Sexo,voto,casamento,trabalho,pílula,estudo:Mentiras feministas contadas a nós,mulheres.

Padrão

Diapositiva1

Comentamos aqui sobre o quanto o feminismo é baseado no coletivismo e na conversa  de que” o feminismo nos representa e luta pelos nossos direitos”. Muitas inclusive querem ter o nosso apoio e usam de todas as armas para isso. De maneira forçada, adoram fazer uma espécie de terrorismo estilo “devemos eternamente” com frases tipo: “Sem o feminismo ninguém estaria viva, ninguém estudaria, seriamos estupradas sempre, nenhuma mulher acessaria o facebook, nenhuma mulher teria orgasmos” e assim vai. Como possuem o ego elevado e adoram mentir com frases prontas para fazer propaganda feminista, feministas devem ter esquecido que o orgasmo existia bem antes delas surgirem. E outras coisas também, logo, nunca devemos nada ao feminismo 🙂 Provas abaixo.

Utilizam-se  também dessa conversa aonde o apelo emocional de uma pessoa do mesmo sexo passa um sentimento de irmandade, assim o feminismo atrai algumas simpatizantes com o seu fanatismo e a sua doutrina. Mulheres desinformadas ou amarguradas que encaram homens como psicopatas pela propaganda feministas caem na propaganda marxista cultural e algumas pensam que o feminismo é “tudo de bom”. Muitas se enquadram no perfil do feminismo que prega uma coisa prazerosa: a liberdade sem a responsabilidade. Depois as doutrinadas quase em sua grande maioria defendem o feminismo como uma religião e talvez muitas pensem similares aos mais loucos talebans e outras fingem ser intelectuais que lutam pela “liberdade”. Mas questione uma feminista e ela vai fazer vitimismo, omitir fatos e quem sabe partir para ofensas. Umas porque acreditam no feminismo, outras porque viram vantagens nisso e outras porque se ligam a um movimento extremista que lava cérebros rapidamente. E para finalizar outras porque acreditam em qualquer coisa. E se alguém discordar delas, pobre alma, quer seja mulher (e recebemos sempre ameças de feministas, assim como Erin Pizzey, mulher e ex-feminista),quer seja homem que provavelmente vai ser taxado de alguma coisa também.

Vamos desmascarar algumas mentiras que as feministas contam para muitas outras mulheres:

O voto e as feministas.Feministas dizem que a mulher sofria por não poder votar somente por ser mulher. Aqui mais uma vez a mentira. Na verdade antigamente quase ninguém podia votar, nem mulheres, nem homens.Votar era ato de pessoas mais velhas ou ricas. Nem todo homem votava. Com o tempo os governos perceberam que eleitores  são fonte de poder, se bem enganados. Emmeline Pankhurst, a heroína sufragista, na verdade exigia o direito de voto para mulheres dentro da aristocracia, não pra mulheres do povo, mas para mulheres do seu grupo (elite). E foi tão longe como podia ao financiar (sim, ela tinha dinheiro) atos terroristas pra fazer valer o que queria.

Finalmente resolveram dar aos pobres o direito de voto, sendo que os homens receberam primeiro, porque estes eram obrigados a morrer pelo país (guerras). As primeiras mulheres que receberam direito ao voto foram as que se voluntariaram ao serviço militar. Hoje quase qualquer um vota sendo o voto permitido até para adolescentes(16 anos).Vamos lembrar que muitos eleitores votam mal e  mantém no poder homens como Sarney, Malluf, Lula, etc. Muitos desses eleitores vivem em currais eleitorais de bandidos como milícias e coronéis. Dilma feminista e revolucionária hoje apoia Sarney, um dos últimos coronéis.

Uma mentira feminista famosa é o caso da pílula anticoncepcional masculina. Tal medicamento já existe e é comercializado na China para ajudar no controle de natalidade e se chama Nofertil.

A pílula foi desenvolvida a partir da observação do professor e pesquisador brasileiro Elsimar Coutinho, do Centro de Reprodução Humana da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFB). Tendo ele escrito vários estudos sobre o  método de contracepção produzido com uma substância natural extraída da semente do algodão, o Gossipol, que desativa a enzima responsável por amadurecer os espermatozoides, não interferindo na produção de testosterona.

Em contrapartida, as feministas discordam completamente que os homens tenham o direito de escolher se querem ou não filhos, pois uma parte delas se aproveita de uma gravidez para manipulá-los. A justificativa feminista foi que as feministas lutam pelo direito¨das mulheres¨(na verdade delas) de escolherem se tem filho ou não, nunca o homem ou ambos os sexos juntos (relaciomento com companheirismo e amor). Feministas pensam em homems e mulheres como inimigos e fazem propaganda disso.E essa propaganda vende muito hoje.

