O mito da opressão feminina hoje e da mulher objeto/ sexualidade feminina na mídia

Padrão

opressao feminina masculina

Opressão é o efeito negativo experimentado por pessoas que são alvo do exercício cruel do poder numa sociedade ou grupo social. O termo deriva da idéia de ser “esmagada”. Uma pessoa oprimida é uma pessoa sem direitos, sem liberdade. Uma pessoa realmente oprimida provavelmente não vai possuir muitas escolhas. Ser uma pessoa obrigada a fazer coisas tem muito a ver com opressão. Um escravo é oprimido. Quem não tem liberdade em Cuba, na China ou em alguns lugares no Oriente Médio é uma pessoa oprimida.

Hoje ainda existem pessoas oprimidas de ambos os sexos mas nem toda pessoa que diz que é oprimida (com fazem as feministas e simpatizantes) realmente é. E é muito simples de constatar isso.

Diferente do que a mentalidade e seita feminista prega (as mulheres são sempre oprimidas bla bla) na verdade mulheres e homens podem ser oprimidos. E hoje talvez em muitos casos hoje os homens sejam mais oprimidos que as mulheres se formos pensar de modo imparcial. Ambos podem passar por opressão também somente por um tempo, isto pode atingir os dois em diferentes casos e claro, isso depende de pessoa para pessoa.

Índice

Uma mulher sendo preparada para ser apedrejada: a verdadeira oprimida. Como ela existem outras mulheres espalhadas pelo mundo realmente oprimidas de algum modo. O mesmo vale para homens. Ninguém é anjo ou diabo baseando-se em homem ou mulher com pregam as feministas. Os dois podem ser ambos.

Uma das formas de opressão que o feminismo tanto condena ou apoia quando é conveniente é o caso do corpo e da sexualidade da mulher na   na mídia. Feministas pregam isso pois:(1) segundo elas uma “força sobrenatural de intenções masculinas” obriga as mulheres a mostrarem o corpo (patriarcado) . Logo depois, (2) as feministas acham que mulher que mostra o proprio corpo ( e em casos sem um porque claro) é a revolucionaria lutando contra o sistema que as oprime (?). Em um terceiro momento, (3) as feministas dizem que fazem isso para mostrar o seu poder (se auto-afirmar) pois os homens também fazem isso (?) ou (4) deveriam fazer isso (?), ou (5) que deveríamos voltar a andar nuas pela rua  pois a nudez é uma coisa linda (?), no tempo das cavernas todos andávamos nuas (?), etc. Loucas teorias feministas 😦

As feministas misturam o conceito de pessoa oprimida. Elas escolhem as pessoas oprimidas (para elas somente mulheres embora digam luta pela igualdade) misturam com quem SE DIZ oprimida SEM SER realmente, jogam tudo em um saco, misturam este conceito (que assim atrai mais seguidoras) com palavras bonitas de “liberdade, amizade, sem regras,etc), escolhem um culpado (no caso qualquer homem) e VENDEM isso via mídia como moderno, justo. Quem é contra elas, mulher ou homem, é …….(qualquer ofensa feminista a sua escolha).

Fatos hoje parecem demonstrar que a verdade é outra. Existem pessoas oprimidas sim, tanto mulheres como homens. O corpo do ser humano sempre foi objetivo de beleza e mostrado. Tanto homens como mulheres foram retratados em modelos de beleza nem sempre comuns. Porque? As pessoas que olham uma publicidade querem enxergar o que não é verdadeiro ou o que idealizam, afinal o ser humano gosta de fantasias. Mostrar o que alguns consideram “feio” não faz o produto competir em igualdade com outro produto que mostra algo fantasiosamente bonito. Existe sim uma futilidade no meio (que é gestida por mulheres, homens, heteros, homos) e claramente existe um excesso de vaidade aos extremos com valores invertidos no meio, isto é fato. Isso talvez nos demonstre que como seres humanos que somos imperfeitos e longe de sermos “seres evoluídos.”

Podemos colocar o fato clima-cultural aqui também. Em lugares aonde o calor é maior, mostrar um corpo bonito é algo que preciso pois é status social. No frio, mostrar o corpo exagerado é morrer de hipotermia. Se no Brasil possuir um quadril com curvas é algo sexy, nos EUA possuir um belo par de seios é algo mais sexy ainda. Na antiguidade, ser mais cheinha era mais sexy que ser magra. O que é bonito muda com o tempo, com o gosto e com o que vende. A moda que vende novamente aqui é criada por homos, heteros, mulheres e homens. O patriarcado? Cade?

