Incoerência: o feminismo x EUA,religião e o Ocidente

Padrão

Ontem fui encontrar uma ex-colega de colégio que não via faz muito tempo.

Após a conversa inicial aonde falavamos de assuntos para quebra o gelo, filhos, marido, ela me falou que estava tentando viver de modo alternativo para ajudar o mundo já que era solteira e sem marido. Eu achei muito legal pois acho interessante a filosofia ¨vida simples, mente elevada¨.

 Depois de algumas palavras descobri tristemente que a minha ex-colega era uma feminista anti-Ocidente,capitalismo e completamente alternativa. Muitas vezes estas pessoas parecem existir só em filmes de modo pastelão mas eles sempre estão por aí e muitas delas que parecem ser calmas são mais ou menos radicais, porém sempre radicais. Minha colega destilava grandes críticas a religião, ao Ocidente( pois tinha ido visitar a Índia),etc

 Fiz uma rápida avaliação da vida real x palavras.Pois bem a minha ex-colega feminista com sua conversa bem anti-EUA-capitalismo-ocidente tinha um I-phone sempre ligado na internet, algo que para mim agora é um luxo.Não sou entendida de moda mas acompanho os preços das coisas e minha colega vestia roupas estilo alternativo mas eu sei que custam os olhos da cara assim como a sua bolsa e seu perfume também era nada alternativo na questão preço. Fora o seu carro que também não parecia ser um modelo barato não poluente.

 Ela me contou que vivia em uma casa perto da praia pois poderia assim curtir a vida, nadar,fazer yoga e me mostrou a foto da casa. Uma linda casa nada barata. Perguntei no que ela estava trabalhando e ela disse que trabalhava vendendo roupas. Depois descobri que o pai pagava grande parte das coisas para ela.

 O famoso feminismo pseudo-comunismo intelectual de boutique. Que tal deixar esse conforto de lado e realmente ajudar o mundo fazendo alguma coisa que preste.Ela desconheçe aonde nasceu toda essa tecnologia ou as roupas que ela veste?

Você tem todo o direito de defender a esquerda,a direita, sem extremismos, sem ser um maluco fascista e tentar argumentar com lógica, mas você não pode ser incoerente, negar fatos óbvios sem responsabilidade e querer colocar a culpa no sistema quando a água chega perto do pescoço pois você estava mais preocupado em ser um revolucionário de boutique.

 Se não fosse por uma boa parte da religião ocidental hoje e que trata a mulher bem mas que é moda ofender, talvez nós estivessemos sendo apedrejadas por alguns extremistas. Nem todas religiões orientais são extremistas mas culpar o cristianismo por tudo? Olhem, nem católica praticante eu sou, mas temos que achar um equilíbrio nas críticas. Tudo bem, queimaram algumas mulheres mas eu acho que existem crenças que fazem coisas muitos piores. E outros regimes sem religião( como o comunismo e socialismo defendido por muitas feministas) tratam as mulheres como  pedaços de carne, sem sentimento e sem alma.

 Minha ex-colega, assim como tantas feminstas adora criticar o EUA-Ocidente mas nega-se a ir morar no Afeganistão, Coréia do Norte, China ou até na Índia que ela tanto ama. Se o Brasil, EUA e todo o Ocidente não prestam que tal se mudar que seja para Cuba aonde a igualdade tomaria a força tudo o que ela tem. Alguém já leu algum livro sobre o Khmer Vermelho e o genocídio que faziam em nome da igualdade pelo bem do povo?

 Sei que muitas feministas ou outros homens e mulheres são contra as guerras. Ótimo. Nós tambèm somos.Eu também sou. Mas falar mal das guerras,do consumismo e consumir petróleo e outras riquezas obtidas através de guerras é no mínimo estranho.

 A tal Lola, uma das gurus feminstas aqui no Brasil também tem muitas dessas idéias socialistas de boutique. Nunca gostei de extremismo e aqui no blog tentamos nunca ser extremistas. Se for para sermos duras, seremos com homens,mulheres e tentaremos ser coerentes. Olhem a Lola com o seu pseudo-intelectualismo, fala mal do capitalismo EUA mas foi fazer pós-graduação em inglês. Usa como ferramenta de trabalho a internet, invenção yankee. E aposto que se um bandido for assaltá-la vai querer providências da polícia. Provavelmente ela queira ajudar as mulheres do Afeganistão, mas apostamos que se alguém atirar em um taleban e for yankee, ela irá fazer um post sobre a ¨invasão dos EUA capitalista pelo mundo¨. E parece esqueçer que a ex-União Soviética, um regime comunista-socialista fez a mesma coisa sem sucesso. Em lugares governados por pessoas como o Khmer Vermelho, Lola estaria fazendo outra coisa e não seria escrevendo blogs contra a falta de liberdade no mundo atual.