O professor  esteve em Budapeste, no Congresso Mundial de População, onde foi vaiado por um grupo de mulheres feministas que defendem a exclusividade da pílula anticoncepcional feminina. Foi obrigado a sair pelos fundos sob ameaça das mesmas feministas que lutam pela “paz e igualdade” e a mentirosa frase de “direitos e liberdade”.

Feministas pregam que tal medicamento nunca seria um sucesso por que os homens não querem tomar o medicamento pois homens pensam que isso é coisa de  homem frouxo ou que homens são incapazes de tomar um remédio. A grande verdade é que a pílula anticoncepcional masculina, com quase nenhum efeito colateral,  na sua proposta de lançamento sofreu um grande boicote por parte das feministas que com o seu choro sem causa fez o pesquisador desse grande invento de um cientistas brasileiro perder o apoio popular (feministas muito colaboraram com isso) para o lançamento dessa  pílula que seria uma grande ajuda para todas as mulheres. Eu pessoalmente, adoraria que tal pílula anticoncepcional masculina fosse comercializada.

Outras mulheres como algumas de nós que sofrem de trombose,varizes e desordens do sistema circulatório, hormonal, etc agradeçem as feministas por ferrarem ainda mais a nossa saúde mas mentem lugar pelas mulheres. Obrigada, feministas 😦

-Sem o feminismo nenhuma mulher poderia acessar as universidades e estudar: Mentira. Nos tempos antigos estudar era para pessoas ricas. Homens ou mulheres que eram da elite. E sim, mulheres também estudavam. Inclusive Trotula de Salerno era uma doutora mulher nos séculos XI e XII especializada em ginecologia e era obstetra. Seus conhecimentos foram passados para outras pessoas, mulheres e homens. Isto bem antes do feminismo 🙂

A doutora de Salerno escreveu vários tratados sobre a anatomia e fisiologia feminina. O mais famoso, conhecido como Trotula Maior, explica a menstruação, a concepção, a gravidez, o parto, o puerpério, o controle de natalidade, as doenças do útero e das vias urinárias. Esta magnífica obra foi referencia obrigatória nas melhores universidades da Europa até o século 16. Ela considerava a prevenção como o aspecto mais importante da Medicina. Por isso, escreveu um segundo tratado sobre o cuidado com a pele, a higiene e a cosmética.

Ada Lovelace era Matemática, e ajudou Charles Babbage a desenvolver o que seria o precursor dos computadores. Isso no Século XVIII, muito antes do feminismo.

No Brasil, a gaúcha Ermelina Lopes Vasconcelos, nascida em 26 de novembro de 1866 foi a pioneira bem antes do feminismo 🙂

E o que falar das rainhas que dominaram a Europa, que falavam diferentes idiomas e comandavam exércitos, povos e nações? Eram estudadas comandavam impérios, se envolviam em guerras, tinham poder e tudo o mais em muitos casos.

Educação formal era pra quem tinha dinheiro. Essas mulheres tinham dinheiro. Logo, haviam mulheres que tinham propriedade e estudo, antes do feminismo. Hoje possuir dinheiro também faz uma grande diferença.

-Falta de liberdade: Piada. Falta de liberdade hoje? Francamente, podemos assistir na TV adultos de ambos os sexos fazendo sexo no BBB, funkeiras possuem apoio feminista para cantar que fazem sexo oral, anal, feministas anda pelada na rua, apoiam funkeiras que cantam baixarias como postamos no facebook e hoje pessoas fazem sexo na rua. Até comentamos que a advogda da CPI envolvida no filme de sexo teve o apoio das feministas pois estas amam apoiar tudo o que não presta.

Quanto questionadas por isso fazem o vitimismo de “falta de liberdade” porque podem fazer o que querem. Façam nas suas casas, ninguém é obrigada a assistir baixaria alheia. Sinceramente não existe falta de liberdade  hoje. O que falta parecer ser um modo inteligente de usar a liberdade, embora o discurso feminista marxista cultural ainda fale do passado e da”falta de liberdade”porque querem copiar o MC Catra e a Valeska Popozuda. Acordem, feministas 🙂

-Diferenças salariais entre homem e mulher: Para começar diferenças salariais existentes hoje existem entre mulheres mesmo e talvez entre os homens x homens. Nem toda empresa paga a mesma coisa para o mesmo tipo de profissional. Ou seja, ninguém recebe de modo igual como querem os marxistas culturais. Nem todo o mundo faz o mesmo tipo de trabalho, uns são mais perigosos e ganham insalubridade. Ou seja, diferenças existem desde o começo. Muito tem a ver com produtividade, com licenças para termos os nossos filhos, com hora extras e tudo o mais. Ou seja, esta igualdade de certo modo como nos é exposta é uma utopia em forma de propaganda feminista que não leva outros fatores em questão. E aqui a lei diferencia também as licenças maternidade e paternidade e outras coisas mais. Hoje em trabalhos para o governo, empresas especializadas tudo é tabelado e ninguém ganha a mais por ser homem ou mulher. Raros casos disso existem, inclusive com leis trabalhistas que checam isso.