Homens e mulheres olham a beleza de forma diferente em muitos casos. E isso implica em desejos diferentes, prioridades diferentes e o sexo ou o que atrai é também visto de modo diverso. Em geral (casos de homens que não se enquadram neste padrão é algo incomum mas existem também) o homem possui um padrão de comportamento: olho o corpo da mulher e a sua beleza. Em um segundo momento, outras coisas contam para ele dependendo dos valores que ele possui e quer em uma parceira.

Para a mulher é mais complexo. Umas mulheres acham bonito homem com barba, outras não. Umas acham um corpo malhado legal, outras não. Umas gostam de partes do corpo malhadas, outras preferem outras partes do corpo malhadas.Umas gostam de um homem mais selvagem e forte, outras não. Umas adoram um romantismo, outras detestam. Outras querem um homem com status e poder financeiro, outras não se importam tanto com isso. Em um segundo momento ( muitas vezes antes disso), outras coisas contam para ela dependendo dos valores que ela possui também. Somos complicadas rs.

Feministas adoram usar frases de “livres escolha e liberdade” para se justificar pelo que fazem ou de que alguém hoje as “oprime”. Mas o que acontece quando péssimas escolhas surgem ou se tais escolhas geraram algo indesejado? Nesta hora, fogem da responsabilidade e criam mais desculpas.

Olhando umas fotos que sempre causam na internet, podemos ver n garotas e garotos mostrando o corpo porque querem e SEM SEREM OPRIMIDAS/OS. Seria isto opressão como as feministas talebans e suas seitas adoram pregar?

usain-bolt-namorada-bumbum-jpg_194926

A atleta oprimida. Modelo e atleta coloca foto na internet dizendo ao Bicampeão olímpico e mundial Usain Bolt “pense na minha bunda para correr mais.”

pato modelo

“Modelo oprimida” posta foto na internet dando as boas vindas ao jogador Pato. Super oprimida quem se assume como Maria Chuteira e vai chorar com a sociedade machista que a oprime bla bla bla.

miss bumbum

Concurso Miss Bumbum. Moças “super oprimidas”. Estamos vendo a senzala ao fundo e as torturas  feitas a elas fora a arma segurada pelo bandido enviado pelo patriarcado que as oprime (ironia modo on).

moda de bundas

Nova moda na internet oprimida pelo patriarcado. Tirar foto mostrando a bunda para ficar famosa e querer respeito por isso pela luta para melhorar a nossa vida. E viva o feminismo com estas teorias que muito nos ajudam (Ironia 2)

215917_562712947076430_1189381733_n

Amostra de “arte” com letras musicais “oprimidas pelo patriarcado”que refletem o quanto o povo é oprimido hoje e sem liberdade de se expressar.

Diapositiva1

Crianças que desconhecem o que o é certo e errado porque “o patriarcado oprime” e relativistas morais que perderam o sentido de certo e errado que viraram educadores. Moderno modo de educar como prega aquela professora de universidade feminista.

Diapositiva1

Homem e mulher “oprimidos pelo patriarcado” transando na rua. Afinal, os animais também fazem isso na rua, né?

Diapositiva1

Manifestantes feministas “oprimidas”pelo sistema manifestando ficando nuas e falando besteiras. Como isso ajuda a melhorar a nossa vida ainda é um mistério.

Mais oprimidas pelo sistema e sem escolha” abaixo:

»

  1. Segundo feministas a mulher é sempre a “vitima” e ”oprimida” pelo tal ”patriarcado”. Nada melhor do que um bom post, pra jogar esse argumento por terra!! ( e o melhor, um post feito por mulheres rsrs) tô virando fã de vcs!

  2. O blog de vocês é o máximo. Eu me lembro quando li pela primeira vez Romeu & Julieta. Eu me apaixonei pela Julieta porque, além dela ser uma bela garota, usava a linguagem do tesão & da paixão. Se os dois não deram certo, isso se deve muito mais à condição trágica do ser humano neste mundo do que a uma opressão do tipo TFP.

    abraxas

    Ezequiel
    blog Arcanjo Suburbano

    • Ezequiel legal seu comentário mas a TFP não oprime ninguém. No ano passado as feministas foram atacar ovos e tomates para oprimir uma manifestação deles contra o aborto. Eles, ao contrário, nunca fizeram isso.

