Mulheres x homens: Quando o governo do Brasil prega a segregação e chama isso de justiça

Padrão

Diapositiva1

As feministas lutam por direitos iguais, né? Nada disso. Aqui um exemplo real disso. Nós estamos dando passos na direção de um verdadeiro apartheid de “gênero” entre homem x mulher no Brasil e é bom que isso seja dito sem mentiras. A guerra que as feministas querem causar é clara de ver. Olhem este absurdo, a tal Lei 4.733

Sim, no Brasil foram criados lugares nos trens diferenciados entre homens e mulheres. Sim, alguns vagões por lei devem ser usados somente por mulheres e outros somente por homens. Tudo isso acontece nos trens da SuperVia e do metrô.

Isso nos lembra algo. Lembram dos casos do Apartheid na África do Sul ou nos Eua (em especial o Missisipi) aonde negros e brancos possuiam lugares diferentes?  Ou nos lugares da Europa aonde certas nacionalidades não poderiam se misturar com outras em trens, escolas, bares, etc.  Agora tudo issso mudou e o caso é entre homens x mulheres que devem POR LEI ocuparem vagões separados. E isso é obra das “santas” feministas governantes que mentem lutar por algumas coisa mas agem de modo inverso. E sempre tendo alguém como bandido, especialmente se tiver pinto.

A causa desta lei segundo as feministas “é impedir que os homens nos abusem e nos estuprem”. Aqui podemos ver feministas fazendo suas obras. Lembram daquela frase feminista “todo homem é um estuprador em potencial” ditas pelas feministas? Aqui esta frase aparece nesta lei absurda. Segundo elas, se todo homem é bandido como prega a linda filosofia feminista, melhor separar homens das mulheres. Claro, nada melhor que criar um trem somente nosso e que nos separe deles. Afinal, este é o verdadeiro objetivo feminista: nos separar e afastar dos homens e afastar eles de nós. Seria isso obra de feministas lésbicas? Pior de tudo é ainda falar sobre igualdade de direitos e  dizer que o feminismo é humanista. Hipocrisia que chega a doer na alma.

Outra frase de efeito feminista surge aqui: “Não ensine seu filho a estuprar para não serem estupradores na hora do transporte, no bar, na escola, etc”. Hello, feministas. Alguma pessoa normal ensina os filhos a serem estupradores? Alguém nos mostre isso por favor se existir. Alguma sociedade como o Brasil ou outro lugar Ocidental ensina os homens a estuprarem ou faz apologia ao estupro entre crianças? Alguma mãe ou pai que amam o seu filho ensinam meninos a estuprarem alguém? Isto é matéria hoje nas escolas? Que propaganda mentirosa terrorista feminista é essa? Tudo isso para causar medo e atrair mais simpatizantes para este movimento terrorista. Daqui a pouco falar com um homem vai ser o que? Crime?

Olhem o que afirma esta feminista que ainda mente nos representar, subsecretária estadual do Direito da Mulher, Ângela Fontes. Observem a sua frase  carregada de raiva feminista e frases de efeito feminstas. Direitos iguais? Amor pelo sexo masculino? Sei. Ela deve amar os homens assim como as gurus feministas amam sexo hetero.

“No Cedim, não recebemos reclamações, mas sabemos que a lei não é cumprida. Infelizmente, no país há leis que pegam e outras que não pegam. Mas uma lei nunca vai pegar quando há quadros de humor na TV fazendo piada com a situação. Os homens se sentem apoiados pela cultura machista patriarcal.”

Sim, claro. O tal patriarcado. Alguém ainda acredita nisso? Uma seita formada por possuidores de pinto para dominar o mundo e acabar conosco porque somos mulheres? Hello, feministas alucinadas merecem remédio tarja preta.

Claro que existem homens molestadores mas isso acontece não por eles serem homens e sim porque estes homens em particular são doentes, tarados, psicopatas. E se uma lésbica nos molesta? E se uma mulher molesta um homem como muito acontece hoje por algumas modernas que querem imitar homem cachorro? E se um gay molesta outro homem? E se alguém molestar crianças. Devemos agora criar vagões separados pelo gosto sexual, pela idade, sexo, etc, etc, para sermos politicamente corretas? E se um casal de namorados entrar no trem? Enfim, lei absurda e completamente idiota.