-Trabalho doméstico: Podemos ver hoje mulheres que não sabem fritar um ovo e homens também. Podemos ver homens capazes de fazer todo o trabalho doméstico e mulheres também. Ou seja, para quem odeia generalizar, as feministas generalizam quando convém. E se alguma mulher escolheu um marido que se comporta como um incapaz ou psicopata, ela não pode ser lamentar. Escolheu porque quis. Faz um bom tempo os casmentos arranjados acabaram. Vale o mesmo para os homens. Tudo é escolha hoje em dia, ok?

Opressão e religião.Religião é fanatismo (feministas falando hahaha).

Belíssima mentira embora existam sim grupos religiosos de qualquer crença extremistas. Nosso grupo é formado por diversas mulheres.E muitas vezes, cada mulher tem uma religião diferente.E isso tem que ser respeitado, inclusive quem nem acredita em algum Deus.Mas podemos notar que cada religião na verdade prega a paz, a evolução do ser humano,etc.Todas ou quase todas. Claro que existem os grupos malucos(estes as feministas adoram citar) mas que a religião oprime? Pegando um exemplo cristão por ser mais popular (nada contra os outros, fiquem bem claro).
Jesus Cristo curou, limpou, falou, andou, ensinou, amou, pregou para inúmeras mulheres.
Limpou o sangue de uma mulher enferma o que era ABSURDO na época, falou com uma samaritana o que era inadmissível, andou com milhares de seguidoras, ensinou outras milhares, defendeu uma prostituta da morte e deixou Madalena ser sua seguidora, mulheres que primeiro abriram seu túmulo vazio e viram o milagre da ressuscitação e foram mulheres que pregaram isso também. Existe um livro bíblico que conta a vida de uma mulher fora as outras mulheres que são ditas como dignas na bíblia.
E Maria? Revolucionou uma época, engravidou sem ser casada mesmo sabendo das implicações que viriam. Quer exemplo de mulher mais forte?
A bíblia ordena que os maridos não tratem mal suas esposas, que as trate como vaso frágil, que seja uma carne só com ela, que deixe sua família em prol dela, que nunca negue seu corpo a ela. Onde está a opressão? E o que falar das mulheres como Irmã Dulce e Madre Teresa?E se formos procurar em outras crenças acharemos muitos exemplos também.

E outras crenças pregam a mesma coisa.

Mas claro, quase toda religião ou filosofia de vida da a possibilidade do perdão para quem erra.Porém prega evitar fazer o errado. Prega a todos a pensarem nos bons exemplos. Desde o budismo ao cristianismo. Mas fazer besteira por que quer, sabendo que é errado e chamar quem te doutrina a fazer o certo de antiquada é criar desculpa para continuar fazendo besteira sem responsabilidade. O feminismo de hoje nos lembra um pouco isso.

Feministas lutaram para as mulheres poderem trabalhar hoje.Mentira. A presença maior na mulher no mercado de trabalho não foi por causa do movimento feminista. Este talvez tenha feito barulho como sempre gostou de fazer. A mulher começou a trabalhar por necessidade. Sim.Foi uma necessidade da sociedade no pós- guerra, pois a população masculina européia estava muito diminuida pois os homens morriam na guerra e a Europa sozinha não  dava conta de criar uma força operária , uma força de trabalho. Assim começamos a trabalhar, mas a mulher trabalhava antes em casa pois serviço doméstico também é trabalho (ex: diaristas). Outras mulheres começaram a trabalhar durante a II guerra (conheci algumas dessas senhoras) fabricando armas e outras coisas. Na Alemanha, isso ainda começou antes pois o psicopata chamado Hitler queria criar um império bélico e somente os homens não eram o suficiente para a quantidade de trabalho existente na época. Mulheres ajudavam a fabricar armas. O mesmo aconteceu com os aliados.

Logo, antigamente o trabalho era na indústria e mais pesado sem leis trabalhistas para homens e mulhes. Ou trabalho doméstico para as mulheres (que também é nobre), ou seja, bem diferente de hoje. É bem documentado que as mulheres, coletivamente, só aceitaram o direito de voto, quando foi prometido que este viria sem a obrigação do serviço militar (sim, homens sempre foram obrigados a lutar em guerras), porque antes disso, as mulheres não queriam votar. As mulheres sempre puderam trabalhar. Na verdade eram obrigadas como as pessoas hoje também são. No pós revolução industrial, encaravam 12 horas de trabalho em fábricas, acompanhadas pelos filhos. Os homens tinham jornadas de até 16 horas. Quando surgiu a regulamentação trabalhista, 75% das mulheres escolheram ficar em casa se responsabilizando pelos cuidados com os idosos da família e educação filhos, enquanto o homem foi deixado como responsável por prover para a família.