  3. esse artigo é um grande exemplo de mulheres que não conhecem sua história e que não têm embasamento teórico algum. Estudem, leiam Foucault, Giles Deleuze, Jacques Derrida, ACORDEM! Sem desconstruir uma sociedade, vocês estão apenas tomando sua experiência e visão pessoais como argumentos válidos para jogar por terra uma ciência que, desde o século XIX, busca entender o papel designado à mulher na sociedade. É por esse tipo de mentalidade que vocês cultivam que mulheres ainda recebem salários menores que homens e, em alguns países, ainda são apedrejadas devido ao adultério.

    • Engraçado, porque VOCÊ não refuta os argumentos do texto? Ao invés disso usa a velha tática “ainnnnn vai estudar suas burras ainnnnnn femimimiminismo não é isso”.

      Vocês não possuem argumentos e usam sempre a mesma retórica de dizermos que somos ignorantes, mas a autora desmascarou muito bem a mentira sobre esse assunto e esclareceu muito bem que mulheres nunca foram oprimidas.

      A única que precisa estudar aqui é você, sua alienada.
      Parar de ler textos mentirosos e misândricos escritos pela Lola já é um ótimo começo.

      • Olha, sem querer parecer arrogante, mas concordo com a amiga aí de cima… dar uma passadinha por Foucault, Deleuze e Derrida seria uma boa! Ao menos, embasamento teórico é o que se espera… Boa sorte na próxima [ironia mode on]

      • André meu querido
        Não sou feminista. Gosto de homem porque sou heterossexual, uso saia e cabelo comprido, mas meu querido dizer que as mulheres nunca foram oprimidas…É exagero. Foram sim! Mas na nossa sociedade por motivos completamente diferente os homens também sofrem um tipo de opressão.

    • hahaha fico aqui apenas observando o nível da “inteligência” feminista, notem que elas não possuem argumentação alguma, logo usam como tática plausível o famoso magister dixit. Nem adianta vir com “sem querer parecer arrogante…” pois vocês são extremamente arrogantes, mesmo quando se esforçam pra demonstrar modéstia lol. Aqui vai uma novidade pra vocês, ser intelectual não significa que você é inteligente, ademais, essa é uma boa fórmula pra se criar fanáticos e loucos de hospício, incapazes de pensar por si mesmos e tudo que sabem fazer é seguir ideologia dos outros, compreendem o patamar em que vocês estão? Por isso que aqui damos o carinhoso apelido a vocês: MASSA DE MANOBRA lol.

      • Sim, a linha de argumentação feminista é sempre passional e emotiva, apelando ao histerismo quando não há saída. Para disfarçar, se escondem atrás de autores mentirosos e sofistas, dizendo que o “embasamento teórico” é mais importante que a idéia em si. Por que vocês feministas não estudam “A Gaia Ciência” de Nietzsche para aprender que embasamento teórico é uma ótima ferramenta para embasar mentiras e a valorizar idéias originais, que são coerentes sem precisarem se escorar em outras pessoas?

      • O melhor embasamento para uma idéia é a realidade. Autores são interessantes, mas não podem substituir a capacidade de perceber e enxergar objetivamente o mundo. Em alguns casos, autores podem inclusive distorcer a percepção da realidade.

        O embasamento teórico muitas vezes serve para embasar mentiras e estragar as mentes.

    • Aprenda a pensa com clareza, de forma organizada, e deixe de se esconder atrás de autores, pois isso é coisa de gente atrasada que se acha muito inteligente. O verdadeiro sábio pensa por si mesmo e não precisa usar nomes de autores como muleta.

      Saiba que as idéias mais originais da história sempre surgiram de forma inédita, sem embasamento em ninguém, mas da inspiração e da observação da realidade.

    • Você é ridícula. Só cita autores embriagados de esquerdismo. Por óbvio, pois o feminismo nasceu do lixo esquerdóide. As mentiras feministas estão com os dias contados.

    • O que as feministas escondem é que o amante também é apedrejado. Omitem este “pequeno” detalhe por ignorância ou má fé? Nestes mesmos países a mão de individuo é cortada por qualquer roubo.
      A grande verdade é que os homens em geral trabalham PARA as mulheres. E não interessa em uma sociedade de livre mercado quem recebe mais, pois o dinheiro ganho pelos homens é quase todo gasto COM AS MULHERES. Uma realidade tão evidente, precisa ser muito cego para não ver isso. Contem um dia desses, quantas lojas existem para o público feminino e quantas para o público masculino em qualquer shopping center. E por isso que a mídia é toda feminista, pois a sociedade de consumo é voltada para as mulheres, ou seja, os anúncios de publicidade são para as mulheres!

