinto de querer proteger e dar conforto a mulher, por isso dizer que a gente quer causar mau a mulher e ofencivo para gente e nos deixa triste,as pata feministas homens sao pedras nao tem sentimento, nem sofre, vivem dizendo: ” homem nao sofre”.

    A maioria dos misoginos tem tendencias gay, isso as feministas nunca falam, mas quando veem algum machista assumido logo chamam ele de gay, mas negam que gays possam ser machista, muita hipocrisia e as pessoas nem notam isso.

    Hoje em dia para escolher a mulher certa tem que perguntar: “esquerda ou direita? ” e so escolher a direita.

    • Oi Diego, olha quanto ao instinto materno nao sei, eu nao sou feminista e nao tenho muito nao…. Claro que se engravidasse com certeza mudaria de opinião. No demais concordo com tudo o que vc disse.

  4. oi,encontrei esse blog tem uns dias e estou adorando,estava cansada de tanto ouvir abobrinhas das feministas e já estava achando que era a única que discordava delas.
    quero dizer que sou negra e que sou contra cotas,isso para mim já soa como racismo,parece que somos inferiores e precisamos de esmola do governo.
    deveriam melhorar o ensino como um todo,para que todos tenham oportunidades iguais mas isso não cola com as feministas adeptas do coitadismo.
    e a tal divida histórica,para mim é uma piada,os únicos que merecem reparação são os negros que de fato foram escravizados e isso não vai acontecer nunca porque obviamente já morreram e os únicos culpados disso são os brancos do passado que também não tem como pagar.
    não faz sentido para mim os brancos de hoje que nada fizeram terem que pagar por algo do passado e os negros de hoje que não são escravizados terem que receber reparação.

    e sempre me irritou o papinho delas de que os negros não conseguem isso ou aquilo só por serem negros,nem sempre,depende de várias coisas,eu sempre fui estudiosa ,me esforçava na escola,consegui passar num colégio público que tinha ótimos cursos técnicos e hoje eu tenho um bom emprego e salário,enquanto eu estudava na escola ,o que alguns alunos tanto brancos quanto negros faziam?
    perdiam tempo zuando os outros, se lixavam para as matérias,atrapalhavam quem queria estudar e se hoje em dia eles estiverem em um emprego ruim por falta de qualificação ,a culpa é de quem? deles ,que tiveram oportunidade e não aproveitaram!

    no meu trabalho tem uma das feministas mais nojentas que eu já vi,periguete,dá em cima de todos os caras no trabalho descaradamente porque ela se diz “moderna” e isso ao mesmo tempo que diz que todos os homens são uma porcaria,me criticou por eu ter casado virgem,que absurdo né ,casar virgem,ter esperado por alguém que eu realmente amasse e me amasse também , não acho que qualquer seja obrigado a isso,mas foi minha opção.
    quando contei isso,só faltou me bater,disse que eu era uma otária,submissa ao patriarcado,que todos os homens não prestam,que para compensar minha burrice eu deveria trair meu marido,porque na opinião dela, ele me trai e sempre me traiu.

  5. Caramba, quanta abobrinha escrita aqui! “Feministas lutam pelo poder para elas” e “criam leis especiais para se protegerem”? Como assim? Feministas lutam para que as mulheres deixem de sofrer com segregação, violência e preconceito! Sim, existem mulheres que sofrem pelo simples fato de alguns homens acharem que a mulher é um ser inferior e por tanto podem subjugá-las. Feministas lutam pela liberdade da mulher ser quem ela quiser e como ela quiser e não ser só aquilo que a sociedade espera dela. Agora, se vc que é contra o feminismo se sente feliz com a sua condição de submissão, se acha que tem que vestir uma roupa pra agradar seu homem (ou sua mulher), se acha que não pode desempenhar certas atividades pq “isso não é coisa de mulher”, se acha que o os homens agem da maneira como agem pq “homens são assim mesmo” tudo bem. Enfim, se vc acha que vc tem que ser de “tal maneira” pq as mulheres tem que ser de “tal maneira”, tudo bem. Permaneça na sua condição de submissão, achando que “as coisas são assim pq tem que ser”, agora saiba que toda essa condição que te cerca é construída socialmente e historicamente e essa construção não se dá por acaso. Existe sim uma relação de dominação implícita e isso vai muito além da perspectiva marxista.

