Marxismo cultural no Brasil: no feminismo, na família, nas Universidades, na cultura

Padrão

Diapositiva1

O marxismo cultural hoje e seus frutos que nos atingem no dia-a-dia. Outros absurdos mais abaixo. Note como algumas imagens são incoerentes como assim é o feminismo e suas defensoras.

O marxismo nasce com o “pensador” Karl Marx. Marx possuia origem holandesa-judaica-alemã e provinha de uma família com bens materiais frutos em grande parte do trabalho do seu pai. Seu pai, embora descendente de rabinos havia se convertido ao cristianismo luterano. Marx iniciou a estudar direito e mais tarde escolheu outros rumos como filosofia e jornalismo. Depois da morte do seu pai, as dificuldades financeiras começaram a atingir a sua família.

Marx casou-se e  teve 7 filhos, sendo que 4 morreram pela falta de condições materiais nesta época. Possuiu um outro filho fora do casamento que ele não reconheceu. Impedido de seguir uma carreira acadêmica, transformou-se em editor de um jornal. Depois desta fase inicial, sua vida financeira melhorou e Marx viveu confortavelmente até 1848 com a renda oriunda de seus trabalhos, seu salário e presentes de amigos e aliados, além da herança legada por seu pai. Entretanto, em 1849 Marx e sua família enfrentaram grave crise financeira.

Marx era um radical que era contra a religião e contra o sistema capitalista, mesmo enquanto estes tenham formado em grande parte a base da sociedade ocidental e sua modernidade, diferentes do comunismo. Nunca foi um forte trabalhador, nem oprimido embore sempre tenha sido sempre contra o sistema que explora os trabalhadores (similar as feministas). Pode-se adicionar que embora fosse contra as elites, Marx era um homem das elites desde  o seu nascimento. Suas filhas, por exemplo possuiam todas as regalias da época que as garotas de alta classe deveriam ter com aulas de piano, canto e desenho.

Marx foi expulso da França, Alemanha e foi proibido de residir em Paris, tendo-se depois transferido a Londres aonde faleceu. Entres suas obras importantes, o Manifesto Comunista (escrito em parceria com Friedrich Engels) ganhou destaque.

O Marxismo real demonstrou-se um fracasso no mundo real (queda do comunismo)e podemos perceber isso estudando um pouco de geopolítica. Lugares como Cuba, China, ex-Alemanha Oriental e ex-URSS demonstram o fracasso deste movimento. Porém, o Marxismo cultural talvez teve o caminho inverso graças a “terrenos ricos” em nutrientes na espécie humana: a insatisfação, a falta de responsabilidade, um modo de colocar a culpa no outro e outras coisas mais.

Mas o que é o marxismo cultural?

Marxismo cultural é um movimento ideológico que pretende implantar a revolução marxista no Brasil, no mundo. Não através dos meios armados ou de uma movimentação de violência hoje(pois isto foi tentado no passado por muitas ditaduras que “lutavam pelo povo” mas falharam como  foi o caso no Brasil aonde revolucionários queriam na verdade criar uma ditadura de esquerda no Brasil), mas por meio da transformação da cultura ocidental ao renegar alguns importantes valores. Os ditos valores invertidos, a falta de objetividade entre o certo e errado e a fator cultural no Brasil (mas não somente no Brasil)de sempre desvalorizar os méritos criam um terreno rico para o marxismo cultural. Disto nascem problemas que precisam serem resolvidos com objetividade. Ao mesmo tempo os marxistas culturais e feministas também reclamam destes problemas.

Mas o marxismo e o comunismo acabaram?

O que desapareceu foi o comunismo real por ser ineficaz, no entanto, os ideais marxistas continuam de pé e muito vivos, basta lermos os programas dos partidos no Brasil e veremos que aquilo que se pretende com o marxismo continua sendo o ideal de toda uma movimentação política. Só que esses adeptos da cultura marxista estão convencidos de que não conseguirão implantá-la a força como no passado se antes não destruírem a cultura, que há no país, toda baseada em importantes valores, o que é típico do Ocidente como já foi dito.

Quais os principais meios utilizados pelos marxistas culturais pare divulgas as suas idéias?