    • Querida feminista se a “senhorita” acha o adultério algo normal o problema e seu,eles(as) são apedrejadas por que trairão,ora bolas,eu não sei se a “senhorita” sabe,mais a traição traz muito problemas para a pessoa que foi traída sendo homem ou mulher,e uma verdadeira humilhação.A mulher ganha menos por que passa menos tempo no trabalho, então para se vitimizar,nos estamos no brasil e não em outro lugar,e pelo o que eu sei as feministas só lutam pelo direito delas(que e no brasil claro) eu nunca ouvir falar de feministas que foram protestar em outra pais para salvar outras mulheres,correndo risco etc.Então para que ta ficando feio.

  4. O mais interessante é que esse artigo não tem um MÍNIMO de contextualização quando aborda a questão dos modelos de padrão de beleza em diferentes épocas. Faltou o pequeno detalhe de que o corpo da mulher, objetificado foi transformado em mera mercadoria pelo sistema capitalista [assim como outros tipos de corpos, como dos animais não-humanos]. Muito senso comum…

    • Que gracinha, apenas observando esse único argumento já deu pra perceber o quanto essa daí já está perdida, coitada, é uma combinação de “ista”: gramscista, marxista, feminista. Nunca humanista. E o mais interessante de tudo é que a culpa é sempre do capitalismo, a culpa é sempre do vizinho, afinal de contas assumir responsabilidades nunca fez parte da agenda feminista mesmo.

      “O capitalismo é a exploração do homem pelo homem. O socialismo é o contrário.”
      Millôr Fernandes.

      • Sim, porque a tática do feminismo consiste em manipular as pessoas através do fomento ao ódio e da acusação ao outro. Há intenções excusas por trás disso tudo.

  5. Dá vontade de rir de vcs feministas. É inacreditável como a única coisa que vcs sabem dizer é: ”Vão estudar. Vão pesquisar e aprender a argumentar.” KKKK Mudem o disco, minha gente. Essa desculpinha está chata. Enquanto vcs ”lutam” pra saírem por aí com roupas curtas, pegarem 30 caras numa noite e não serem chamadas de vadia, as muçulmanas não podem sequer mostrar o rosto, mãos e o tornozelo. Elas não podem rir alto ou fazer barulho ao caminhar. Isso sim é opressão. O que vcs querem hoje em dia é o direito de vadiar. E outra, quem tem argumentos bons, simplesmente não precisa de sair por aí mostrando os peitos e segurando cartazes com frases vulgares. Se vcs fossem tão intelectuais como dizem ser e exigem que os outros sejam, não se prestariam a apoiar um movimento que ilude as pessoas com propagandas enganosas e achariam ridículo alguém manifestar pelado. Além disso, só acredita que vcs lutam pelos direitos iguais entre homens e mulheres, é quem realmente não estuda e não conhece o movimento que segue.

  6. Realmente o texto fala por si só. Eu além de ser contra esse feminismo, também sou contra o intervencionismo estatal que só corrobora com isso, não só no Brasil, como em vários países “desenvolvidos”, vide a Suécia, país do politicamente correto.Só mesmo numa época de decadência moral e intelectual Foucault e cia podem ser considerados “intelectuais”..
    Gente assim que fala que Joana D’arc foi uma mulher revolucionária, acha que a revolução francesa foi popular ( e não perseguição religiosa a católicos comuns, nobres , vide Vendée e as colunas infernais.batismo patriótico, afogamentos em Nantes, decapitação de “suspeitos” – opositores à revolução – sem direito sequer a julgamento, nem a inquisição chegou a tal ponto ). Procurem por arquivos da época ou o livro que fala sobre isso e foi censurado na França há uns anos atrás.

  7. Seu texto cheio de sofismas revela um pouco sobre você, mas vamos lá.

    “Como ela existem outras mulheres espalhadas pelo mundo realmente oprimidas de algum modo.”