Querem solucionar o problema? Bem, apliquem leis duras, filmem tudo, melhorem a segurança para todas as pessoas. Realmente lutem por igualdade punindo a pessoa culpada de qualquer escolha sexual, gênero e sem deixar os “direitos humanos” aparecerem nesta hora. Tudo sem relativismos. Errou, paga proporcionalmente a crime. E por sinal muitas destas pessoas que reclamam por justiça ou de uma sociedade com muitos criminosos e violenta são as mesmas pessoas feministas defensoras dos direitos humanos que justificam tudo com o social (claro que existem casos reais, mas isso não justifica péssimas escolhas). Por isso ser bandido no Brasil sempre foi visto como legal. A sociedade apoia o bandido culturalmente.

Ainda existe feminista que diz que essa lei não funciona pois é Brasil, terra do jeitinho e somos “selvagens” comparados aos suecos (a terra perdida feminista). Sinceramente, esta lei é uma amostra da ditadura feminista aonde querem nos impor leis idiotas pagas com o bolso do contribuinte para  fazer engolir por politicamente correto o que as feministas querem, para nos afastar dos homens assim taxando eles todos como bandidos e outros motivos todos das feministas terrroristas. O marxismo cultural parece ter caido no gosto das pessoas aqui no Brasil.

Sou mãe de meninos. No futuro ser mãe de um algum menino talvez também seja crime. Pelas nossas leis e propaganda do governo, estamos nos encaminhando para um futuro assim.

 

»

  1. Quanto essas políticas de separar homens e mulheres é muito comum lá fora. Tem políticas em companias áreas que proíbem homens sentarem perto de crianças desacompanhadas, ou seja estão tratando o homem como possível pedofilo, aqui está a reportagem http://www.smh.com.au/travel/travel-incidents/seat-swap-outcry-moves-virgin-to-think-again-20120810-23y7q.html. Tenho um casal de filhos, ambos com 6 e 7 anos e temo pelo meu filho mais velho, se essa situação continuar que tipo de futuro ele irá ter? Será considerado um monstro só porque ele nasceu homem? Essas feministas doentes odiadoras de homens tinham que estar tudo presas.

    • A Letícia tem razão. Todas essas feministas doentes, odiadoras de homens, e ainda por cima LÉSBICAS, por serem exclusivamente protegidas por essa tal Lei Maria da Penha, deviam ser merecidamente presas. Ou então, MORTAS! Elas querem é SUPERIORIZAR as mulheres, e por culpa delas, nós homens estamos morrendo, ou chorando de solidão e de melancolia por causa disso. Um absurdo isso. Isso é o fim do mundo. Muito triste.

  2. É uma situação basatante dificil hoje no Brasil essa guerra dessas mulheres feministas que pregam igualdade mas que na verdade são divisões e poderia até dizer preconceito pelo sexo masculino.Será que essas mulheres não tem filhos e pais?!
    No Brasil o simples fato de o homem namorar uma mulher ou nem toca-la pode ser considerado estupro,pô uma mulher de mal intenção ela vai em qualquer D.P. e presta queixa sem o homem ter feito nada apenas para acusa-lo,sendo que no Brasil a lei condena várias pessoas inocentes!
    Antigamente era fácil encontrar uma namorada,paquerar,hoje em dia chamar uma mulher de bonita ou olhar para ela já é estupro,sendo que no nosso pais a mulher tem um belo corpo,anda de pernas e seios de fora,e com roupas contornando seus corpo.Daí vem a questão como uma mulher vestida sensualmente entra num vagão de um trem,é logico que homens vão olhar,ter desejo porque é da natureza masculina até lésbicas vão admirar,isso é que um abuso!Portanto,nisso as feministas não falam sempre os culpados são os homens!
    Agora elas partem para espalhar suas doutrinas pela as mentes das mulheres,generalizando que todo o homem oferece um risco para a mulher,aí não pode.
    Essas leis tem que ser revista,pois há uma ideologia que tá separando a mulher do homem,por conta de alguns homens que abusam,batem,e estrupa a mulher…aí tem q haver punição para quem faz isto,mas fazer Divisão e dizer que todo homem é estuprado aí não pode,estão excedendo.