O primeiro ponto é que eles agem em dois campos muito distintos. Tudo envolve propaganda. O primeiro campo mais importante para eles são as universidades, onde, basicamente, quase todos os professores, de alguma forma, foram influenciados por esse tipo de pensamento materialista e socializante. Isto no Brasil é algo que podemos notar. Já o segundo são os meios de comunicação. Através das novelas, filmes, propagandas, eles vão influenciando e montando a mentalidade do povo de uma forma contraria ao mundo real e à visão da realidade. Desvalorizar méritos, o senso comum entre certo e errado, criar desculpas para defender o errado ou desvirtuar o certo, jogar a credibilidade de valores bons no lixo (taxar de conservadora, ultrapassada, antiga, etc) tudo isso é um modo de propaganda marxista cultural.

Carl Marx, o pai do feminismo?

Poderiamos dizer que sim pois o feminismo possui discursos em forma de um padrão cérebro lavado baseados no marxismo cultual.  Carl Marx era a incoerência em pessoa: fazia parte da elite, gostava de dinheiro, trabalhava pouco, viveu de herança ao mesmo tempo qeu lutavava pelo povo como “pensador” deste. E muitas pensadoras feministas ou defensoras destas são ou foram profundamente marxistas, anti-capitalismo, paz-e-amor mesmo que tenham nascido em classes ricas, nunca tenham sido exploradas, com carros caros, roupas caras, viajando para o exterior e outros luxos, nem sempre fruto de trabalho (assim como Karl Marx). Lola, que no Brasil é uma guru feminista, é declaradamente anti-capitalista, ensina inglês (idioma do capitalista Tio Sam ou do Império da Rainha) e trabalha em Universidades (terreno chave por marxistas culturais). Pobres estudantes 😦

Repare no que afirmam as feministas e compare com Karl Marx. Exemplos abaixo:

a) Feministas são contra a família tradicional: Mulher, homem. Feministas dizem que diferenças base entre homens e mulheres (que geram filhos e formam novas famílias) devem ser combatidas renegando em 100% a biologia. O modo tradiconal de viver é “sexista”. Casamento para gurus feministas? Isto é ser oprimida. Ter sexo com o seu marido,namorado? Fazer apologia ao estupro. Gurus feministas embora neguem demonstram uma revolta absurda contra homens.

Feministas querem a igualdade mesmo que nem sempre seja realmente  assim e ignoram diferenças entre homens e mulheres pela sua utopia (como Marx fazia no seu modelo de sociedade perfeita). E amboso odeiam o modelo familiar. Qual o melhor meio de destruir o ambiente familiar que pregar a raiva entre homens e mulheres? Que ridicularizar um sexo (homens ou mulheres)? Ridicularizar quem segue o modelo tradicional e doutrinar crianças com idéias marxistas culturais aonde tudo “é sexismo” e aonde nunca existiram diferenças entre homens e mulheres? Que pregar que roupas masculinas e femininas devem ser iguais pois o  inverso é”sexismo”.

Teorias feministas vindas das universidades feministas  SEMPRE são certas. Quem discorda tem altum defeito. Muito marxista isso embora lute pela “liberdade, respeito e igualdade”. E isto tem um alvo.

Marx afirmava como objetivo:

  “Abolição da família!
Até os mais radicais ficam indignados diante desse desígnio infame dos comunistas. Sobre que fundamento repousa a família atual, a família burguesa?
No capital, no ganho individual.
A família, na sua plenitude, só existe para a burguesia, mas encontra seu complemento na supressão forçada da família para o proletário e na prostituição pública.
A família burguesa desvanece-se naturalmente com o desvanecer de seu complemento e uma e outra desaparecerão com o desaparecimento do capital.”

Quem era a família burguesa para Marx? Marido, mulher, filho, filha, avô, avó, são – “família burguesa”.
Disto sabemos, o que não sabemos é como seria a “família comunista” para Karl Marx, isso ele nunca disse. Como seria o novo modelo familiar feminista?

Propagandas feministas baseadas no Marxismo cultural ou resultados deste que podemos ver abaixo:

Diapositiva1

A tal falta de liberdade hoje.

Diapositiva1Se segundo as feministas nada é certo e errado e crianças devem ter sua sexualidade estimulada com pregam nas nossas Univesidades cheias de “intelectuais”, isso seria certo?