    Comparar culturas diferentes para apontar o dedo, sem contextualizá-las é um erro banal. Mas trago notícias, lá tem pessoas como vocês sabiam, que acham que o feminismo é coisa do imaginário ou alienação intelectual. Tem alguns artigos em PDF passado por esse fato no Google, deem uma pesquisada lá, aliás um dos artigos falava sobre alienação até. Conheci uma Iraniana na faculdade que tentava me convencer que é bem melhor a poligamia (só para o homem) de lá do que a hipocrisia da monogamia daqui, ela defendia as palavras de Alá e dizia que a gente (ocidentais) que estava errado. Coitada, o Islamismo foi uma religião de dominação do povo persa, os verdadeiros iranianos, alguns sobreviveram, ela não. 😦

    “Existem pessoas oprimidas sim, tanto mulheres como homens.”

    Falso: nenhum homem é oprimido por ser HOMEM, nunca na história. Feminismo é discussão de GẼNERO, não universalize ou superficialize o tema. Mulheres já foram proibidas de votar (por ser MULHER), de exercer cargos públicos (por ser MULHER)… Ou seja, na nossa história ser mulher já foi critério de exclusão, graças ao movimento que tanto critica você nem percebe essas opressões. Para não dizer que é coisa do passado (argumento de todo reacionário estúpido que despreza iniquamente historicidade) exemplifico com o que é sabido por todos que é o regulamento atual de futebol que proíbe mulheres de arbitrar jogos da primeira divisão (por ser MULHER), no futebol feminino isso não ocorre, isso sem falar de como a Lei Maria da Penha é esquartejada por esse judiciário brasileiro. O machismo mata!!!

    “podemos ver n garotas e garotos mostrando o corpo porque querem e SEM SEREM OPRIMIDAS/OS.”

    Claro que existem mulheres “livres” (ainda que por vezes sejam taxadas como putas ou radicais) mas o feminismo pensa nas mulheres que não ultrapassa essa zona da opressão, as que ficam lá. Mostrar o corpo “pq quer” é LIBERDADE. Outras precisam mostrar o corpo sobre pena de perderem seus empregos, serem chantageadas ou serem completamente humilhadas. E existe senso comum machista quando um juiz (repetindo: um magistrado) libera integrantes da banda New Hit que estupraram duas meninas por estarem usando roupas inadequadas e entrarem por livre espontânea vontade em propriedade dos acusados. Voltaram a ser presos por conta da pressão que as meninas do movimento fizeram.

    Seu texto é superficial, vazio e medíocre mas de intenso valor porque coloca em discussão um tema ignorado por muitas que espero não serem acordadas pela dura realidade. Quando as meninas alertam para a presença da leitura de alguns autores que tocam no tema, não significa que você irá virar uma feminista nos moldes colocados ai, todo movimento tem seus erros, falhas, radicalismos, mas dizer que é coisa da cabeça de quem faz é muita imbecilidade.

    • Há centenas de casos em que os homens são oprimidos por serem homens, é só olhar a história. Lei o livro de Van Creveld e você verá milhares de casos em centenas de sociedades.

      Vocês feministas sofrem de um descolamento da realidade e de um negacionismo incurável, já que não admitem o óbvio que todo mundo vê: que homens ocupam os serviços mais perigosos, são mais perseguidos pela polícia, trabalham mais para receber salário igual ao das mulheres, tem menos garantias legais, não possuem leis que os protejam dos infernos emocionais que as mulheres criam etc.

      • Nas linhas de ônibus, por exemplo, homens e mulheres motoristas recebem o mesmo salário, mas as rotas mais perigosas são preferencialmente destinadas aos homens. Na polícia é a mesma coisa: em missões altamente perigosas, só os homens vão. Há milhares de casos semelhantes.

    • Valorizar autores em detrimento de idéias originais e próprias é coisa de gente burra, que tem mentalidade fanática e reprodutora.

      Vocês feministas são 100% sofistas, pois NUNCA admitem ser interrogadas de forma organizada e 100% eristas, pois nunca dialogam de forma calma e imparcial, sem sentimentalismos, sem gritos, sem acusações à pessoa e sem histerismos. A histeria e o barulho são vossa arma para tentar convencer as pessoas.