 Ai ai O feminismo e a sua luta sem pé nem cabeça radical por um mundo perfeito sem fazer nada a respeito a não ser procurar pelo em ovo de avestruz. Isso é o que parece o feminismo hoje.

 Os grupos feministas brasileiros e mundiais amam defender as mulheres muçulmanas(ótimo) mas basta alguém punir um taleban extremista(em geral,EUA) que as feministas falam nos direitos humanos. E isso pode servir para bandidos perigosos no Brasil que as feministas amam defender pois ¨não tiveram oportunidade¨. Feministas,decidam-se nestes casos. Ninguém faz um omelete sem quebrar um ovo.

»

  1. Quanta palhaçada, é pra rir ou para chorar com o seu texto? fiquei na duvida. Falou, falou e falou e no fim não disse coisa alguma. só o mesmo discursinho de sempre algo a “lá pondé” só não foi tão ridícula quanto ele. mas não se preocupe vai chegar lá com certeza.Sobre a Lola bom no dia que você tiver um terço do conhecimento desta mulher digníssima que faz um excelente trabalho em seu blog ai quem sabe eu leve em consideração algo que tu escrever e outra coisa: VOCÊ PEDIU PERMISSÃO A ELA PARA EXPOR UMA DE SUAS FOTOS? OU PEGOU ASSIM EMPRESTADO SEM PEDIR? QUE FEIO EM.
    Sabe eu ia escrever muito mais coisa a respeito desse seu textinho ilógico mas é tanta coisa que eu não sei por onde começar então esquece. gente como você não merece que eu perca meu precioso tempo.

    • Rebatento o teu extremismo: Lola, a digníssima feminista que defende o estupro quando convém de modo muito parcial ao mesmo tempo que se esconde como intelectual marxista. Porque toda feminista taleban fica nervosa quando o mundo dela cai ao possuirem as suas mentiras desmascaradas?

  2. muito bom, ,esta Lola e gente da pior especie, intragavel odiadora de homens, que domesticou um mangina para lhe servir de capacho, e tenta induzir meninas ao ódio contra homens, devemos denunciar em massa o blog de ódio dela

  3. Precisamos que mais mulheres de caráter honra e valor como vocês se manifestem em favor da familia e do amor ao proximo, parabéns senhoras, vocês tem todo o meu respeito.

  4. Que texto medonho. Vc tenta detonar muitas idéias com opiniões rasas, moralistas e preconceituosas. Falta usar o jargão machista ” que toda feminista é mal amada”. Me poupe. Ser feminista não quer dizer ser contra a família e sim o patriarcalismo. Sou casada(bem casada), feliz e mãe de duas filhas e sou feminista. Na minha casa meu marido não manda. Nos combinamos as coisas e decidimos juntos. Até porque dividimos as despesas a educação das crianças e nos respeitamos, sem subserviência. Vivemos do nosso trabalho e temos uma vida regular como qualquer família que se respeita. Minha individualidade e das meninas é preservada não existe um que manda.
    Vcs são da TFP?

      • Amiga, o feminismo não defende “piriguetes e funkeiras”, o feminismo apenas defende que qualquer tipo de mulher deve ser respeitada independente do que ela faça. SÓ ISSO.

        As mulheres sempre sofreram em ****todos os lugares do mundo*****, a gente sofre estupro verbal e ideológico o tempo todo. O feminismo só afirma que as mulheres devem ser tratadas com respeito, da mesma maneira que os homens: sem xingamentos, salários justos, sem ser obrigada a viver uma vida patriarcal e coisas do tipo que eu desejo FORTEMENTE que você saiba.

        Esse blog é tão ilógico que eu não sei nem porque entrei aqui. Leia bastante, por favor, não crie opiniões que refutem estereótipos “femi-nazi”. LEIA.

      • Esse blog questiona o feminismo que mente nos defender e tu,como boa feminista como o cérebro lavado fica ofendida pois assim ofendemos a tua seita.Deve acompanhar mais o teu movimento pois pelo jeito tu pouco sabe o que ele defende 🙂
        Muita paz e amor na tua alma,feminista revoltada.

  5. Só pelos seus erros de português não levei seu texto a sério.
    Uma pessoa que escreve esquecer com ç duas vezes não merece respeito.
    Mas,ok,dei um voto de confiança e fui até o final.
    Texto clichê,argumentos rasos,bobinho mesmo. Você não vai ser levada a sério por intelectuais de verdade não,sorry.
    E ah,quase esqueço : Brasil não é considerado ocidente. O próprio ocidente não considera o Brasil ocidente.
    Se informe,leia,aprenda a escrever corretamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s