    Sobre os negros terem escravizados outros negros, não sei pq o alarde disso. Isso não devia ser novidade pra ninguém minimamente intelectualmente desenvolvido. Durante a história da humanidade, vários povos guerrilharam e escravizaram vários outros povos, branco contra branco, índio contra índio, amarelo contra amarelo, isso vc deve saber tb. Agora, algo que talvez vc não saiba ou esteja desonestamente é que a escravização muito raramente se dava pela questão da raça. Entre os povos mesmos havia o costume de subjugar os povos conquistados, por uma questão de estratégia na política de expansão do poder respectivas tribos. O que acontece com o modelo escravista europeu é que este adota um modelo acima de tudo racista, os negros não são escravos pq são povos subjugados pela guerra, aqui os negros são escravos pq são negros, pq são considerados corpos sem alma, pq são considerados humanamente inferiores!

    Vou parar por aqui, pq não sei se faltou (in)formação pra vc, ou se vc está sendo intelectualmente desonesta.

    *Ah, e eu espero que vc não faça a associação do emprego da termo “intelectual” ao intelectual da academia pomposo e vaidoso. Aqui a intelectualidade se faz no sentido da inteligência mais pura mesmo.

    • Mas um adendo: sério, me explica qual o propósito desse seu post: se os negros escravizava os outros negros então eles não são tão coitadinhos assim e tinham mais é que ser escravizados mesmo?

      E sobre as leis que as feministas criaram, me diz uma específica criada por feministas exclusivamente para feministas!

      Atacando o feminismo e o marxismo assim eu só posso concluir que vc acha que tá tudo bem né? Que a sociedade não precisa de mudanças. Nossa, que inveja de vc. Queria poder pensar assim tb.

  6. Bem que eu tinha ACABADO com a vida dessas FEMINISTAS, desses NEGROS RACIALISTAS E RACISTAS, principalmente contra os brancos. Se xingarem uma pessoa branca de “BRANQUELA AZEDA”, até mesmo por ser loira, ou uma pessoa japonesa de “JAPA”, “JAPINHA” ou qualquer outro nome ridículo, eu dava uma BELA SURRA para que essa pessoa aprenda a respeitar mais as outras de sua natureza. Homem ou mulher, não importa. Eu bato em quem for. CHEGA DE SEXISMOS E DE DISCRIMINAÇÃO!!! Isso já é o bastante para essa GENTE MEDÍOCRE, com IDEIAS RIDICULAMENTE FEMINISTAS E RACIALISTAS POR PARTE DESSES NEGROS IMUNDOS AÍ, que NORMALMENTE SÃO MUITO FEIOS, assim como MULHERES desse país e do resto das Américas e da África. O que acham? Não adianta remover esse meu comentário porque esse é de RETRATAR A VERDADE e dar uma BELA E MERECIDA LIÇÃO nessas FEMINISTAS IMUNDAS E nesses NEGROS RACISTAS que SE ACHAM OS DONOS DA RAZÃO E DA VERDADE, e são uma AMEAÇA À HUMANIDADE, AINDA MAIS com esses FUNDAMENTOS RACISTAS E SEXISTAS. Isso me dá RAIVA, ÓDIO DE MATAR, enfim. O texto falou CLARAMENTE a respeito disso. E SÓ A VERDADE.

  7. Essa pergunta não tem muito haver com o tema ,mais me conte de que forma vocês são vitimas do feminismo ? Mesmo você não concordando com as ideologias feministas . Tudo bem vocês tem todo direito de concorda ou discorda de algo mais queria entender do porque vocês são ”vitimas” . Em que a liberdade(em todos os sentidos) de uma outra mulher vai afetar na suas vidas ?