  8. Feministas, vocês não precisam de opinar nesta página, afinal de contas, os argumentos são sempre os mesmos: ”Vão estudar, pois vocês não sabem o que é feminismo.” Leiam os comentários de suas amigas antes de escreverem as mesmas coisas que elas. É cansativo ler os mesmos comentários. No mais, não consigo entender a lógica de vocês. Não entra em minha cabeça que vocês se achem oprimidas. Vocês têm tanta liberdade, mas tanta, que dizem e fazem asneiras o tempo inteiro. Vocês criam blogs feministas, saem por aí fazendo o que bem entendem, dizem tudo o que querem, então onde é que está essa opressão toda? Do mesmo jeito que vocês podem fazer o que quiser, nós podemos dizer o que bem entendermos, sobre a conduta de vocês. Além disso, não ficamos entrando no espaço de vocês para falar mal, fazemos isso no nosso espaço. Façam o mesmo e entendam que de oprimida, minhas caras, vocês não têm nada. Porém, de chatas, repetitivas e hipócritas, vocês têm absolutamente tudo.

    • Já que você se dispôs a fornecer tantos conselhos importantes às feministas, lhe darei um também!!
      vá se internar, minha filha, porque o seu caso não é apenas burrice não, você é maluca!

      • E o seu é ainda pior: você é irracional e se vale de ataque á pessoa, pois é burra demais para tentar desmontar as verdades que são ditas.

  9. Feministas, vocês não precisam de opinar nesta página, afinal de contas, os argumentos são sempre os mesmos: ”Vão estudar, pois vocês não sabem o que é feminismo.” Leiam os comentários de suas amigas antes de escreverem as mesmas coisas que elas. É cansativo ler os mesmos comentários. No mais, não consigo entender a lógica de vocês. Não entra em minha cabeça que vocês se achem oprimidas. Vocês têm tanta liberdade, mas tanta, que dizem e fazem asneiras o tempo inteiro. Vocês criam blogs feministas, saem por aí fazendo o que bem entendem, dizem tudo o que querem, então onde é que está essa opressão toda? Do mesmo jeito que vocês podem fazer o que quiser, nós podemos dizer o que bem entendermos sobre a conduta de vocês. Além disso, não ficamos entrando no espaço de vocês para falar mal, fazemos isso no nosso espaço. Façam o mesmo e entendam que de oprimida, minhas caras, vocês não têm nada. Porém, de chatas, repetitivas e hipócritas, vocês têm absolutamente tudo.

  10. É aterrorizante ler essas imbecilidades, sem algum embasamento teórico, nada… não é apenas sexista se sobrepondo ao feminismo, é burro!! tudo o que tem aqui é escrito de maneira burra!!

    • Burra é você que acha que fundamentação teórica vale mais que a coerência das idéias próprias de alguém. Só quem tem mentalidade tacanha de reprodutor ideológico fanático é que pensa assim. .

  11. O que existe hoje, na verdade, é um culto idólatra à mulher. O feminismo é tão cara de pau e hábil em mentir, que consegue até transformar o culto à mulher em “opressão”.

  12. Sugiro que vocês deste site não se preocupem tanto em argumentar e sim em desenvolver as próprias idéias. Não se argumenta com sofistas e eristas, visto serem criaturas irracionais que usam o argumento como arma para confundir. Charlatães intelectuais como feministas, gayzistas, esquerdistas etc. tentam corromper o pensamento e confundir com numerosas táticas. É perda de tempo achar que esse tipo de gente pode ter qualquer tipo de abertura para dialogar honestamente.

    Se essas eristas começarem a ameaçar, não se preocupem, elas agem assim mesmo, faz parte do teatro delas.

  13. Oi meninas.

    Bem, este assunto , liberdade de usar o corpo ou o tal meu corpo-minhas regras, sempre deixa as pessoas exaltadas mas vou tentar dizer o que acontece aqui fora.
    Existe um grupo de mulheres feministas e garotas feministas que falam de um modo e agem de outro. E estas mesmas quebram os poucos restos da boa imagem da mulher brasileira. São elas as que possuem responsabilidade total da tal fama de vagabaundas e vadias que possuimos. As prostitutas podem colaborar com a imagem com bandeira enrolada para fazer propaganda do corpo delas, mas estas mulheres afetadas pelo feminismo confirmam.
    Vou dar um exemplo. Trabalho em uma empresa multinacional com pessoas de diferentes lugares do mundo. Meus colegas são em geral estrangeiros. Eu levo cantada a toda hora pela imagem que eles tem da mulher brasileira. Eu mesmo trabalhando sem muito sorrisos, sem muita conversa, tendo marido, filhos e tudo mais não parece ser o suficiente para mudar aquela imagem fantasiosa da mente deles de mulher brasileira, selvagem tarada que muita brasileira alimenta.