253138_339377899488919_933526008_nResultado hoje de uma sociedade marxista cultural feminista sem valores.

bolo de feto feminista

O amor das feministas pelas crianças que defendem a liberdade sem responsabilidade de uma uma sociedade moderna e “melhor”: bolo de feto. Leia mais no nosso post antigo.

feminista e machista

Como o feminismo é coerente ao lutar contra o machismo e mulher objeto. Exemplo perfeito é a Valesca Popozuda “oprimida” que canta “To com o c* pegando fogo” abraçando o Mc Catra. Lutem contra o sistema rsrsrs.

princessboy

Feministas dizem ser contra o sexismo pois segundo elas sexismo é o homem se comportar como homem (para feministas se comportar como homem é ser um opressor, assassino). Fico imaginando a alegria feminista ao doutrinar uma criança para prova como a sua ideologia é “liberdade contra o sistema”. Talvez nunca tenham pensado que este garoto pode sofrer no futuro ou no seu dia-a-dia. Quem é mãe de meninos talvez possa entender melhor. Christina Hoff desmascarou as feministas e suas teses de “sexismo”. Feministas querem clones ou escravos, nunca quem discorde delas.

b) Feministas lutam pela igualdade. Igualdade Marxista.

Esta fato é mentiroso de natureza pois nem entre pessoas do mesmo sexo somos iguais, o que dizer de homens e mulheres e que a filosofia chinesa antiga (que ignorantes feministas chamaram de machista rsrsr) declarava como Ying e Yang, lados complementares em harmonia. Pois bem, Marx possuia este discurso de “igualdade” que as feministas pegaram emprestado. Para Marx, a igualdade deveria existir na teoria pois todos somos iguais, sem classes bla bla bla. Na verdade Marx sempre foi de uma classe, a aristocracia. Ele NUNCA foi do povo realmente. E nos lugares em que foi instalado o Comunismo, classes e elites SEMPRE existiram, com regalias, poder, conforto enquanto comandam quem tem o cérebro lavado. O mesmo acontece com as feministas.

c) Marx lutava pela liberdade. Hoje as feministas lutam pelo…

o que elas definem ser liberdade dependendo do momento ao mesmo tempo que repetem o discurso de oprimidas. No tempo de Marx, talvez nem tudo fossem flores no quesito liberdade. Mas ele era um pessoa com luxos neste quesito também. Mas tudo bem. O feminismo hoje, em 2012, repete a mesma conversa da época de Marx ao mesmo tempo em que pessoas fazem sexo na rua, na TV, fazem apolgia a vulgaridade em funks ou pais ensinando crianças a dançarem funks com letras vulgares como denunciamos no nosso grupo do facebook, entre outras coisas.

d) Marx pregava o fim da opressão das elites assim como feminismo. Fake.

Marx pregava a liberdade dos oprimidos ao mesmo tempo que fazia parte de uma elite. Marx nunca foi oprimido. E quem oprime hoje? O sistema, assim como no tempo do “pensador” Karl Marx. Detalhe que o sistema sempre existiu, Marx gostava do sistema e nos governos que usam o modelo marxista de governo, os opressores continuam oprimindo. O mesmo vale com o feminismo aonde quem lidera o movimento nunca foi uma mulher oprimida e quase na sua maioria sempre foi parte de uma ELITE.

e) Marx era contra o capitalismo (uma ideologia). Feministas demonstram-se ser contra os homens.

Marx mesmo tendo sido da aristocracia escolheu alguém para lutar contra por algum motivo depois de formar teorias loucas. Estes eram os capitalistas, embora Marx fosse as vezes mais poderoso e rico que capitalistas. O feminismo fez o mesmo mas trocou o nome capitalista pela palavra homem, mesmo estes nem sempre tendo direitos como outra mulher contra o feminismo, Christina Hoff explica nesta palestra. Veja mais aqui.

f) Marx era contra a religião. Assim como muitas feministas.

Feministas em geral pregam  contra a religião. São contra o cristianismo na sua maioria e muitas também são contra qualquer religião como budistas, cultos africanos. Isso nasceu de modo popular com o Marxismo. Pessoas de todas as crenças nos apoiam, inclusive ateus. A diferença dos ateus que nos apoiam é que estes respeitam a crença dos outros quer sendo de qualquer religião (e somos um grupo de mulheres com diferentes crenças, por isto evitamos posts religiosos). O modo ateu feminista quer pregar e obrigar quem discorda delas a força, ao mesmo tempo que diz “respeitar a liberdade”. Tudo isto porque os estudos delas pregam a verdade absoluta.

g) Marx era um intelectual logo, nunca pregou tais absurdos. Feministas adoram dizer isso também.

