Crimes e problemas sociais: amostras do relativismo moral feminista no nosso dia a dia.

Padrão

Muitas pessoas feministas ou simpatizantes dizem não se sentir atingidas pelo feminismo e o seu  amigo, o relativismo moral no dia-a-dia. Na verdades elas se lamentam destas coisas mas quando convém, elas se tornam super mulheres ou super homens fortes, de aço e fingem que nada os abala. E no nosso grupo adoram postar e posar de pessoas paz e amor com problemas com as palavras limites, leis regras, sociedade, respeito e responsabilidade. Neste discurso delas que é pura utopia cegueira feminista taleban, o marxismo cultural as impede de ver as coisas abaixo. Se tudo “é permitido, nada tem limites e tudo é gosto e escolha que deve ser respeitado” o Brasil demonstra bem o futuro que quer ter e o que iremos deixar aos nossos filhos. Nosso governo deve amar o relativismo moral. O povo sente isso no dia-a-dia. E a propanda de liberdade e alegria do forte marxismo cultural no Brasil em praticamente todos os meios blinda os nossos ouvidos de fatos que sentimos na pele diariamente como estes abaixo. Se nada é errado e tudo é certo, podemos entender os absurdos abaixo:

Diapositiva11) Bandido solto e defensor da justiça preso.

miss bumbum

2) “Oprimidas pelo homens e patriarcado”candidatas a miss Bumbum. Deveriam se candidatar a miss vulgaridade. Devem se lamentar depois da fama da mulher brasileira. Seria isso hipocrisia relativista moral?

215917_562712947076430_1189381733_n

3) Cantora que canta baixaria e é tida como mulher que revolucionou o sistema. Uma feminista comentou no nosso grupo no facebook que Valesca Popozuda é a nova guru feminista substituta de Simone de Belouvair. No Brasil é algo verdade mesmo.

4) O que falar de Jean Wyllys (aqui), deputado federal marxista eleitoral eleito por ajuda de companheiro de partido e que veio a fama através de um BBB que defende causas de alguns grupos e sem completa noção das prioridades coletivas para a realidade brasileira. O “nobre” deputado, que é contra a mudança da maioridade penal, deveria ver fatos como este. No Brasil relativista moral menor usa drogas, dirige, faz sexo, estupra, comete crimes mas é sempre aliviado pela sociedade aonde quem der umas palmadas leves no filhos é preso. Veja mais abaixo o resultado disso.

5) O que falar das mortes violentas em São Paulo e em Santa Catarina, com meios de transporte sendo incendiados, mortes e a população ficando indefesa. Claro, basta um criminoso ser investigado e condenado que os direitos humanos (comandados por feministas e simpatizantes) correm em defender bandidos.

6) O que falar dos corruptos investigados e condenados e que cujos defensores defendem ao blindar os ouvidos para FATOS comprovados criando teses absurdas para a defesa?

7) O que falar de casos como pesquisdoras de universidades criam teses absurdas sobre sexualidade infanatil? Leia mais no nosso post antigo aqui.

8) Novo modo de educar segundo pesquisadores de universidades brasileiras marxistas culturais abaixo.

Diapositiva1

9) E a advogada e empregada nossa (do estado) que foi que gravou um filme fazendo sexo e foi amplamente defendida pelos meios feministas e marxistas culturais. Este povo sabe o que é decoro? Defendemos que o rapaz que apareceu no filme com ela também seja punido.

Como dica olhe a imagem abaixo de um exemplo-armadilha de relativismo moral, aonde frases de efeito de alguém inocente, utopia e propaganda marxista cultural podem alimentar um grande exemplo de regimes doentes, extremistas e psicopatas.

Diapositiva1

»

  1. Interessantes os exemplos,mas não entendi como relativismo.Para mim é inversão de valores mesmo. E todos esse casos seriam mesmo decorrência do feminismo?

    • Claro que não, Adriana. Mas que o feminismo é conivente com eles e os apoia indiretamente é um grande fato. O feminismo, representado pelas feministas, sempre prega uam utopia ligada a hipocrisia mesmo que reclame dos problemas reais depois. Muitas feministas postam no facebook e na internet sobre “tudo é permitido”, “tudo é sem limites” e contra ” a sociedade opressora”.

      Ou seja, fogem da realidade que não é bem assim. Problemas desta mentalidade absurda surgem depois e todas as pessoas sentem na pele infelizmente.

  2. Não vejo no que o feminismo seja conivente nesses casos só o que vejo é uma forma de usar a mulher como objeto que é pregado pelo machismo.Esses concursos que vai de Miss Mundo a Miss bumbum além de ser uma prática pra segmentar um estereótipo de beleza são frutos do pensamento machista de por a mulher como objeto!!!

    • Bem, tu podes até falar uma verdade, mas hoje ninguém o obrigada a ir participar destes concursos. E além disso, algumas mulheres adoram se dizer emancipadas, amam serem elogiadas somente pela beleza e participam destes concursos porque querem. O “patriarcado e machismo” em muitos destes casos HOJE parecem ser desculpas paras depoisa nunca poderem ser julgadas. O feminismo além disso adora se utilizar da pouca roupa em muitos casos. Como isso vai ajudar a melhorar a nossa vida é complicado de entender 😦

  3. Eu so gostaria gue a mulher fosse retratada com mais respeito;pois tudo gue se fala da mulher drasileira, mem sempre é verdadiero,Pois cada pessoa tem suas escolhas ,e vidas diferemtes uma das outras vcs mao acham???? (teclado c defeito desculpem)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s