    Eu um dia fiquei nervosa com um deles que tentava me cantar. Ele ficou assustado e depois me disse: “Você realmente é brasileira? Não parece”. E eu respondi que sim e perguntei o motivo desta pergunta boba. Ele respondeu que todas brasileiras dormem com todo o mundo e sem conhecer direito. E que amamos homens gringos. E que. comigo isto era complicado de acontecer.
    Bem, eu retruquei que não era bem assim sobre as mulheres brasilerias e cortei o papo.

    Pois bem, um tempo depois fui em uma balada pois era festa de fim de ano. Eu vi a triste realidade.

    Chamei o meu marido para ir comigo e o meu primo. Notei para a minha supresa que as brasileiras praticamente se jogavam com as pernas abertas para cima dos gringos. E para quem pensou que eram pobres ou isso ou aquilo, bem, que nada. Mulheres de todas as cores, com mestrado, doutorado, feministas adeptas e que ganham bem. Sexo por uma noite rolando solto. Depois disso passei umas quatro semanas escutando meus colegas contando vantagem que “pegaram uma brasileira tarada e selvagem”.

    Ao mesmo tempo, quando vou na cabelereira vejo sempre um monte de brasileiras do mesmo tipo que querem pegar homem gringo e ficam contando vantagem pois isso de um certo modo para este tipo de mulher gera status. Sair ou namorar com homem brasileiro não fornece status. Ao mesmo tempo são estas garotas que falam mal de prostitutas, turismo sexual, machismo, etc.
    Resumindo, elas liberam porque querem para turistas sexuais e depois colocam a culpa em alguma coisa para tirar o corpo fora. Briguei com muitas colegas ou outras mulheres por isso. Sempre estavam a dizer para eu trair meu marido, provar, etc. Quando sempre neguei assim como nego hoje me taxam de machista. Quando eu respondia que elas alimentavam o turismo sexual era mais taxada ainda. Tudo viro machismo. Discordar delas principalmente. Temos que ser vadias 😦

    Elas usam duas conversas e quando querem escapar da culpa mudam o que falam.
    Meninas, vamos ser sinceras. Somente sai com um babaca e idiota hoje quem quiser com raros casos de realmente defender outra pessoa somente por ser mulher. Estamos em 2013. Casa quem quer, namora quem quer, transa quem quer. Hoje inclusive tudo virou uma baixaria sem limites. Estupro sempre foi crime, logo, sem desculpas. Mas vejo muita feminista ou simpatizante que quer sair com homem gringo, sair pelada e tal e depois reclama da imagem da mulher brasileira e do turismo sexual.
    Infelizmente nos pagamos por essa minoria, isso se elas ainda forem minoria.

    Bjos
    Melissa

    • Parabéns Melissa ,fico feliz em saber que ainda existem mulheres brasileiras decentes , o seu marido com certeza não sabe a sorte que tem, quanto suas amigas que vivem te dando este tipo de conselho afaste-se delas pois a má famas delas pode te atingir abralos!!!

  14. O que é que gilles Deleuze tem a ver com feminismo? A filosofia da Diferença é completamente abstrata e ontológica e não trata de fatos políticos ou sociais. Conheço todos os livros dele. Sê não tá confundindo com Sartre?

  15. Eu acho que quem escreveu esse blog tem algum disturbio e não sabe nada sobre o movimento feminista. Você devia ler mais seja lá quem escreva, se você está achando ruim volte no tempo e vá morar numa epoca antes do movimento feminista.

    • Objetive sua opinião com argumentos. Não com sentimentos. O assunto é muito pormenorizado. Só não enxerga quem não quer. Ou quem está com sua visão turvada pelo ideologismo. Assim como os petistóides que juram que o mensalão não existiu.

      • Já vi que vc é um (a) idiota. Faça o favor de saber das coisas antes de falar ok?

    • mimimi de feminista,sempre com a mesma opinião,o mais engraçado e que todas sempre dizem a mesma coisa,ou ela te ofender ou diz que você e burro,”você não sabe o que o feminismo” “procure mais informação sobre o feminismo” “nossa como você e em grata” bla bla bla e sempre a mesma coisa.