Pensando deste modo elitista realmente, feministas e marxistas culturais deixam a entender que absurdos  sempre foram  frutos somente de camadas mais pobres. Mas para quem chamava o povo de alienado (Marx) e para quem taxa de quem discorda do feminismo de “incapazes, traidora, escravas,etc” nada nos causa surpresa. Tais “qualidades” foram como as feministas nos taxaram por discordamos delas.

h) Utopia marxista feminista e o modo marxista feminista de evoluir e se aperfeiçoar.

Marx sabia da utopia. Demonstrou-se contra o anarquismo por considerar este utopia. Sabia do socialismo de utopia. Mas como  uma pessoa com o ego inflado, sempre pensou alcançar o ideal perfeito, mesmo sendo formado em uma sociedade com milheres de pessoas imperfeitas. Qual a melhor remédio para isto? Culpar o outro, o sistema ou taxar o povo de incapaz (assim como fez Marx  e seus defensores fizeram ao declarar que os “trabalhadores são alienados e não percebem que são dominados por essas perversidades burguesas”. Assim as feministas fazem conosco). O feminismo segue a cartilha TODA. E assim como Marx, o feminismo também reclama do sistema mesmo que ajude a colaborar com o sistema com idéias tortas como estimular a sexualidade precoce, falta de bons valores, regras,etc. Feministas defendem o modo viver a vida louca baseadas na liberdade marxista contra o sistema adaptado por elas ao modo feminista de liberdade. Mas também reclamam do resultado disto tudo.

i) A contra-cultura feminista baseada no marxismo cultural. Vivendo a vida louca.

Isto é comum de ver no dia-a-dia, tudo obras do marxismo cultural em forma de propaganda para o povo. Exemplos: “Use drogas e faça o que quiser do seu corpo. Ninguém pode mandar no corpo do outro. Transe com quem quiser, deixe de se limitar e liberte-se do sistema. Trair é algo normal, deixe de ser antiquada ou quadrada. Ninguém te entende? O sistema é capitalista, machista, antiquado e deve ser mudado. Devemos nos modernizar e evoluir do passado e regras caretas reaças. Deixe de regras, mulher é assim, homem é assado. Somos todos iguais e lutamos pela mesma bandeira, em todo o planeta. O homem é culpado, a pessoa de n cor é a culpada disto tudo. Defendemos um mundo sem fronteiras, sem regras e crenças. Defendemos a sociedade alternativa e tudo para o povo, bla bla bla etc”. Este é um tipo de discurso marxista cultural feminista.”

Para finalizar, abaixo uma outra obra que talvez tenha inspirado diretamente o feminismo e suas seguidoras talvez nunca tenham lido com 2 fatos importantes: 1) Qualquer semelhança com os dias de hoje, não é mera coincidência.2) Tendo a História se encarregado de pôr fim à questão ideológica, a meditação dos ideais, então preconizada, poderá revelar assombrosas semelhanças nos dias de hoje. O feminismo assim como outras filosofias marxistas culturais camufla-se em “liberdade, amizade,etc”.

Decálogo de Lenin (1913)

1.. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;

        2.. Infiltre e, depois, controle todos os veículos de comunicação de massa;

        3.. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;

        4.. Destrua a confiança do povo em seus líderes;

        5.. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

        6.. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

        7.. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

        8.. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

        9.. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

        10.. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa…

»

  1. Apoio tudo que for anti-feminismo e anti-comunismo, essas são duas das coisas que tem tornado o mundo esse lixo…eles destroem as famílias 😦

  2. Anti-feministas que não sabem educar filhos(as), jogando a culpa nas feministas, o que foi mostrado aí em cima é prostituição e não liberdade, nada a ver esse sitezinho.
    Vocês são na verdade umas preguiçosas que não querem estudar e trabalhar, querem sempre um macho para viverem às custas dele, por isso são contra o feminismo.

    • “Vocês são na verdade umas preguiçosas que não querem estudar e trabalhar, querem sempre um macho para viverem às custas dele, por isso são contra o feminismo.”

      Licença pra eu ir ali vomitar… Pronto. Então, o movimento feminista é isso mesmo, faz você pensar que a mulher se casa apenas pra ter um macho pra sustentá-la, você ta certinha! E se o que foi mostrado nas fotos é prostituição, qual o problema, sendo que as feministas defendem a prostituta? Oi? Coerência, mandou lembranças!

      • Coerência, Tata. E feminista sabe o que é isso? Nem elas acreditam no que falam (como todo movimento marxista) e se contradizem a cada 5 segundos. E existe um interesse debaixo disso tudo…..

        Seja bem vinda, Tata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s