Equidade entre os sexos é possível. Igualdade não, porque homem e mulher são diferentes. Mas o feminismo omite isso.

-Estupro: Sim, o estupro realmente existe e é errado tendo um psicopata ou uma psicopata como culpados. Pessoas doentes e criminosas. O feminismo culpa o estuprador mas censura quando alguém divulga a imagem de uma mulher que estupra até outras mulheres. Existem mulheres que estupram e enfiam objetos como rosas, madeira, garrafas, etc em outras mulhres para ter o mesmo prazer que um homem faz ao enfiar o pênis na vagina. Ambos são doentes. Mas as feministas omitem o grupo das mulheres estupradoras e adoram pregar que todo homem “é um estuprador “.

Ao mesmo tempo gurus feministas afirmam que qulquer tipo de sexo consesual (com o consetimento) com homens é uma fraqueza feminina pois isto “é uma forma de estupro”. Seria ela casada? Possui namorado? Seriam elas lésbicas que odeia homens? Ou ela odeia, é revoltada, amarga com as pessoas, principalmente homens e nos quer transmitir a sua revolta?

Esporte e feminismo.Embora hoje o esporte seja praticado por ambos os sexos, nem sempre foi assim.Muitas atividades esportivas eram limitadas a homens de altas classes sociais. Quem participava das olimpíadas eram pessoas da alta classe inclsuive mulheras. Aos poucos o esporte foi ficando popular entre todas as classes. Nas olimpíadas da antiguidade, uma mulher chamada Kyniska de Esparta foi reconhecida como  uma das primeiras campeãs dos jogos olimpícos antigos. Hoje inclusive podemos ver modalidades aonde as mulheres são superiores visto possuirem um corpo mais apropriado para algumas modalidades. O nado sincronizado é bom um exemplo pois mulheres possuem maior capacidade de flutuação que os homens, o que facilita os movimentos. Outras modalidades são exclusivamente para mulheres. Jigoro Kano ensinava mulheres a lutar bem antes do feminismo chegar em terras japonesas. O que sempre foi evitado foi colocar mulheres em esportes com qualidades masculinas como virilidade, força, agressividade c. Porque isso? Machismo? Nada disso, justamente para preservar a mulher de se machucar, ainda mais em uma época com pouca tecnologia em matéria de segurança esportiva. A mulher era preservada neste aspecto porque ela era e ainda é o ser que carrega a criança no ventre e esta criança é o ser que mantém a espécie humana, que mantém a genética dos genitores, etc.

Casamento, relacionamentos e herança.Feministas afirmam que as mulheres eram forçadas a casar com outra pessoa sem querer. Como bem disse uma mulher antifeminismo no nosso grupo no facebook, antigamente mulheres e homens eram forçados a casar por interesses de famílias, guerras, poder, nações,etc. Mais uma mentira do ponto de vista feminista pois ambos eram forçados. Cada um sofria do seu modo baseado na sua função na sociedade. As sociedade mudam com o tempo e a função do ser humano nela também. Nem sempre é pior ou melhor.

E afirmar que as mulheres não tinham direito a herança não faz sentido. Existiam leis que salvaguardavam as mulheres contra golpistas. Além disso para uma mulher casar, o homem muitas vezes deveria provar ser bom o suficiente para ela. Um beijo era algo raro. Hoje pessoas transam pela rua, marcam encontros pela internet, existe a baixaria do funk, do BBB e depois postam mensagens de amor no facebook. A tal hipocrisia do ser humano

Sexo e mulher contra o feminismo é freira. Feministas dizem que o sexo antigamente era pecado, que mulher não poderia ter prazer, etc. Hoje a “mulher de verdade” faz e acontece pois isso é ser mulher. Na ética sexual feminina hoje muito estimulada pela TV e outros meios marxistas culturais, para sermos mulheres de verdade segundo elas devemos ser vaguabundas/ piriguetes. Para estas malucas hoje isso é ser mulher moderna. A idéia das feministas é transar com quem for, para dizer que pode. Possuem uma revolta com os homens mais velhos, todos chamados de opressores. Se for realmente assim todas feministas devem querer castrar seus avôs e bisavôs por isso pois esses eram opressores, bandidos. Na verdade, tal mentira que as feministas adoram dizer é bastante simples de desmascarar. O mundo era diferente e tudo dependia de muitos fatores,da comunidade, da cultural local, dos tipos de pessoas,da educação,etc.Isso era o que gerenciava o modo de as pessoas se relacionarem mas os mesmos perfis de pessoas sempre existiram. Existiam homens ruins de cama, os bons de cama, as mulheres discretas, as que tem o ego grande e adoram falar(embora menos que hoje), pessoas legais, pessoas ruins,etc.Hoje na verdade, todo mundo fala, reclama, acha que esta certo e faz mais barulho e os valores parecem ser distorcidos. Mas o mesmo perfil geral de pessoas existia como hoje. Os valores e costumes eram diferentes. Com o tempo, isso foi mudando até ser o que é hoje.Eu pessoalmente uma vez, falando com a minha falecida bisavó me lembro de ela me perguntar se eu ainda “namorava”com o meu marido depois do nascimento da nossa filha. Eu disse que sim, que o abraçava e o beijava, etc.Ela foi mais direta  e disse que queria saber de um namoro de homem e mulher. Eu disse que não tinha entendido antes e fiquei sem graça pelo tipo de assunto. A minha bisavó, que era discreta, feliz, amava o seu marido e detestava feministas, da alta da sua sabedoria dos seus 98 anos disse que o meu avô e ela namoravam mesmo depois de muito tempo de casados e enquanto o corpo deixava. Isso fazia parte de um relacionamento saudável e feliz. Foi mulher que lutou mais pelas mulheres, criando seus filhos, somando para sociedade junto ao mardio que muito amava e provou mais do que muita feminista intelectual que repete frases feitas ou cantora gritona que canta funk hoje em dia e diz isso ser “mulher de verdade”.