  16. Chega de meia conversa, vou falar o que vivo, sou um homem sincero e simples, que dá valor a inteligência e caráter da mulher, não acho que uma mulher tem de ser minha empregada porque sei fazer serviços de casa facilmente, lavar, limpar, passar, cozinhar, é bem fácil, mas sabe o que passo? A maioria das mulheres debocham e rejeitam os homens simples, que as admiram, uma vez em um dia internacional da mulher uma garota disse que eu não servia pra nada e um grupo de mulheres me vaiou como se eu fosse o pior dos demônios, as mulheres oprimem agressivamente quando querem, não buscam igualdade, buscam superioridade absoluta, se dizem vítimas de tudo e costumam atacar justo quem as apóia, as mulheres que não perdem sua identidade por causa da manipulação são acusadas de machismo, acorda mentecapta, o machismo significa menosprezo, opressão, agressão, dominância, vocês pensam que são feministas, mas são machistas pra caralho! Caminhando reto pro inferno, agredindo quem quer seu amor, os homens são todos diferentes, tem homens bons e ruins, a mulher também pode ser boa ou má, dependendo de seu egoísmo, feminismo é um machismo praticado pelas mulheres, também pode ser chamado de babaquismo, filhadaputismo, trouxismo, imbecilismo, retardadismo e por aí vai, gostaria bastante de ser respeitado e amado pelas mulheres, mas sou homem e elas me discriminam e me rejeitam, quem me dera um mundo onde ao invés de ser inimigo de quem admiro eu pudesse ser aceito como igual.

  17. Então me deixe ser eu mesmo em paz também, educado, inteligente e altruísta, ao invés de me recriminar por ser homem, aliás, nunca vou aceitar ser tratado como um animal em nenhuma circunstância, aprendam que igualdade é uma coisa, opressão é outra. Estão sendo é adestradas como animais pra rejeitar e somente isso, E nesse caso, é um pecado sim.

  18. Não ligo pra machismo ou feminismo mas esse blog é ridículo! Um bando de machistas conservadores falando merda! Porque vocês não se matam e param de falar merda?

    • Em primeiro lugar quem está falando merda nesse blog são as feministas todas as outras opiniões são extremamente coerentes e objetivas,em segundo lugar voce disse que não é feminista mas indiretamente me chamou de machista conservador, voce é uma feminista descaradamente ignorante e em terceiro não sou machista, EU SOU HOMEM!!!! Ser macho está no meu instinto no meu sangue e no meu espírito, sobre a parte de se matar eu não vou fazer isso porque quem veio aqui pra dizer merda foi voce, mas eu te desafio a tentar, sou um militar treinado em combate, meço um metro e noventa e peso cem quilos, fui treinado pra servir e proteger não pra ficar aceitando conversa de mulher que se acha muito importante sem sequer escrever mais de duas frases. Meu lugar é na mata com a cara pintada e um fuzil na mão o seu é com os peitos de fora na marcha das vadias. Agora vê se vai caçar um emprego e pare de ficar escrevendo suas merdas em um ambiente de alto nível cultural como este, se quiser ajuda pra se matar não venha me pedir, não gosto de sujar minhas mãos com bosta.

    • Ridículo e o seu comentário,se você não gostou do texto,ok beleza,mais ainda por cima manda os outros se matar a me poupe “senhor” Net.Vai crescer vai.

    • homens me respondam , quem em sua casa tem de fazer as tarefas que exigem força ? (como mover moveis pesados ) quem tem o dever de ser forte e corajoso 100% do tempo para proteger a casa ? quem deve assim que tiver idade trabalhar imediatamente ? quem é que abandonará os estudos para trabalhar caso passem por dificuldades ? quem terá que ir ir digladiar-se na guerra com outros homens em caso de guerra? …
      sei quem é oprimido mesmo?

      • E quem disse que é obrigação do homem fazer tarefas que exigem força? Você faz por que quer. Dever de ser forte e corajoso? KKKKKK Se um cara entrar armado na sua casa você vai ser forte e corajoso e enfrentá-lo de peito aberto, não é? Quem deve trabalhar assim que tiver idade? Todos? Pare de falácias, rapaz. Na maioria das famílias da mulher faz tudo isso, sem contar as famílias que só tem mulheres à sua frente. Mulheres não vão à guerra? Antes não iam, por que? Pra ficar em casa cuidando das fábricas e dos filhos e da casa dos cara que iam à guerra? Por falar nisso, quem foi que inventou que o homem tem de ser o forte e o corajoso, o provedor, o cara que vai se ferrar na guerra? As mulheres, ou o próprio idiota machista? Afinal de contas, quem dita a regras na sociedade até hoje é a mulher ou o homem? Hein, machistóide?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s