  8. Tem razão zé,qual o problema de usar o zumbi q escravizava negros para lutar contra racismo e pagar a tal divida histórica.
    Se tiver algum movimento para ajudar os judeus ,usem o hitler como símbolo.
    Muito coerente.

    • Olha, pelo que sei Zumbi morreu defendendo os negros fugidos das casas grande. Foi capturado e torturado até a morte por senhores brancos. Isso pq ele era dono do maior esconderijo de negros do Brasil. Isso me foi ensinado ao longo da vida por vários pesquisadores e professores de história, pessoas sérias que estudaram sobre o assunto, agora se algum blog diz o contrário, quem sou eu pra contestar né…


  9. e só pq somos contra feminismo,n significa que somos machistas ,me espanta vc defendendo feministas que dizem q pelo menos 99% dos homens são estupradores,se uma delas fizer uma merda qualquer,vão jogar a culpa em vc e no resto dos homens.

    • Suelen e demais meninas, pode parecer que eu estou subestimando a inteligência de vcs, mas cabe a vcs refletirem e modificarem seus pontos de vista posteriormente, pois bem: todo grupo é composto de um sub grupo mais exaltado, isso é regra, e muitas vezes esse sub grupo não necessariamente defende as mesmas ideias que o grupo o qual representa, pelo contrário, muitas vezes essas ideias são distorcidas propositadamente. É o que acontece com o feminismo. Vcs não são contra o feminismo, pq vcs simplesmente não o conhecem! Vcs conhecem uma versão superficial e caricata do movimento. Vcs conhecem mulheres radicais misândricas (que pregam o ódio ao sexo masculino) e se dizem feministas, e vcs atribuem a essas mulheres a figura do feminismo, o que é um erro. Eu mesmo conheço feministas de verdade e não vejo nada demais nelas, são pessoas normais como qualquer outra. A única diferença é que elas estão sempre atentas as injustiças e opressão machista (ser contra o machismo não é ser contra os homens, tomem nota). Eu tenho exemplo dentro de casa. Tenho uma namorada feminista e minha irmã tb é feminista, super bem casada com um cara maravilhoso. Sabe, é como se vcs pegassem um modelo estériotipado da novela das 8 da globo e aceitassem aquilo como um retrato fiel da realidade, não façam isso, é um insulto a vcs mesmas. Agora eu peço que reflitam sobre o que eu lhes disse e procurem conhecer o movimento feminista verdadeiro, o sem radicalismo, sem discurso de ódio.

      Não sei se a administradora da pág tb tem uma visão distorcida dos fatos ou se age de má fé, tentando manipular uma massa de manobra contra o “feminismo”, mas é bom sempre ficar atento a esse tipo de gente.

      Espero não ter ofendido, nem subestimado a inteligência de ninguém

      Abraços.

      • Zé,a resposta que você deu à Suelem,é a que tenho recebido nos últimos dois anos,quando comecei a ficar incomodado com as afirmações feministas de que todos o homens são estupradores e agressores.A maioria dos homens se revoltam com isso porque tal afirmação nega ao indivíduo homem a capacidade de agir sob preceitos morais.Além de nos tratarem como a parte inferior da espécie por nossa suposta falta de conceitos morais,para provar sua tese afirmam que se um homem ainda não estuprou,vai estuprar,poderá não fazê-lo por medo das leis ou apoiará o crime com a tal da “cultura do estupro”.
        Eu devo ter lido centenas de artigos sobre este assunto,escritos por feministas,só um admitia claramente que o estuprador age por impulsos diferentes do fato dele ser homem.Todos os outros nos fazem sentir um lixo,com raiva dos outros homens,porque nós sabemos o que está dentro de nossa mente e,no meu caso,eu sei que nem mesmo sob tortura faria tal coisa,e se formos uma exceção e a maioria for o que dizem,o melhor era acabar com a raça homem.
        Comecei a avaliar os homens com quem convivo,falar sobre isso com eles,lendo os comentários dos homens na rede,vi que a maioria é como eu,que é uma enorme injustiça lançar sobre os ombros de todos os homens as culpas de uma minoria deles.
        Então a resposta que você deu é falsa,é a minoria das feministas que enxergam os homens como seres iguais as mulheres.O discurso feminista que aparece é esse que lança a culpa de todos os males sobre os homens.Não vale a outra resposta padrão que o que se condena é o machismo,não o homem.Não vale porque quando é proposta uma ação prática para resolver algum problema,a solução feminista geralmente é mudar alguma coisa no homem,por exemplo,no caso do estupro,tem a famosa frase feminista”não nos ensine a nos proteger,ensinem os homens a não nos estuprarem.”
        Se esta frase fosse aplicada como uma lei,chegaríamos no mesmo lugar,porque os homens são ensinados desde bebes a não violentarem,a maioria aprende e respeita as mulheres,a questão é que uma minoria sempre irá agir contra a lei,não haverá educação que resolva isto .A solução está em outro lugar.