Pessoalmente acho que sempre existiram casais que formavam um par perfeito na cama e fora dela. O problema é que antes as pessoas faziam e eram discretas, reservadas.Hoje como o sexo é para agredir o outro, o mais comum é falar, falar, falar como os homens canalhas fazem.E o feminismo,como quer copiar os homens(e os piores homens) em tudo, escolhe esse caminho que somado ao ego das feministas criou uma bomba sem controle.  E isso hoje é moda. Porque feministas sempre adoram dar exemplo de homem canalha? Talvez somente se relacionem com estes. Parece aquele papo de homem revoltado e que chama toda mulher de vagabunda. Sinceramente, os dois se merecem.

Na verdade hoje,tudo se vulgarizou e o feminismo pelo jeito adora é apoiar a vulgaridade com seus valores tortos 😦 como as leitoras e leitores podem ler no texto-brincadeira abaixo seja no Brasil, Portugal, Europa ou EUA. Basta ligar a TV. Se alguma feminista ler este post talvez explique o que aconteceu com a mentirosa falta de liberdade de hoje com relação ao sexo e outros assuntos mais que permitem obras de arte como as da Valesca Idiota.Ou isso é fazer a mulher e o ser humano se valorizarem? Falta de liberdade? Façam o favor, isso exista talvez  no Maranhão ou outros curais eleitorais de Sarney, Dilma e Lula.

O musicalidade durante as décadas… de 30

“Tu és, divina e graciosa, estátua majestosa! Do amor por Deus esculturada. És formada com o ardor da alma da mais linda flor, de mais ativo olor, que na vida é a preferida pelo beija-flor….”

Década de 40

“A deusa da minha rua, tem os olhos onde a lua, costuma se embriagar. Nos seus olhos eu suponho, que o sol num dourado sonho, vai claridade buscar”

Década de 50

“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça. É ela a menina que vem e que passa, no doce balanço a caminho do mar. Moça do corpo dourado, do sol de Ipanema. O teu balançado é mais que um poema. É a coisa mais linda que eu já vi passar.”

Década de 60

“Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito não é maior que o meu amor, nem mais bonito…”

Década de 70

“Foi assim… como ver o mar…a primeira vez que os meus olhos se viram no teu olhar…Quando eu mergulhei no azul do mar, sabia que era amor e vinha pra ficar…”

Década de 80

“Fonte de mel, nos olhos de gueixa, Kabuki, máscara. Choque entre o azul e o cacho de acácias, luz das acácias, você é mãe do sol. Linda sabe viver você me faz feliz….”

Década de 90

“Agora vem pra perto vem, vem depressa vem sem fim dentro de mim que eu quero sentiro teu corpo pesando sobre o meu vem meu amor vem pra mim,me abraça devagar,me beija e me faz esquecer”.

Ainda na década de 90 Bota a mão no joelho. E dá uma abaixadinha. Vai mexendo gostoso, balançando a bundinha. Agora mexe vai, Mexe, mexe mainha. Agora mexe, Mexe, mexe lourinha. Agora mexe, Mexe, mexe neguinha. Agora mexe Balançando a poupancinha.

Em 2001 “Tchutchuca! Vem aqui com o teu Tigrão. Vou te jogar na cama e te dar muita pressão! Vem… “Vem Tchutchuca! Linda, senta aqui com seu pretinho vou te pegar no colo e ti fazer muito carinho…

Em 2002 Abre as pernas, faz beicinho, vou morder o seu grelinho….Vai Serginho, vai Serginho….

Em 2003

“Vou mandando um beijinho. Pra filinha e pra vovó. Só não posso esquecer. Da minha Eguinha Pocotó Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó. Minha eguinha Pocotó!Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó. Minha eguinha POCOTÓ….”