  3. Agora aqui quem comenta é o Dausther Lorencini, e achei isso uma verdadeira realidade. Uma coisa pateticamente absurda, que é a segregação sexual. Eu lembro muito bem do apartheid na África do Sul (Pretória), nos EUA (Washington-DC), principalmente em Mississipi (Jackson), até mesmo de origens da Europa (Estrasburgo), ou seja, europeus e europeias discriminando regiões (franceses rejeitando italianos, alemães rejeitando franceses, etc etc), que isso? Essa lei 4.733 que vocês citaram, é prova que existe SEGREGAÇÃO SEXUAL. É igual às leis 7.716/1989, 11.340/2006, 12.015/2009, e até a PLC 122, todas consideradas de EXTREMA DEPRECIAÇÃO e POLITICAGEM AMALDIÇOADA. Além disso, criar meios de transporte para SEPARAR homens e mulheres, só por causa de assédio sexual, como trens, metrô e até mesmo ônibus, isso só porque muitas DESGRAÇADAS DESSAS MULHERES, por não gostarem de homens, ficam denunciando esses homens que abusavam delas, e os políticos de má índole, que criaram essa proposta maligna de segregação sexual, aprovaram essa PORCARIA, e ainda foi sancionada, para vigorar. Sinceramente eu NÃO gostei dessa nova lei. Feministas dizerem que “todo homem é estuprador” e querer nós homens na cadeia, ou mesmo extintos, aí elas NÃO MERECEM NEM PERDÃO DE DEUS! Dá uma RAIVA só de pensar em dar uma BOFETADA nos dois lados do rosto de cada FEMINISTA SATÂNICA, para que elas aprendam a RESPEITAR OS HOMENS, mesmo que eles sejam estupradores, tarados, pedófilos e até psicopatas, embora esses defeitos dos homens sejam doença, podem ter tratamento e serem curados. Mas isso é porque essa SENSUALIDADE DAS MULHERES, exibida pelas ROUPAS COLADAS AO CORPO GOSTOSAS (tanto curtas quanto longas), mesmo usando-as em casa, chama muita atenção deles, por isso eles ficam assim. E se um patrão transa com uma empregada por causa das roupas sensuais, e ela denunciar ele de abuso sexual? É estupro? Não, né? Mulher que provoca tem que dar para o homem, senão, ele a estupra mesmo, mesmo que sem motivo. Portanto, quero que essas FEMINISTAS CALEM A BOCA, e que essa SEGREGAÇÃO SEXUAL seja EXTINTA, todas estas leis que eu citei sejam REVOGADAS E BANIDAS da nossa Constituição (incluindo estaduais e municipais) e devolvam o espaço para ambos os sexos, assim, salvarão a união entre homens e mulheres. Isso é tudo que eu posso dizer. E para finalizar, quero dar PARABÉNS à esse texto que me chamou muita atenção e ao mesmo me deixou muito revoltado, e às MULHERES CONTRA O FEMINISMO, e homens também, claro. Afinal, eu também sou CONTRA esse FEMINISMO MALDITO. Vamos recuperar a IGUALDADE SEXUAL (igualdade de gênero, de homens e mulheres) e dar para essas FEMINISTAS SATÂNICAS o que ELAS merecem. Obrigado.

  4. Interessante que eu, mais de uma vez, ouvi comentários de mulheres dizendo que não vão no vagão feminino porque é pior que nos outros vagões. Disseram que ocorrem violências, como cotoveladas, mulheres que provocam brigas para sentar em algum lugar, e até mesmo assédio. Abraço.