      • Não posso discutir sobre os artigos que vc leu, pq não os li e se tivesse lido, certamente não teria lido com o mesmo olhar e a mesma perspectiva que vc. Se a culpa do estupro não está no estuprador, em quem estaria? Sério, me responda, essa não é uma pergunta retórica. Não entendi o seu ponto de vista realmente. O que posso afirmar é que uma das lutas feministas é sim pela desculpabilização da mulher em casos de violência sexual. Vestido curto, saia, shortinho não devem servir como justificativa para nenhum tipo de atrocidade. Vc acha mesmo que a mulher tem que se proteger? Evitar ser “provocativa”? Se vc pensa assim então vc mesmo está ofendendo e nos condenando a condição de animais selvagens.

        E se elas fazem uso do termo “homens” no seus textos, cabe a quem lê ter a iniciativa de fazer ou não a generalização, não é verdade?

      • Zé, eu até acredito na tua boa intenção de querer explicar o que é o feminismo. Más eu vou te provar que vc está errado. E que o feminismo não quer igualdade, e sim PRIVILÉGIOS.

        Agora me responda:

        Você já viu feminista lutar pelo direito de se aposentar na mesma idade que o homem?

        Já viu cartazes na marcha das vadias elas brigando pelo direito de trabalhar nos empregos mais HUMILHANTES,INSALUBRES,PESADOS E PERIGOSOS possíveis, como:construção civil,estiva,na fossa dentro de esgoto,nas minas de carvão ou na guerra levando tiro de AK- 47 nos lombos?

        Elas lutam pelo direito de abortar, ou seja de ABDICAR a maternidade e não ser mãe. Experimenta vc Zé, chegar pra uma dessas feministas e falar que vc também quer o direito de ABDICAR A PATERNIDADE.

        Observe como as leis brasileiras trata o homem que não quer assumir sua paternidade. Agora observe como as feministas querem que as coisas funcionem. Ou seja, pela lógica feminista o homem que foge DA SUA RESPONSABILIDADE de ser pai tem mais é que se ferrar e mofa na cadeia, mas quando é a mulher nada deve ser feito, pois a mulher está exercendo a sua ”autonomia pelo seu corpo”.

        Na boa Zé, o pior cego é aquele que não quer enxergar. Se depois do meu comentário vc ainda achar que feminismo luta ”por direitos iguais”, tudo bem. permaneça na escuridão.

  10. eu quero defender os negros e dizer q quem cria leis de cotas nao sao eles, ao governates querendo corrigir erros do passado, eu nao vejo negros se fazendo de vitimas minha familia tem muitos e eles trabalham sem precisar disso. E se acha q os negros se fazem de vitimas, vejam entao o exemplo judaico. Eles tem dminio de toda hollywood e midia americana, qnts filmes de judeus bonzinhos x alemaes malvadinhos vcs ñ ja viram? E q muitas vzs levaram a estatueta do Oscar. E qnts filmes nostrando um lado da populaçao alema q tbm sofreu com a guerra? Sao poucos! O filme “um homem bom” é excelente e nem sequer concorreu ao oscar pois o personagem principal era um soldado alemao. Entao ñ vem dizer q somente negros fazem isso, e se tem qm faça é uma parcela muito pequena.
    – e nao, eu ñ vim defender o feminismo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s