Em 2004 “Ah! Que isso? Elas estão descontroladas! Ah! Que isso? Elas Estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas!…”

Em 2005 “Hoje é festa lá no meu apê, pode aparecer, vai rolar bunda lele!!! Hoje é festa lá no meu apê, tem birita até ao amanhecer”

2006 “Tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha!!! Calma, calma foguetinha!!! Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim, Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim !!!”

Ainda em 2006 Vai dá tapinha na bundinha. Vai que eu sou sua cachorrinha.Vai que eu tô muito assanhada. Vamos da uma lapadinha só se for na rachadinha.

2011.”Mama,me chama de piranha,quero mamar,quero te dar..”

Não reclamem. A música representa o que as pessoas pensam e tem o poder de extrair as coisas boas e ruins de todos. A escolha é livre, mas a colheita é obrigatória. Fica a dica:). Fica de alerta para quem simpatiza com a mentira do feminismo.

Diapositiva1

»

  1. Muito bom o texto, mas tem algo que não é verdade: “…O nado sincronizado é bom um exemplo pois mulheres possuem maior capacidade de flutuação que os homens, o que facilita os movimentos.” Isto não procede a capacidade de flutuação é uma mera questão de densidade do corpo não tem nada com sexo. Tanto homens quanto mulheres flutuam no mesmo modo. O nado sincronizado é uma categoria apenas feminina porque requer graça de movimentos, isto sim dá vantagem ao corpo feminino que é mais curvilíneo, facilitando a expressão corporal e graça nos movimentos.

    • Oi Amanda.Eu tire essa informação de uma leitora que é professora de natação e disse isso.Eu entrei em contato com ela e ela rebateu que a densidade da mulher é diferente da do homem .Segundo ela a densidade feminina facilita a flutuação.Enfim,não é a minha praia mas fiquei feliz em saber mais sobre isso.Também acho que as meninas tem mais expressão corporal.

      Bjos e volte sempre 😀

    • Amanda, assim como o centro de gravidade da mulher é diferente do centro de gravidade do homem, a densidade corpórea da mulher também é diferente da do homem. A mulher tem, em média, 3% a mais de líquido no corpo do que o homem, o que gera uma diferença na densidade corporal.

  2. só queria poder coperar com o texto em um ponto que é a parte das mulheres entrarem no mercado de trabalho na europa antes da segunda guerra mundial de fato esta certo pois havia carencia de homens no mercado e muito trabalho porem isso tb foi possivel por causa do fator da tecnologia pois as mulheres não participavão mais antigamente no mercado de trabalho pois os serviços erão muito braçais e exigião força e por isso ficavão com homens pois com eles o trabalho rendia mais por tererm mais força alem de suportarem melhor que uma mulher ke não ia ter a msm resistencia !! no pós II guerra a mulher continuou a avançar no mercado de trabalho devido ao interresse dos grandes empresarios que querião que aumentace a oferta do mercado de trabalho e com isso os salarios cairião de valor o que lhe proporcionaria mais lucros alem do que a mulher tendo um trabalho poderia consumir mais e como sabemos que a maioria das mulheres é mais consumista que os homens hhehehe portanto jogar elas no mercado de trabalho seria algo que só traria beneficios e enrriqueceria mais ainda esses grandes empresarios por isso o feminismo recebia apoio não só daqueles que estavão interessados na destruição da sociedade ocidental como tambem dos proprios capitalistas que lucrarião com isso !!!

    quanto a parte da critica das feministas a biblia elas sempre usão textos fora de contextos uma coisa tipica de gente desonesta e suja e que só engana pessoas incautas que não tem conhecimento !!!

  3. Bom dia. Primeiramente, sugiro que estude mais a fundo, ou o mínimo para discorrer a respeito, dos fatos que cita debilmente, sejam históricos ou ideológicos, No entanto, uma breve definição simples já posso te adiantar a respeito do conceito de “Feminismo”, uma vez que a meu ver, nem sequer a definição ideológica básica a senhora possui clara em seus argumentos: “FEMINISMO, É A BUSCA PELA I G U A L D A D E ENTRE OS GÊNEROS.” E, igualdade não significa que somos uniformes, idênticos, mas sim iguais enquanto equivalentes em nossos direitos. Portanto, estude mais a fundo antes de pensar em criticar algo, seja o feminismo, seja qualquer forma de pensamento ou ideologia, fatos históricos, enfim, BUSQUE CONHECIMENTO. Aguardo resposta. Até mais.

  4. A priori, tenha consciência que, quando alguém se pronuncia “contra o feminismo”, está se pronunciando contra a equivalência entre os gêneros, contra a igualdade de direitos para mulheres e homens, sendo assim a favor da desigualdade e disparidade entre ambos. Quanto ao fato histórico a respeito do voto, saiba que primeiramente é fato que apenas homens burgueses votavam, mulheres nem sequer burguesas podiam votar, e a submissão e o abuso marcaram o período colonial brasileiro. Ainda que tivemos muitas líderes guerreiras, que marcharam na resistência contra o colonialismo europeu, como Aqualtune nos quilombos. Mesmo que hoje muitos possam não saber desta história ou mesmo ignorar esta força, a luta pela igualdade vem acontecendo há muito tempo.