  5. No Japão também tem um vagão separado para as mulheres usarem com exclusividade nos horários de pico. Achei aquilo bizarro e tirei várias fotos do vagão cor de rosa. Virou até motivo de piada, porque como era horário normal estávamos todos os colegas no trem – homens e mulheres – e ficamos “aterrorizando” eles dizendo que iam apanhar das japonesas. Depois fiquei sabendo que separaram os trems em razão das muitas reclamações de assédio. E dos processos contra os homens. Segundo me contaram, lá os homens tem até medo de andar nos trem perto das mulheres. Normalmente ficam todos com as mãos para cima, porque se esbarram, mesmo sem querer, são processados por assédio… Sempre vi isso como coisa de gente doente, e não necessariamente por ser homem. Não é porque tem alguns indivíduos que tem problemas mentais e se comportam como neandertais no cio que se deve condenar a todos, presumir que sempre são culpados, e segregar dessa forma. Isso é realmente triste.

  6. No Japão (Tóquio), na Europa (Estrasburgo), aqui no Brasil (Brasília-DF), em qualquer país, essas MULHERES que reclamam de assédio sexual e ainda têm a CARA-DE-PAU de DENUNCIAREM À POLÍCIA, e as autoridades ainda criarem LEIS VAGABNDAS como VAGÕES EXCLUSIVOS À ELAS? Isso me dá RAIVA!!! O FEMINISMO, por MAIS SATÂNICO que seja, é prova viva dessa DESGRAÇA. Mulheres feministas são TÃO LÉSBICAS, e tão CÍNICAS, que assim como o RESTO DO BANDO, deviam LEVAR UMA SURRA! Um CAIXÃO para SEPULTAR esse BANDO DE FEMINISTAS E SEXISTAS EM GERAL!!!

  7. Mais uma vez um texto masculinista e comnetários misóginos,ainda mais desse cara aí.Se fose mulher pregando amorte de homens,seria condenávela,agora um sujieto pregando amorte de mulheres pode??

    Toda política de igualdade é vista como ameça…qual é a de vocês então? Que aceitemos estupros,espancamentos? se nem todo homem é criminosos,por que eles não apóiam a campanha ao invés de ficar de mimimi babaca?

    Eu não sei o que as mulheres que dão apóio a este tipo de coisa ganham,mais cedo ou mais tarde,esses “nobres cavalheiros” que parecem nos defender,vão te tratar da mesma forma que tratam as “feminiazis” e as “vagabundas”.Mulheres machistas não estão á salvo num sistema que nos destrói.Mas vcs insistem…bom,que um dioia esse machismo volte contra vcs,ainda mais quando forem trocadas por vadias mais novas.

    • Mais uma vez um comentário feminista estúpido (com o perdão da redundância) e misândrico. Desses que se incomodam com qualquer mínima defesa que se faça dos homens, não dos que tratam mal as mulheres, obviamente, mas dos não poucos homens de bem, que respeitam o sexo oposto, e distam diametralmente de um potencial estuprador.

      Aí vem uma feminista toda “vítima”, com suas habituais falácias. Claro que nem toda política de igualdade é vista como ameaça, principalmente se centrar na busca por igualdade de direitos, não na discriminação imbecil que considera todo e qualquer homem um potencial criminoso. Veja como você mesma impõe condição para um homem não ser assim considerado: tem que apoiar uma campanha que institui a segregação por gênero, senão fica de “mimimi babaca”, é machista (inclusive as mulheres que os defendem), misógino ..

      Aliás, pegando gancho nesse tipo de alegação estúpida, devemos também observar que toda defesa dos homens é vista como ameaça, não? Qual é a de vocês, então? Que aceitemos prejulgamento imbecil e segregação:

      E ainda bem que há mulheres que não concordam (‘horror’…) com vocês, com seus clichês de *erda, com seu vitimismo cretino. Não, senhora. Essas mulheres não são machistas e elas nem se preocupam com sua torcida babaca e cínica para serem trocadas por “vadias mais novas”, até porque elas não são vadias. Quanto a estas, tem um bando de ridículas que se proclamam assim, mas é na corja feminista, aqui não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s