    Vivendo em um período patriarcalista, institucionalizado pela Igreja, que escravizou povos nativos com maior sabedoria ancestral, torturou e assassinou muitas mulheres inocentes acusadas de “bruxaria”. A Inquisição até hoje mantem o pensamento da caça às bruxas e do desrespeito à Natureza, à Mãe Terra, reconhecendo apenas um único deus masculino, o Pai, e não reconhecendo o poder do feminino diante de todos, mostrando a gravidez e o sexo como pecados. Muitas religiões mostraram de formas diferentes o quanto o ato sexual é sagrado e importante em nossas vidas com consciência, assim como a gravidez é uma dádiva divina concedida à essência feminina. Até hoje, a Igreja explora os pobres, ao invés de estender-lhes a mão, cobrando dizimos e quantias, enquanto pouco faz pela nossa sociedade.

    • Erradissimo! O feminismo não é a apenas um movimento social baseado numa série de bandeiras específicas,( como a tal “igualdade”), mas uma séria de teorias e práticas. Dizer que quem é contra o feminismo é “contra a liberdade” é uma falácia, posi a pessoa pode militar pela igualdade entre os seres humanos e discordar, por exemplo da divisão binária entre “oprimido versus opressor” imposta pelos feminismos. Essa estratégia, além de colonizadora pois busca obrigadar a todxs serem feministas, fucinona como um Cavalo de Tróia, por tras desse ideal legitimo de igualdade existem varias mentiras como a de que as mulheres eram “oprimidas” na Idade Média. Não eram, meramente pq ate o fim do século XVIII o que valia era a teoria do sexo unico. Não existia essa dualidade ideológica entre homens e mulheres antes do cientificismo vitoriano.

    • Você ou o feminismo estão pensando uma visão binária do mundo. Atualmente, no Brasil, há disparidade de direitos, as mulheres tem “lei Maria da penha” ‘lei do feminicidio” (no Brasil morrem 9 homens para cada mulher, os homens deveriam ser defendidos mediante essa situação) entre outras ( nos EUA a title IX).
      As feministas lutam por direitos para as mulheres em detrimento dos homens. Isso é fato. É o feminismo atual. P movimento já foi bom, hoje é uma piada facilmente refutada composta por falácias.

  5. O feminismo dominante é a versão talibã. Essa conversa esfarrapada que o feminismo luta pela igualdade é uma mentira repetida a exaustão com o sentido de esconder a verdade. O feminismo prega que todo o homem é violador e toda a mulher é vítima. Se fosse igualdade as feministas defenderiam que a lei Maria da Penha valesse para os homens mas não defendem, porque? A luta das feministas é pela total supressão do homem e igualdade é uma mentira das mais medonhas. Eu poderia citar exemplos que ocupariam um livro em que os homens sofrem discriminação. Comentários como esse dessa feminista talibã acima dão uma real noção de seus pensamentos: direitos cada vez maiores, sem limites e os outros que se explodam, o que vale é suas reivindicações nem que tenham que passar por cima de homens e mulheres que se posicionam contra reivindicações totalmente abusivas. Mas tudo que é demais cedo ou tarde desmorona. As pessoas estão tomando atitudes e se posicionando e isso está colocando pavor nas feministas radicais

    • Discordo sobre a questão da supressão do homem. O que as “feministas talebãs” querem, é a supressão de um tipo especial de homem: o homem “burguês”, aquele que foge do perfil do trogladita revolucionário, que é sensível, romantico, cavalheiresco, em pról de canalhas machões e barbudões. O feminismo talebã no fundo não passa de culto ao macho-alfa, a religiao do machismo.

  6. Feminismo esta para a igualdade como o socialismo esteve, na teoria é lindo, na pratica é uma fonte ilimitada de inveja e injustiças

  7. Feminismo, seja aqui no Brasil (Brasília-DF), nos EUA (Washington-DC), Japão (Tóquio), Europa (Estrasburgo), qualquer lugar que seja, além de ser uma GRANDE PIADA, é ainda DESTRUTIVO. Não sei como essas FEMINISTAS aí, incluindo as MAIS RADICAIS, como Valerie Solanas era, tempos atrás, podem fazer esse PAPELÃO RIDÍCULO desses?

  8. Puxa gostei muito do post. Como vc deve ter percebido eu sou uma nova leitora que fazia parte do movimento feminista (ou pelo menos concordava com muitas idéias feministas) mas que hoje esta profundamente decepcionada e nao se sente nada identificada por elas.

    Devo ter deixado algum que outro comentário em alguns posts seus dizendo estar me sentindo muito perdida porque se por um lado pensava que o feminismo era uma coisa, na pratica me esta parecendo outro. Eu também cai na mentira de que graças as feministas votamos, trabalhamos fora, etc. (e afirmei isso em outros comentarios dizendo “puxa mas gracas ao feminismo podemos votar, trabalhar, etc. so que nao entendo como elas tb defendem a putaria” Quando na verdade todos esses direitos nada mais foram que consequências naturais da própria história da humanidade. Trabalhamos fora sim, mas isso foi graças a escassez de homens por causa das guerras, etc.

    Quanto a história da pílula masculina que raiva! Pois eu tampouco posso tomar anticoncepcionais também tenho problemas circulatorios, na verdade cardiovasculares com o agravante que os médicos me aconselham a se algum dia eu quiser ser mãe terei que ter toda uma preparação, nada de gravidez de surpresa, eles na verdade ate me desaconselham a gravidez. Assim que o meu único método anticonceptivo é a camisinha, a abstinência ou uma possível ligadura de trompas…( que nao tenho coragem de fazer) que egoísmo o dessas feministas! Eu já tinha ouvido falar que a pílula masculina nao tinha ido pra frente porque os HOMENS nao queriam usar. So que todos os namorados que eu tive sempre me falaram que eles tomariam se tivesse no mercado……….. Curioso.

    O do sexo e a liberação sexual é fogo também. Eu sempre me senti no meio feminista como a “reaça quadrados reprimida” so porque nao banalizo o sexo e eu nao sei se todas as mulheres o sao, mas eu nao sei separar sexo de sentimentos.
    Acho que uma mulher nao deve se vestir de forma vulgar e sim, deve se dar o respeito, ou seja nao deve se auto-transformar em um objeto sexual, e me chamam de machista classe media elitista.
    Enfim, gostei do post, e foi legal ler todas essas idéias das feministas que eu mesma tb meio que acreditava refutadas.

  9. Outra coisa que eu me esquecia de comentar, em relacao ao direito dos homens na decisão de ter filhos. As feministas vivem dizendo que a ultima palavra (de levar pra frente uma gravidez ou abortar) é delas porque elas sao as mulheres (vitimas sempre) de carregar uma criança 9 meses na barriga e depois ainda amamentar, cuidar, etc. E que os homens NUNCA ajudam na criação dos filhos, etc.
    Eu acho essa posição tremendamente injusta. Tudo bem o cara nao vai sofrer as mudanças de uma gravidez, mas o filho também é dele. Ele também tem direito a opinar. Sei que é um tema controverso mas se eu fosse homem e tivesse uma namorada gravida que ameaçasse em abortar porque ela nao quer ter filhos eu me sentiria o que? So um animal semental? Tudo bem tudo deve ser conversado, se a gravida tem riscos de vida, problemas, etc. Mas so porque “sou mulher o corpo é meu”…. Sei lá. É o corpo é nosso, mas o que esta dentro é de ambos, nao?

  10. Já não aguento mais essas mulheres CELTAS.

    Aqui em Goiás já se ver como o feminismo antigiu a massa femininas.

    HOJE AQUI EM GOIÁS O KILO DO CAMARÃO ESTÁ MAIS CARO QUE MULHER.

  11. Hoje nós homens precisamos dá mais valor naquelas mulheres que se valorizam, é raro de ser ver um homem comentar em alguma foto de uma mulher bem vestida com elegios. Não podemos dá ibope para mulheres que mostre a calcinha e que cobre apenas 1 terço da bunda. Sim somos culpados também por tanta vadiagem no mundo porque ficamos em cima elogiandos vadias, quando deveriamos elogiar belas mulheres bem vestidas. sE EXISTE O PRODUTO PORQUE ALGUÉM COMPRA. Vamos começar a ignorar esse certo tipo de mulher e valorizar a mulher seria. Pense nisso.

  12. Pingback: O post feminista com estatísticas feministas, o pinto rosa e a perereca brasileira | Mulheres contra o feminismo

  13. Meu sonho e ver mulheres morrendo pelo seu pais, igual os homens morreram, aos milhoes, enquanto nao acontece, voces mulheres, TODAS! Nao tem a mesma dignidade dos homens, recusavam o direito ao voto para nao irem a guerra, covardes!!! Os homens morreram na guerra por voces e como nos agradecem? Com feminismo! Affs mulheres nao tem humanidade, piedade ou gratidao, so querem nos roubar com divorcio, voces merecem que todos os machistas e homens opressores que as feministas inventam que existe, eles deveriam existir, voces merecem isso! Porque na realidade o homem sempre foi oprimido e continua ate hoje, e so existe mulheres contra o feminismo por questao politica, elas sao da direita, se nao fosse isso, elas seriam todas feministas, o feminismo representa perfeitamente a mulher, o feminismo nao e odeologia, e apenas o comportamento natural da mulher, voces sao todas piriguetes parasitas, e isso que toda mulher…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s